Esta semana a entrevista é com uma pessoa mega especial, eu nem imagina que iria entrevistar um dia a Paula Pimenta gente, tipo estou me sentindo aqui né.

A Paula é muito fofa, na hora que eu perguntei para ela no twitter se poderia me conceder um entrevista ela respondeu rsrs Para quem ainda não sabe de que Paula estou falando, ela é autora da serie Fazendo meu filme, que tem 3 livros lançados, e pelo que sei em breve será lançado mais um \o/ Fora que tem mais uma serie que foi lançada que é Minha vida fora de serie, gente sou mega suspeita para falar do trabalho das capas da Paula, sou apaixonada pelas capas e a do livro novo esta lindo demais, não vejo a hora de comprar o meu \o/ 
Agora chega de blá, blá, e vamos para entrevista que esta muito boa.


Fale um pouquinho sobre você, onde mora, quantos anos e assim vai rs..

Sou péssima pra falar de mim mesma! Vou copiar a orelha do livro, onde a Carol Christo, uma querida leitora, falou sobre mim:

PAULA PIMENTA se formou em Publicidade, mas – para nossa sorte – descobriu que gosta mesmo é de escrever livros. Ela tem alma de princesa, confia em sonhos, ama os animais e ensina música. Não sei se é pela simpatia, por viver no mundo da lua ou por acreditar tão avidamente no “felizes para sempre” que eu chego a pensar que a Paula nem é gente de verdade, e sim uma personagem de algum conto de fadas que saiu por aí, fugida, querendo de qualquer jeito contar novas histórias...

Como surgiu a ideia de escrever Fazendo o meu filme? Você imaginava que iria fazer tanto sucesso?

Foi meio de repente. Em Outubro de 2004, exatamente na noite do início de ‘horário de verão’, eu estava no computador e de repente tive a ideia de começar um livro falando exatamente sobre isso: Duas amigas que saíam, mas que tinham que voltar no horário imposto pelo pai de uma delas. Com o adiantar do relógio, elas acabavam perdendo uma hora (mais tarde essa passagem acabou virando o capítulo dois do livro). Quando comecei a escrever, eu nem tinha ideia do que viria, só mais tarde é que pensei no tema principal do livro, que é o dilema da Fani entre largar o grande amor para fazer intercâmbio ou deixar de viajar para ficar com ele. As características dela, como a paixão por cinema, surgiram um pouco depois também.

Quando “Fazendo meu filme 1” foi lançado,  eu nem de longe imaginava que ele passaria da 1ª edição. Fiquei até meio deprimida um dia depois do lançamento, pensei que meu sonho (de ter publicado um romance) terminaria ali. Quando comecei a receber e-mails de leitores que eu nem conhecia, elogiando e pedindo a continuação, eu fiquei muito feliz, saí mostrando pra todo mundo, imprimi, guardei… Aos poucos os e-mails começaram a ser uma realidade diária e eu percebi que realmente o livro estava se popularizando. Hoje a série já vendeu mais de 35 mil livros, mas ainda hoje eu me alegro com cada elogio, cada e-mail, cada scrap, cada recadinho no twitter… E – como no primeiro livro – ainda fico ansiosa antes do lançamento dos livros novos!

Você sempre sonhou em ser uma escritora? Ou tinha outros planos?

Quando criança eu queria ser escritora, mas eu queria também ser cantora, veterinária, repórter... Ainda bem que pelo menos um dos meus sonhos se realizou!

O que lhe traz inspiração e quando ela se vai o que você faz para tê-la outra vez?

Viajar sempre me dá inspiração. Geralmente eu coloco uma música que tenha a ver com o personagem ou com a cena que eu estou escrevendo. Isso me ajuda a criar o clima na hora de escrever!

Levando em conta o quanto é difícil ser escritor em um país que lê tão pouco, alguma vez já pensou em desistir?

Não, em nenhum momento. Até no começo, antes de conseguir uma editora (que considero a parte mais difícil), eu continuei com o plano de publicar o meu livro, eu iria fazer isso mesmo que fosse independente.

