Olá galerinha, vamos falar de uma escritora de um gênero diferente hoje? Ok, o nome dela é Lívia, mais conhecida como Lilo e escreveu o livro Redenção, é de vampiros(você vai gostar chefinha kkk)mas ela garante quem em nada se parece com Crepúsculo pois seus vampiros são maus. Logo seu livro será publicado pela editora Dracaena mas como nós somos antenadas estamos adiantando para você conhecer um pouquinho a mais sobre a obra e a autora.

A Lívia foi super fofa e fez um vídeo tri legal mas vou postar a entrevista da forma convencional também para aqueles seguidores que assim como eu tem net lenta.






* Fale um pouco sobre você, sua cidade natal, idade, estado civil, kkk.
Bem... Meu nome é Livia Lorena (lilo rs) tenho 25 anos recém completados, vivo com pai, mãe e cachorro. Nasci em Fortaleza – CE, mas não conheço a cidade, pois vim pra São Paulo muito bebê. Sou formada em Marketing e atualmente estou buscando viver uma intensa história de amor onde tudo dê certo de verdade! Amo escrever, ler, dançar e conversar no telefone. Algumas pessoas dizem que eu sou um pouco esquisita, maluca, por conta de algumas atitudes e eu só confirmo! Rs

* Seu livro Redenção é daqueles que prende atenção da gente, como foi que surgiu a idéia de escrevê-lo?
Bem, que bom saber que ele tá prendendo a atenção... Eu adoro a história do fundo do meu coração (não só porque fui eu quem o escreveu). Acho demais saber que o “relato” da Ruby sobre sua transformação está despertando o interesse e prendendo as pessoas nas páginas do livro. Louca por vampiros como eu sou (daquelas de sonhar e tudo o mais) eu sempre fui de escrever trechinhos desses sonhos, num dia resolvi juntar tudo e comecei a escrever em alguns caderninhos... Depois fui aos poucos passando algumas coisas pro PC, eu digitava trechos soltos, que mais tarde seriam emendados... Foi assim que o livro em si nasceu. Falar de Redenção é difícil até para mim... Juro! Eu acho que mais que uma história de amor, uma história de vampiros, Redenção é um livro que narra as mudanças com as quais temos que conviver dentro de nós mesmos. Eu vejo a Ruby como sendo, apesar de tudo, uma completa humana, com sentimentos e indecisões que são tão característicos à nossa raça. Ela é cheia de dúvidas, incertezas, indecisa e insegura em alguns aspectos, já em outros momentos ela toma uma postura que nada tem haver com o que esperamos.
*De onde vem sua inspiração?
A inspiração vem dos livros de vampiros e filmes que eu já assisti... Do que carrego na minha bagagem, mas confesso que a história como está concluída hoje não tem nada haver com o que eu tinha começado a escrever. Nos primeiros trechos de Redenção Ruby era uma caçadora de criaturas do submundo, bem estilo Buffy e Angel... Cheguei a escrever um trecho que contava a visita da personagem à cidade de Piracicaba aqui no interior de São Paulo. A Ruby que eu imaginei de principio era muito mais sombria e seus atos pediam muitos mais para a sede de sangue... Com tempo sem perceber escrevi uma personagem bem humana.
*A história é muito original. Você sofre algum preconceito devido a esse gênero literário?
Preconceito não, talvez, um pouco de ressalvas. Já vi em alguns comentários de blogs pessoas que se dizem saturadas de vampiros... Eu mesma o estou em certo ponto. Li todos esses livros que andam em alta, mas eu sinto falta de vampiros mais autênticos e mais cheios de sentimentos. Vampiros clássicos para fans do gênero nunca saem de moda, o tema pode cansar para que não curte muito e só teve contato com esse mundo por meio de Crepúsculo... Vejam bem! EU gosto da série ok! Não é meu livro favorito, mas tem seu charme. Por sinal não gosto de comparações do Redenção com ele... Sempre que falo que estou escrevendo sobre vampiros, as pessoas me perguntam: Ah, tipo Crepúsculo? Não! Redenção não é uma história leve... Em certos pontos temos uma personagem perturbada e cheias de conflitos. Narro na história, infanticídio, traição, poligamia e incesto... OK! Mas não esperem que seja o livro inteiro sobre isso... São só pequenos trechos.
* Já vi em seu blog seu desabafo em relação ás editoras. Sinta-se á vontade para desabafar um pouquinho mais, kkk
Sobre as editoras... Bem eu procurei algumas e recebi respostas de outras. O problema é que as empresas não percebem que somos escritores que estão iniciando e logo, na grande maioria, não possuem a verba suficiente para publicar. Outra coisa que dificulta são as formas de pagamento que são poucas e em poucas vezes. Bom, vou dizer que estou conversando com a editora Dracaena e se tudo der certo em breve Redenção estará impresso.
* Hoje em dia os jovens andam enlouquecidos por romances envolvendo vampiros. Como você encara isso, um ponto á favor?
Encaro com entusiasmo, pois pessoas que não gostavam do tema se viram diante de uma onda de seres noturnos e acabaram embarcando, o que não deixa de ser legal, mas acho que Redenção vai agradar mais quem curte o gênero.
* Seus personagens são maravilhosamente lindos, inclusive um deles (Joseph) é meu galã. Ter um modelo em mente ajuda na composição do personagem?
Uau o Joseph? Eu gosto mesmo da Ruby! Quando concebi(rsrsrs) cada personagem criei uma imagem para que realmente ficasse mais claro suas atitudes e jeitos. O Aaron é aquele cara que é bonzão e tem plena consciência disso e usa isso, o Stéfano é o que se acha soberano, o Nestor é o que está cômodo, a Alicia é a típica cara de pau e a Ruby é a simples que sabe de seu potencial, mas as vezes se perde dentro de seus próprios pensamentos.
*Onde podemos encontrar seu livro Redenção?
Atualmente Redenção pode ser lido no site Bookess, mas em breve pretendo tirá-lo de lá, por conta do possível acordo com a Dracaena. Temos também alguns capítulos de Redenção no blog do livro.
* Blog ou site:
Obrigada por ter participado e pelo carinho durante a entrevista. Sucesso com seu livro!!!
Lembrete: sábado que vem postarei uma rapidíssima entrevista com a escritora Thalita Rebouças.

