Devoção

  Sinopse 
Nascido com uma tetraplegia espasmódica, Rick Hoyt foi desenganado por vários médicos, que aconselharam seus pais, Judy e Dick Hoyt, a internar seu primogênito em uma clínica. Mas os pais de Rick recusaram-se a tomar essa medida. Determinados a dar ao filho todas as oportunidades oferecidas a uma criança considerada “normal”, incluíam Rick em tudo que faziam, especialmente com os outros dois irmãos, Rob e Russ. Mas uma coisa é dentro do seu lar, o vasto mundo é outra coisa. Depois de repetidas recusas por diretores de escola que resistiam às suas tentativas de matricular o garoto, a mãe de Rick trabalhou incansavelmente para fazer passar um projeto de lei, Capítulo 766, a primeira reforma na educação especial no país. Como resultado, Rick e outras crianças com deficiências físicas puderam frequentar as escolas públicas de Massachusetts. Mas como Rick se comunicaria se não conseguia falar? Para superar esse obstáculo assustador, Dick e Judy Hoyt trabalharam com o Dr. William Crochetiere, e com o presidente do departamento de engenharia da Universidade de Tufts, bem como vários alunos empreendedores, incluindo Rick Foulds, na criação do dispositivo de Comunicação Interativa da Universidade de Tufts. Entre os aparatos domésticos da família Hoyt, ele ficou conhecido como a “Máquina da Esperança”, pois faria com que Rick pudesse criar frases pressionando a cabeça contra uma barra de metal. Pela primeira vez na vida, Rick conseguiu se comunicar. Então, um dia, Rick pediu a seu pai para participar de uma corrida beneficente, mas havia um porém, Rick também queria correr. Dick nunca havia participado de uma corrida antes, mas o maior desafio estava no fato de ter de empurrar a cadeira de rodas de seu filho ao mesmo tempo. Contudo, uma vez mais, a família Hoyt estava determinada a superar qualquer obstáculo que pudesse impedir sua caminhada. Agora, depois de mais de 1.000 corridas, incluindo inúmeras maratonas e triatlos, Dick Hoyt continua a empurrar a cadeira de rodas de Rick. Conhecidos em todo o mundo e carinhosamente chamados de a Equipe Hoyt, permanecem cada vez mais dedicados, inspirando milhões e incorporando em todo o seu lema e marca registrada: “Yes, you can!” (Sim, você pode!)



Minha opinião

Uma historia impressionante...

Devoção é um livro, que vai te dar uma lição de vida, aquele livro que não dá para esquecer, cheio de superação e de alegrias.
Quando comecei a ler este livro, não pensava que ia ser tão bom. Dicky Hoyt, conta a sua historia, uma historia cheia de lutas, desafio e muita esperança.
Dicky conta como foi sua infância, sua adolescência e também sua juventude como um jogador de futebol. Seu casamento com a líder de torcida Judy, e sua entrada para Guarda nacional dos Estados Unidos e o nascimento do seu primeiro filho Rick aos 20 anos.
A partir deste momento, a suas vidas mudam, Rick nasceu com paralisia cerebral. (isso mexeu muito comigo, pois tive uma tia que tinha paralisia e os médicos disseram que ela ia ser um vegetal) Bem com Rick, foi muito diferente, os pais lutaram para colocar Rick em uma escola publica, provaram que ele era capaz de aprender como qualquer outra criança.
Quando fez 15 anos, Rick quis participar com o pai de uma corrida, no começo ele ia empurrando seu filho na cadeira de rodas, e foi a partir deste dia que ele viu que isso era muito especial para Rick, que ele deveria dedicar seu tempo e seu amor a seu filho. Juntos participaram de muitas corridas e triatlos, assim conseguiram arrecadar fundos para muitas organizações que tratavam de crianças com deficiências.
Um livro emocionante, que ganhou o mundo todo, esta até na internet e no Youtube, ao ler este livro, eu tenho certeza que ele irá trazer lições de vida para vocês também, como ele trouxe para mim.
A sim, os dois têm um lema, muito legal, que eu peguei para mim “Yes, you can!” (Sim, você pode), bem acho que esta frase já diz tudo, às vezes pensamos que os nosso pequenos problemas são grandes, mas olhe em volta tem gente que tem problemas maiores que você.
Você pode tudo, quando pensar que não pode, lembre da historia de Rick, então você ira ver que seu problema é pequeno.
Bem pessoal acabo aqui a minha resenha, espero que você goste. E não se esqueça: Sim você pode!!!


3 Comentários

  1. É isso mesmo que me pareceu: lição de vida, e lição de vida que precisamos beber sempre! Achei bem interessante. Beijo, beijo!
    She

    ResponderExcluir
  2. Acho que qualquer livro desse tipo mexe um pouco comigo, porque tive uns probleminhas quando nasci (mas estou bem agora u_u), e sempre me mostram que existe um motivo para cada um estar vivo hoje. Talvez o de Rick seja mostrar às pessoas, com seu lema, que nada é impossível.

    Adorei a resenha, Ká! :)

    beijão!!!

    Ju
    http://julianagiacobelli.com

    ResponderExcluir
  3. Fiquei muito interessada por esse livro, já escutei muita gente falando bem dele, então resolvi procurar a resenha no seu blog.. que bom que vc fez :D
    Agora não to mais na duvida se compro ou não.. com certeeeza vou comprar :)
    Amei a resenha Ká! Como sempre :P
    Beijinhos ;*

    ResponderExcluir

Comentários ofensivos e/ou preconceituosos não serão aceitos.

Obrigado por visitar e comentar.