Você acha importante este mundo dos Blogs literários?

Acho muito importante, pois a maioria das pessoas gosta de ler opiniões antes de comprar um livro. E para os escritores as resenhas também são muito importantes, pois são uma espécie de  termômetro, por elas a gente pode saber se os nossos livros estão agradando ou não...

Conte um pouco do novo livro que foi lançado agora Minha vida fora de serie.

Minha vida fora de série conta a história da Priscila, uma garota de 13 anos que tem que mudar de cidade por causa da separação dos pais. Ela tem que fazer novos amigos, começar em um novo colégio e no começo sofre com a adaptação, mas aos poucos descobre que o que importa não é o lugar e sim as pessoas que moram nele.

Para os escritores que esta começando agora (eu) qual é a dica que você pode dar.

Em primeiro lugar, acho que é importante ler muito. Geralmente, quem gosta de ler e tem esse hábito, escreve bem. Devemos também escrever sobre o que gostamos, pois quando escrevemos com paixão, os leitores sentem isso. Escrever sobre o que realmente conhecemos é importante também. Ao escolher um tema, certifique-se que você domina o assunto, para não se perder no meio da história. Depois que o livro estiver pronto, é preciso muita paciência e força de vontade pra procurar uma editora. Acho que esses são os passos fundamentais para quem quer escrever e publicar um livro.

Até quem fim acabou, agora você pode deixar uma mensagem para os seus leitores.

Gostaria que vocês conhecessem o meu novo livro “Minha vida fora de série”! Para mais informações sobre ele, visitem: www.minhavidaforadeserie.com.br
O meu Twitter é: @paulapim Nele eu sempre divulgo os lançamentos, viagens e todas as novidades sobre meus livros! :)


Obrigada pela entrevista Paula, você é mais fofa do que eu imagina rsrs Bjkss Então pessoal que tal comentar

12 Comentários

  1. Bom dia!!
    Excelente a sua entrevista,é bom sabermos sobre autores como vc e como tudo começou, parabéns!!

    Abçs!!

    http://devoradordeletras.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Amei a entrevista, Ká!
    A Paula Pimenta parece ser uma pessoa suuper legal!
    Estou louca para ler as suas séries.
    As capas são lindas mesmo. Tennho muita vontade mesmo de conhecer esses trabalhos da autora.
    Interessante como ela iniciou "Fazendo meu filme." Hoje ele é um sucesso! :)
    Acho que só eu que não li ainda! =(

    Beeijo!;
    @BrinaSophie

    ResponderExcluir
  3. Adorei a entrevista! Acho a Paula super fofa também, pelo que vejo no twitter e pela paixão que ela fala sobre seus livros. Legal saber quando tudo começou, na noite do início de horário do verão e tal ...
    Parabéns à Paula, e a você Ká, pelo blog lindo. *-*

    ResponderExcluir
  4. Paula Pimenta é muito fofa. Eu considero que os blogs realmente são muito importantes sem esses blogs literarios eu não conheceria autores maravilhosos brasileiros. Conheci o blog da Eclética, de lá fui para o da Adriana Brazil e dele para o Acordei e assim por diante. Sem os blogs não teria conhecido livros maravilhosos e não teria aumentado minha paixão por ler e escrever. Agradeço a Deus por existir pessoas criativas aqui no brasil que dividem seus pensamentos e opniões atraves dos blogs.
    Voltando para entrevista, foi graças a esses blogs que conheci os livros da Paula e fiquei compretamente encantada pelas capas. Principalmente a do Minha vida fora de série. Que cores lindas. Como sempre estou babando pelo livro. Sobre desistir de escrever , eu já pensei muito nisso mas seguindo o exemplo da Paula não vou desistir nunca mais.
    .Ainda vou ter todos os livros da Paula

    ResponderExcluir
  5. A Paula é uma das minhas escritoras favoritas. Fico louca quando ela fala sobre os livros e são os primeiros que eu indico quando alguém pergunta *--* Desejo muito sucesso para ela! :D
    Beijos,K.
    Girl Spoiled

    ResponderExcluir
  6. A Paula é uma Divaaaa muito fofa! Tive a grande oportunidade de conhecê-la aqui em Recife e ela foi simplesmente um amor!
    Adorei a entrevista Ka! É sempre bom conhecer um pouco mais nossos queridos autores!