10 Comentários

  1. aah bem legal a entrevista
    'vampiros' não é meu tema rpeferido de livros, mas gostei da personagem ser meio 'humana', cheia de conflitos.
    tomara que saia logo, para os fãs do genero xD

    ResponderExcluir
  2. Achei a entrevista super interessante.
    explica bem pra quem quer ser escritora. Eu ja escrevi um livro tbm, mas desisti de publicar, acho que nao foi um dos melhores, e nem valia mt a pena publicar sem contar no trbalho que da pra fazer um livro organizadinho, e bem ortografado.
    parabens, nunca li o livro dela mas ja ouvi varios comentarios otimos. bjim

    ResponderExcluir
  3. Eu adorei a entrevista em video, é muito mais divertido assistir a entrevista!! E eu adoro tema de vampiros, mas como ela falou ainda nao li os vampiros de verdade como o dracula.E como a autora falou hoje em dia se fala em vampiros e lembram de crepusculo, pensa que o vampiro vai brilhar no sol hahah acho isso um absurdo!Ainda nao tinha ouvido falar de redenção, mas depois da entrevista fiquei curioso!

    ResponderExcluir
  4. Nossa, poucos blogs trazem para nós entrevistar com autores de livros. Adorei a entrevista, super interessante, isso nos motiva a ler os livros, parabéns!

    ResponderExcluir
  5. Não conhecia a autora e o livro.
    Adoro livros de vampiros, li um monte e vou continuar lendo. E as comparações são impossíveis de se evitar afinal sempre vamos associar o que lemos/vemos a algo que veio antes.
    Sempre gosto de achar coisas novas nas histórias.
    Espero conferir em breve a história de Redenção.

    Bye

    ResponderExcluir
  6. Legal novos autores nacionais, to amando isso. O meu primeiro contato com essa autora e o conhecimento sobre o livro foi aki nessa entrevista. Acho que as vezes falar de vampiros fica um pouco saturado, mas depende de como se retrata o tema e esse é super novo, nunca vi nenhum parecido. Mas se houver mesmo trechos parecidos com Buffy... gente como isso não foi publicado ainda? o.O Pensei que as editoras publicavam gratuitamente, não é assim? tem que ter verba?
    Apesar das duvidas torço para que a autora consiga logo publicar seu livro.
    Bj
    @greicysantos

    ResponderExcluir
  7. O livro vai ser bem inovador, pois falar de vampiros, está muito difícil, com tantas histórias já escritas. Mas os vampiros sendo do mal, já dá uma alvancada da história.
    Espero poder le-lo.

    One Book Friend - http://onebookfriendff.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  8. A minha internet não é das mais rapidas também então nem vi o video, só li a entrevista mesmo 'rsrs
    Todos já estão saturados de vampiros por conta de tanta repercusão, me incluindo, mas é sempre bom ver um que se destaca e mostra os 'velhos' vampiros, não esses tipos como Crepusculo(eu não gosto 'aushaus) ;)
    Até consigo imaginar o seu livro pela citação que fez dos personagens 'rsrs
    Espero que você consiga publicar Redenção logo!

    Bjus =*

    ResponderExcluir
  9. Ah! Poxa... Obrigada a todos que assistiram e que ainda irão assistir. Fiquei com tanta vergonha na hora de gravar. Thatah que bom que curtiu a entrevista msm não sendo muito adepta do tema. Jadi obrigada e realmente publicar não é fácil, mas é um big sonho meu. Fellipe, então vc é que nem eu? Gosta de livros de vampiros... Te indico um chamado Noturno do Guilhermo Del Touro, é fantástico e espero que tbm curta o Redenção. Ingrid que bom que curtiu! Erica, pois é, as comparações são inevitáveis, mas a confesso que nem ligo mais, essa febre de vampiros trouxe só mais apreciadores do gênero. Greicielly é um parto publicar... Eu tbm achava que dava pra fazer "de graça" sem precisar desembolsar algum dindin logo de cara, mas me enganei. Pois é Rogério tbm gosto de vampiros, com jeitão de vampiros tradicionais. Anaisa, obrigada pelos votos de publicação! Neiva e meninas do blog obrigada pela oportunidade.
    Bjos a todos!
    Lilo

    ResponderExcluir
  10. Gente, eu estou super, mega feliz com os comentários aqui. Espero que sempre compareçam aqui para prestigiar esses autores maravilhosos em início de carreira que merecem elogios pois são incríveis. Obrigada mesmo, não sabem o quanto estou feliz!

    ResponderExcluir

Comentários ofensivos e/ou preconceituosos não serão aceitos.

Obrigado por visitar e comentar.