Olha nem sei como vou expressar tudo que senti lendo e vendo Um amor para recordar... Esta sendo legal fazer este post, não tinha assistido o filme de Um amor para recordar, mas assim que comecei a assistir vi falhas e também vi semelhanças ao livro. O que será que eu achei? 


Sinopse 

“Cada mês de abril, quando o vento sopra do mar e se mistura com o perfume de violetas, Landon Carter recorda seu último ano na High Beaufort. Isso era 1958, e Landon já tinha namorado uma ou duas meninas. Ele sempre jurou que já tinha se apaixonado antes. Certamente a última pessoa na cidade que pensava em se apaixonar era Jamie Sullivan, a filha do pastor da Igreja Batista da cidade. A menina quieta que carregava sempre uma Bíblia com seus materiais escolares. Jamie parecia contente em viver num mundo diferente dos outros adolescentes. Ela cuidava de seu pai viúvo, salvava os animais machucados, e auxiliava o orfanato local. Nenhum menino havia a convidado para sair. Nem Landon havia sonhado com isso. Em seguida, uma reviravolta do destino fez de Jamie sua parceira para o baile, e a vida de Landon Carter nunca mais foi a mesma.”


O Autor

Nicholas Sparks viveu a sua juventude em Fair Oaks, na Califórnia e vive actualmente na Carolina do Norte com a família. Foi premiado com uma bolsa de estudos da Universidade de Notre Dame pelos seus excelentes resultados e, em 1988licencia-seem Economia. Curiosamente, o seu sonho era tornar-se atleta de alta competição, sonho de que teria de abdicar devido a um grave acidente. Iniciou-se a escrever enquanto trabalhava como delegado de informação médica e, mais tarde, surge Theresa Park, agente literária, que se propôs representá-lo, vendendo os direitos do seu primeiro romance, «The Notebook», à Warner Books. Com livros como A Última Música(The Last Song)e Querido John (Dear John), Nicholas Spaks tornou-se bem conhecido no Brasil, agora com outros livros publicados pela Editora Novo Conceito.

Um Amor Para RecordarSobre o filme e o livro

O que falar deste livro? Estava em casa quando este post nasceu em minha cabeça, sim eu tenho a mania de escrever o post ou em cadernos ou no Word, mas desta vez eu escrevi tudo em minha cabeça.

Tanto no livro como no filme a historia começa por Landon, ele é seus amigos. No filme é mais avançado sabe, eu achei meio estranho, tenho esta mania de querer que as coisas sejam iguais em tudo.

A Jamie, não é exatamente igual a do livro no filme, a Jamei do livro tem cabelos loiros e tem olhos azuis, já a do filme não é tão loira e não tem olhos azuis. Mas ela é gentil, filha de um pastor, tem a auto estima lá em cima. 

Uma frase que me encantou no livro, que eu acho que ele deveriam ter usado no começo do filme é essa: “No Inicio você vai sorrir e, depois, chorar – Não diga que não avisei”, acho que daria mais emoção ao filme, não que ele não seja emociante, mas faltou algo ali, falto mais amor eu acho.


Em qual me emocionei mais? Bem eu me emocionei mais no livro, soltei lagrimas e mais lagrimas. Já no filme eu não chorei não, achei meio sem amor, não sei se é por que o livro é melhor. Não estou dizendo que o filme é ruim, longe disse pessoal, estou dizendo que faltou algo. Mas pensando bem, para o ano que o filme foi filmado ele está bom sim.


Quer saber mais do livro, entre e veja minha resenha AQUI.