    Beijos
    Danni
    http://garotas-e-livros.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  7. Olá,
    Parabéns pelo blog! Estou seguindo.
    Segue lá também..

    http://estanteseletiva.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  8. Caraca Ká! Amei a entrevista!
    Paula mega fofa!
    Quero muuuito ler o novo livro dela,
    parece ser muuito legal :)
    Mil beijos ;*

    ResponderExcluir
  9. Assim como a autora, Sou péssimo pra falar de mim mesmo, hehehe.

    Ainda não li nenhum livro dela, mas parece ser bem legais, só olhando as capas já da vontade de lê-los :) :)

    Gostei da entrevista Ká, bjs

    ResponderExcluir
  10. Eu quero muito meu livro minha vida fora de serie. ja vi varias resenhas e dizem que é muito bom

    ResponderExcluir
  11. Bom,primeiramente queria dizer que amei a entrevista, as peguntas, as respostas e conhecer mais um pouco sobre essa fofa (que parece que saiu de um conto de fadas) que é a Paula Pimenta. Tenho que admitir que ainda não li nenhum livro dela, mas pretendo fazer isso o quanto antes, sinto que na série Fazendo meu Filme vou me identificar bastante com a personagem, gosto bastante quando isso acontece. E gostaria de ressaltar o quanto eu acho linda as capas dos livros da paula sabe? Eu ja amava muito as capas de Fazendo meu Filme, acho elas muito lindas e divertidas. Mas quando eu vi a capa de Minha Vida Fora de Série, eu me apaixonei, essa capa ela é realmente maravilhosa, e logicamente assim como os outros livros da Paula, pretendo ler Minha Vida Fora de Série também, que parece ser maravilhoso!
    Eu particularmente gosto bastante de ver essas entrevistas, pelo fato de além de conhecer um pouco mais sobre um escritor, você ainda conhece toda a jornada, toda luta que ele teve para conseguir publicar o seu livro. Eu antes achava que era uma coisa fácil, que era só a pessoa ficar horas na frente do computador escrever um livro e publicar, simples assim, mas com as entrevistas eu vi que é tudo ao contrário, não é assim... Mesmo que sem intenção de fazer um livros, o escritor ele se dedica a ele, ele põe todo o seu amor e carinho em cada linha, cada palavra que ele escreve, põe seu coração, o livro acaba virando um filho para ele, algo de extrema importância, então ai ele tem que achar uma editora que publique seu livro, imagina só quantos escritores não ouviram "não" de uma editora. Além de editoras se recusarem, imagina o que se passa na cabeça deles, pensando se irão gostar de seu livro, se o seu livro vai ser vendido (afinal aqui é um país em que muitos poucos leem)... Então não só a Paula, mas como muitos escritores, são verdadeiros, guerreiros, por enfrentar todas essas lutas, todas essas dificuldades e não desistirem, correrem atrás do seu sonho. Então eu parabenizo a vocês escritores por serem esses batalhadores e agradeço por nunca desistirem, pois é por essa insistência que hoje temos livros fantásticos, com historias maravilhosas, então muito obrigada por presentear a gente! E obrigada também aos blogs, pois eles tem uma importância especial em tudo isso, não só pelo fato de ajudar as pessoas na hora de comprar um livro, mas também pelo fato de fazerem essa divulgação de autores nacionais maravilhosos e com obras lindas. Então muuuuito obrigada mesmo !
    Parabéns Paula pelos seus livros maravilhosos e tão elogiados. Que você tenha muito sucesso e que continue fazendo mais e mais livros que tragam muitas alegrias aos leitores.
    BEEJO ;*

    ResponderExcluir

Comentários ofensivos e/ou preconceituosos não serão aceitos.

Obrigado por visitar e comentar.