Olá pessoal! 
Sei que hoje era meu dia de falar sobre meu livro inesquecível, mas não consegui pegá-lo com minha tia para tirar a foto =/ vamos para a semana que vem.

Hoje quem participa da Coluna Livro Inesquecível, é ela, Vanessa Meiser.

Livro: A menina que roubava livros / Markus Zusak

Sinopse:
A trajetória de Liesel Meminger é contada por uma narradora mórbida, surpreendentemente simpática. Ao perceber que a pequena ladra de livros lhe escapa, a Morte afeiçoa-se à menina e rastreia suas pegadas de 1939 a 1943. Traços de uma sobrevivente: a mãe comunista, perseguida pelo nazismo, envia Liesel e o irmão para o subúrbio pobre de uma cidade alemã, onde um casal se dispõe a adotá-los por dinheiro. O garoto morre no trajeto e é enterrado por um coveiro que deixa cair um livro na neve. É o primeiro de uma série que a menina vai surrupiar ao longo dos anos. O único vínculo com a família é esta obra, que ela ainda não sabe ler. Assombrada por pesadelos, ela compensa o medo e a solidão das noites com a conivência do pai adotivo, um pintor de parede bonachão que lhe dá lições de leitura. Alfabetizada sob vistas grossas da madrasta, Liesel canaliza urgências para a literatura. Em tempos de livros incendiados, ela os furta, ou os lê na biblioteca do prefeito da cidade. A vida ao redor é a pseudo-realidade criada em torno do culto a Hitler na Segunda Guerra. Ela assiste à eufórica celebração do aniversário do Führer pela vizinhança. Teme a dona da loja da esquina, colaboradora do Terceiro Reich. Faz amizade com um garoto obrigado a integrar a Juventude Hitlerista. E ajuda o pai a esconder no porão um judeu que escreve livros artesanais para contar a sua parte naquela História. A Morte, perplexa diante da violência humana, dá um tom leve e divertido à narrativa deste duro confronto entre a infância perdida e a crueldade do mundo adulto, um sucesso absoluto - e raro - de crítica e público.


Resenha:
O que dizer de um livro contado pela própria morte???
Logo no início ele é chocante demais, quase dá vontade de parar de ler pois, é muito triste.
Sabe aquelas histórias que não saem da sua cabeça? Que te fazem realmente parar a louca correria do dia a dia e sentar para refletir? É a MENINA QUE ROUBAVA LIVROS!!!!
Liesel desde a primeira página nos mostra como sua vida é sofrida e, segue assim o livro todo. A história se passa na época do Holocausto com todos aqueles horrores que nós já conhecemos, Liesel e o irmão mudam-se para a casa dos pais que os adotaram porém, logo no início o menino vem a falecer deixando a irmã sozinha com uma família que ela nunca viu na vida mas, a menina tem uma doçura tão penetrante que é impossível não se apegar a ela.
Essa história foi uma das poucas que me fez chorar. Liesel é fascinada por livros e por conhecimento e dotada de imaginação pura, apesar de todas as pedras no seu caminho.
Quem poderia imaginar a "morte" contando uma história assim tão delicada e cheia de emoções...?
Classifico este livro como, "tragicamente lindo"

Frases do Livro:
"A única coisa pior do que um menino que detesta a gente.
Um menino que ama a gente."

"Em completa desolação, olhei para o mundo lá em cima. Vi o céu transformar-se de prata em cinza e em cor de chuva. Até as nuvens tentavam fugir. Vez por outra, eu imaginava como seria tudo acima daquelas nuvens, sabendo, sem sombra de dúvida, que o sol era louro e a atmosfera interminável era um gigantesco olho azul."

"Olhou para o rosto sem vida, e então beijou a boca do seu melhor amigo, Rudy Steiner, com suavidade e verdade. Ele tinha um gosto poeirento e adocicado. Um gosto de arrependimento á sombra do arvoredo e na penumbra de coleçao de ternos do anarquista. Liesel o beijou demoradamente, suavimente, e, quando se afastou, toucou-lhe a boca com os dedos."


Nota: se você tem um livro inesquecível e quer participar desta coluna é simples, tire uma foto sua com o livro, envie a sinopse e nos conte porque esse livro é inesquecível para você.

Envie para contatoadrianabrazil@yahoo.com.br ou kguimaraesramos@gmail.com

6 Comentários

  1. Hum... naum li e naum tenho vontade de ler...

    http://conversandocomdragoes.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Amo taaaaaaaaanto esse livro! *-*

    Beijos
    Tarsila
    DeSaLiEnAnDo

    ResponderExcluir
  3. Esse livro é lindo mesmo, eu já li e amei!
    É tão triste algumas partes...

    Bjus :)

    ResponderExcluir
  4. Chorei Com ele realmente e inesqueçivel e me fez refletir

    ResponderExcluir
  5. Pooo ainda não li esse livro =(
    Todo mundo fala bem e eu morro de curiosidade!
    Ainda bem que meu niver tá chegando, espero ganhá-lo :D
    hahahahaha
    beijoss

    ResponderExcluir

Comentários ofensivos e/ou preconceituosos não serão aceitos.

Obrigado por visitar e comentar.