Trailer

O Trailer foi retirado por causa do ECAD veja AQUI




Trilha Sonora

Acho que de todas as musicas a que eu mais gostei é Cry, achei linda esta musica =D 

  1. "Dare You To Move" - Switchfoot
  2. "Cry" - Mandy Moore
  3. "Someday We'll Know" - Mandy Moore, Jon Foreman
  4. "Dancing in The Moonlight" - 2001 Remix Toploader
  5. "Learning To Breathe" - Switchfoot
  6. "Only Hope" - Mandy Moore
  7. "It's Gonna Be Love" - Mandy Moore
  8. "You" - Switchfoot
  9. "If You Believe" - Rachael Lampa
  10. "No One" - Cold
  11. "So What Does It All Mean?" - West, Gould & Fitzgerald
  12. "Mother, We Just Can't Get Enough" - New Radicals
  13. "Cannonball" - The Breeders
  14. "Friday On My Mind" - Noogie
  15. "Empty Spaces" - Fuel
  16. "Only Hope" - Switchfoot

Onde comprar AQUI

Capas do livro em vários países.

       



As mais belas frases:

"O amor é paciente e benigno, não arde em ciúmes; o amor não se ufana, não se ensoberbece; O amor não é rude nem egoísta, não se exaspera e não se ressente do mal. O amor não se alegra com a injustiça, mas regozija-se com a verdade. Está sempre pronto para perdoar, crer, esperar e suportar o que vier."

"Jamie salvou a minha vida. Ela me ensinou tudo... sobre a vida, esperança, e a longa jornada adiante. Sempre terei saudade dela. Mas o nosso amor, é como o vento, não posso ver, mas posso sentir."

"Sempre terei saudade dela. Mas o nosso amor, é como o vento, não posso ver, mas posso sentir. "








"Eu disse para você não se apaixonar por mim. "





Conclusão

A conclusão de tudo é? Que você tem que ler esta livro ou assistir o filme, se você não gostar de ler. Tanto o livro ou o filme, mostra a fé, o que deixa a historia bem legal e bem emociante. Jamie, não murmurou quando estava doente, ela apenas fez as coisas que desejava.

O amor de Landon por Jamie demostrado aqui é lindo, um amor puro, que ultrapassou qualquer barreira. 

Para quem não sabe, este livro foi inspirado na irmã de Nicholas, ela era exatamente como Jamie, está parte ai em baixo é de uma entrevista que o Nicholas deu falando sobre isso.

"Todos me perguntam se o livro A walk to remenber foi o livro que mais gostei de escrever. Na verdade foi. Ele foi o melhor livro de escrever que eu já fiz e o foi o único que me fez chorar enquanto escrevia.
A walk to remember, foi inspirado em minha irmã. Jamie Sullivan é a minha jovem irmã. Como Jamie, minha irmã era doce. Como Jamie, minha irmã tinha uma fé enorme. Como Jamie, minha irmã amava a igreja. Como Jamie, minha irmã não era popular na escola. Como Jamie, minha irmã era sempre gentil. Como Jamie, a única coisa que minha irmã queria na vida era se casar. E como Jamie, minha irmão teve câncer.
Como Jamie, minha irmã conheceu alguém. E como Landon, ele passou um longo período sem imaginar casando com uma menina como ela. E sim, no final, ele acabou se surpreendendo com ele mesmo.
Quando ele soube que ela estava doente e que minha irmã não teria mais muito tempo com a gente, ele respondeu pedindo ela em casamento.
Eu não escrevi este romance apenas para saberem sobre a minha irmã, mas sim para mostrar a coisa maravilhoso que seu marido fez por ela uma vez. 

Minha irmã morreu em Junho de 2000, ela tinha 33 anos."

Entrevista completa aqui

Bem eu não tenho mais nada para dizer, espero que tenham gostado. 


Mais de 20 comentários solto promoção do livro \o/ 


formulário abaixo é para quem esta comentando preencher, valendo o livro A bruxa de ferro.






24 Comentários

  1. Ah, já a minha opinião foi ao contrário: gostei mais do filme. (milagre)

    ResponderExcluir
  2. Olá!

