Hoje a entrevistada é Elysanna Louzada trazendo algo diferente do que estamos acostumadas a ver por aqui pois ela escreve para o público infantil. Li o livrinho dela, Eu sou o Galo e recomendo aos pais que comprem para seus filhos pois é um ótimo incentivo á leitura por tratar-se de uma historinha envolvente e engraçada.

Elysanna co
nte-nos um pouco sobre você.

Eu sou a Elysanna Louzada, capixaba, que resolveu se aventurar no mundo da escrita há dois anos. Sou teimosa e determinada. Gosto de doces e detesto pimentão.


Quando começou a escrever livros?
Comecei há dois anos.


Fale sobre Eu sou o Galo.

Eu sou o Galo é e sempre será meu xodó. A minha inspiração foi o meu filho, então com seis anos.Eu sou O Galo trata essencialmente da busca de identidade, do valor da amizade e da sabedoria. Niquei é um galinho totalmente desajeitado que precisa cantar pela primeira vez no dia do Primeiro Canto. Mas acontece que ele "trava" dias antes da cerimônia. Sem conseguir
cantar nenhum mísero cococó ele acaba vivendo uma grande aventura em companhia do seu melhor amigo, o simpático cachorrinho Pankekas. Com a ajuda de Pank, Niquei entra no Bosque dos Encantos, encontra uma coruja, dona Tartrufa, que se dispõe a ajudá-lo. Ela mostra a ele um mapa para uma árvore, a Árvore da Sabedoria. Mas chegar até ela não será fácil. Será preciso enfrentar três desafios: o pântano da cobras, o vale do gaviões e o enigma do Lago Sereno. A narrativa é fluida e recheada de bom humor. As crianças se envolvem com Niquei e torcem para ele conseguir superar os desafios. Há um clima de suspense que prende os leitores até o fim.

Como é escrever para o público infantil, sendo que o compromisso de formar a opinião de uma criança é ainda maior?
Escrever para crianças é ótimo. A resposta deles é sempre sincera e honesta. Quando pensei em fazer um livro infantil meu principal objetivo era que ele fosse divertido e que relatasse uma aventura. Depois eu fui encaixando os valores: amizade, coragem, superação, persistência... Os cuidados que tive com o a escrita foram baseados na minha experiência de mãe. Parti do princípio que não colocaria no livro algo que meus filhos não pudessem ler.

Como foi a publicação e pós publicação?
A publicação foi pela Editora Scortecci. Optei por uma edição independente porque não tive paciência para esperar.

Qual a importância dos blogs literários para você?

Os blogs são de total importância. Minha divulgação está sendo praticamente por meio deles.

Qual a importância de incentivar a criança a ler?
A leitura faz toda a diferença na vida de uma pessoa. Ajuda a entender o mundo e a si mesmo.

Como você define o mercado editorial brasileiro hoje?
É complicado falar de mercado editoral porquer não tenho experiência e conhecimento para opinar. Comecei agora e falta estrada suficiente para falar qualquer coisa. Minha primeira publicação foi mais para divulgação e para sentir como meu trabalho seria aceito.

Você pretende escrever para outros públicos ou apenas infantil?
Estou escrevendo meu segundo livro que é para o público juvenil/adulto. Meus projetos giram em torno dessa faixa etária.



Para você escrever é: vital, uma necessidade

Blog ou site:www.elysanna.com.br
.
Obrigada pela oportunidade de falar para o público do seu blog. Gostaria de convidar os seus leitores para visitarem o meu blog. O primeiro capítulo do livro está disponível para download.

5 Comentários

  1. Oi Neiva,
    O post ficou lindo. Obrigada pela força. Gostei muito de ser entrevistada por vocês.
    Parabéns pelo blog. É realmente dez!
    Beijos a toda equipe.
    ElysannaLouzada

    ResponderExcluir
  2. Ainda não adquiri o livro eu sou o Galo, mas depois dessa entrevista, vendo que o livro foi escrito com bastante cuidado e dedicação, sem falar no entusiasmo que ficou nítido na fala, faço questão de encomendar um o mais breve possível.
    Elizanna, sucesso!!!

    ResponderExcluir
  3. Ainda não adquiri o livro eu sou o Galo, mas depois dessa entrevista, vendo que o livro foi escrito com bastante cuidado e dedicação, sem falar no entusiasmo que ficou nítido na fala, faço questão de encomendar um o mais breve possível.
    Elizanna, sucesso!!!

    ResponderExcluir
  4. Ainda não adquiri o livro eu sou o Galo, mas depois dessa entrevista, vendo que o livro foi escrito com bastante cuidado e dedicação, sem falar no entusiasmo que ficou nítido na fala, faço questão de encomendar um o mais breve possível.
    Elizanna, sucesso!!!

    ResponderExcluir
  5. Li o livro junto com minha filha, e gostei muito.
    É um livro de fácil leitura e tão bom que acredito não querem deixar para terminar em uma outra hora, primeiro que é um livro de poucas páginas umas 62. Depois é uma leitura cativante, do tipo que nos prende e que almejamos saber o resultado final o mais rápido possível.
    Quem tiver a oportunidade de ler, confirmará o que estou dizendo!
    Um abraço!
    Boa leitura!

    ResponderExcluir

Comentários ofensivos e/ou preconceituosos não serão aceitos.

Obrigado por visitar e comentar.