Paixão, drogas e rock'n'roll

Sinopse 


Brian Blue é vocalista e líder de uma das maiores bandas de hard rock do início dos anos 90 e Vicky, uma adolescente brasileira. Desse encontro improvável, nasce uma história de amor com todos os ingredientes dos tempos modernos. Com rara sensibilidade, Daniela Niziotek envolve o leitor ao abordar as dificuldades e concessões enfrentadas para a concretização dessa relação quando um fato trágico se interpõe, mudando para sempre a vida dos personagens. De modo delicado e comovente, mas com aguda percepção, Daniela fala das belezas e dores humanas, trazendo à tona, em meio a uma torrente de sentimentos, os bastidores do mundo do rock. Um mundo de muito glamour, mas também de desencanto e impossibilidades extremas. Brian e Vicky vivem e sofrem os dilemas do amor e da paixão, da insensatez e da lucidez, da luta para fazer prevalecer a razão em um universo cheio de contradições. Dessa mistura de emoções, nasce uma trama muito bem urdida que nos faz pensar sobre a essência do amor e suas nuances mais caprichosas e imprevisíveis. 



Resenha 


"Às vezes o amor dura, mas, às vezes, fere"


Vicky é uma garota simples, amante de MBP, que não bebe e não fuma; Brian, um vocalista e líder de uma banda de grande sucesso de rock’ n’ roll, com uma vida pessoal em caos. 


Quando estes mundos se chocam, Vicky encontra o que seria o seu primeiro amor e Brian, a sua redenção, aquela que o faria fazer tudo valer a pena, mas as coisas não são simples assim. Um romance que, de início, parece ser as mil maravilhas, mesmo com a distância e a diferença dos mundos entre eles, ganha outro empecilho.


Uma história envolvente, intensa, cheia de altos e baixos...


O relacionamento dos personagens é completamente intenso, cheio de altos e baixos, bastante dependente e muitas vezes destruidor. Teve momento em que passei a odiar um ou outro por determinadas ações, mas que de certo modo me fez gostar mais ainda do livro, por se tornar mais realista.


Achei interessante a autora ter trabalhado a história na década de 90, onde não tínhamos acesso à metade das coisas que temos agora, não só em termos de tecnologia, a questão do HIV e como ela é abordada no livro, naquela época saber da doença e se tratar era completamente diferente de agora. A escrita é clara e objetiva, gostei da forma como ela abordou os bastidores do rock daquela época, nada é um mar de rosas e isso não é diferente no livro.


Bom, pra quem gosta de uma boa história com um toque realista recomendo, mas se não gosta recomendo também, vale e muito a pena conhecer a história de Vicky e Brian, um boa leitura sem dúvidas.

10 Comentários

  1. Oie, bom dia!

    Já tinha visto a capa desse livro em algum lugar..
    E amei!
    Sou fissurada por capas, me apaixono pela capa e depois pela história!
    UAHuahuahuahuha...

    Mas a história tb parece ser mto boa!
    Confesso q fiquei curiosa pra ler!
    Se quiser me dar de presente!
    UAHuahuahuahu..

    Beijaum

    ResponderExcluir
  2. Nossa, nunca tinha visto ninguém falar nesse livro =P
    Adorei o nome (sou louca por rock)e gostei bastante da sinopse e da resenha!
    Em alguns momentos você me deixou na dúvida se eu gostaeria ou não de ler, mas o final da sua resenha me convenceu! ;)

    ResponderExcluir
  3. Parece ser bem interessante! ;)
    Beijo, beijo!
    She

    ResponderExcluir
  4. pela resenha parece uma boa história mesmo. A sinopse do livro me deixou curiosa!

    ResponderExcluir
  5. Sempre fui apaixonada por esse livro *-*
    Leio resenhas e fico mais apaixonada ainda *-*

    Parabéns! Adorei!

    :*
    Mi
    Inteiramente Diva

    ResponderExcluir
  6. Oi Ju,

    Bom primeiramente tenho que falar que o título do livro ja me chamou a atenção. Eu adoro vários gêneros de musicas, mas sou fanática por rock, então antes mesmo de ler a primeira resenha desse livro ja fiquei bem empolgada!
    Fiquei bastante interessada no livro, não só pela história conturbada dos personagens principais, mas sim pelas coisas diferentes que a autora abordou no livro como o fato do livro se passar na década de 90, a questão do HIV... entre outras coisas que a Ju abordou na resenha.
    Fiquei bastante interessada no livro!
    Ótima resenha Ju!

    BEEJO ;*

    ResponderExcluir
  7. Esse livro parece ser bem legal mesmo!
    Mas tenso de ler... por conta de toda essa realidade.

    Bjoss
    entreumlivroeoutro.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. Gostei da sua resenha, adoro livros que tem bandas no meio...qdo tiver oportunidade com certeza irei ler...já li uma vez o livro da Valéria (não lembro o sobrenome) ah o nome do livro é Depois daquela viagem (adoro o livro), ela conta sobre a aids, ela contraiu o virus e acho que foi nessa década q vc citou ai, está viva até hj...
    BjOs!!!

    ResponderExcluir
  9. Esse livro será a minha próxima leitura. Me chamou muito a atenção pelo nome e decidi comprá-lo!
    Acho o tema super interessante... e não sabia que a história se passava nos anos 90, então acho que vai ser bem diferente lê-lo.
    Ótima resenha!
    Beijos,
    Hannah - Secrets of Book

    ResponderExcluir
  10. Livro muito interessante, quando li o título já sabia que iria gostar do livro, eu uma amante de música como poderia não me encantar com o título e a capa.
    Fiquei muito feliz quando li a resenha, pois realmente parece ser uma história que vale a pena, não sei porque esse livro me lembro de um filme que vi "O Som do coração", no fundo as histórias em si não tem nada a ver, mas me lembro. Gosto muito de livro ambientados no inicio dos anos 90 e anteriormente, acho que lê-los e um grande ganho cultural. Bem adorei a dica.

    ResponderExcluir

Comentários ofensivos e/ou preconceituosos não serão aceitos.

Obrigado por visitar e comentar.