    Aind anão vi o filme nem li o livro; vi algumas cenas, por curiosidade pq sabia que o Landon foi interpretado pelo Shane West (meu querido Michael de Nikita!). Mesmo a aprtir de trechos, discordo um pouco de vc; nas cenas que vi, achei que havia bastante amor entre o casal, algumas cenas até mesmo emocionantes, pela delicadeza, pela sutileza. Tb não entendi o que vc quis dizer com : "Não estou dizendo que o filme é ruim, longe disse pessoal, estou dizendo que faltou algo. Mas pensando bem, para o ano que o filme foi filmado ele está bom sim".

    Bj!

    Nayara.
    www.dignidadenaocabeaqui.blogspot.com
    @dignidadencaqui

    ResponderExcluir
  3. Nunca li o livro, mas me acabei de chorar nas duas vezes que assisti ao filme.... Mas o livro deve ser melhor, com certeza!

    ResponderExcluir
  4. Meu pai nunca me interessei em ver este filme todos me falam dele mas não tenho vontade mesmo, eu não quero chorar horrores eu sou besta e chorro demais livros assim e filmes me deixam deprimidas é serio sei que passa coisa boas mas evito o maximo em velo ou le los.Mas sempre prefiro ler o livro primeiro depois o filme assim é bem melhor mas gostei sim do post a musica é bonita gostei da letra mas não é o tipo de musica que gosto de ouvir, ai nossa to chata né, eu não sou muito romantica triste mas é verdade. Bitocas glau

    ResponderExcluir
  5. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  6. Ai, que lindo post, Ká!
    Bom, diferente de você, gostei mais do filme. Eu adorei ambos. Ambos me fizeram chorar, mas o filme fez com que eu chorasse litros. rsrsrs, talvez porque estamos vendo as cenas, como a doença de Jamie avança, à medida que o amor deles aumenta e a fé que move as personagens. Não tem nem palavras para expressar o quanto adorei essa história.
    O filme, assisti 7 vezes e nas 7 chorei. É verdade que o livro, que só fui ler beem depois de já ter assistido, é muito diferente, mas as lições são as mesmas.
    Não conhecia essa entrevista de Nicholas Sparks. Adorei!
    As músicas que mais gosto são "Cry" e "Only Hope."

    Beeijo, querida!
    @BrinaSophie

    ResponderExcluir
  7. Olá :)
    Eu confesso que ainda não li o livro e nem vi o filme mas esta de parabens pelo post *-*
    Ficou bem legal :)

    Beijos e cuide-se

    www.rimasdopreto.com

    ResponderExcluir
  8. Eu gostei bastante do filme, mas já que eu chorei litros com ele acho que eu vou chorar mais ainda com o livro então eu não tenho muita ´coragem´ pra ler ... kkkk

    ResponderExcluir
  9. Tbm acho que o livro me deu mais emoção e compreensão!

    Gostaria de aproveitar e convidar os
    leitores para vim participar do sorteio
    valendo 6 livros da Editora Novo Conceito!!!

    http://www.universofemininocomelisa.com.br/2012/03/promocao-literaria-valendo-6-livros-em.html

    e tbm o sorteio valendo um kit da Editora Dracaena o kit A arte da Invisibilidade!

    http://www.universofemininocomelisa.com.br/2012/03/promocao-literaria-arte-da.html

    Beijinhos e já estou seguindo seu blog,
    vem visitar o meu e siga-o tbm!! =)

    ResponderExcluir
  10. Eu, como toda manteira derretida, chorei lendo o livro E vendo o filme! Acho que a trilha sonora mexeu tanto comigo que se igualou aos sentimentos passados pelo livro! Enfim, é um dos meus favoritos no geral e do autor!

    Um beijo,
    Nica

    ResponderExcluir
  11. ahhh gente isso ñ vale, eu amooo Um amor pra recordar, tinha assistido o filme primeiro e adorado dai bem depois li o livro e amei, gosto mais do livro, mas a historia em ambos me encantou, sempre me acabo d chorar quando assisto o filme, ñ sabia ue a histoia se baseava na irmã dele, me acabei agora lendo esta entrevista , ai adoro o Nicholas.. *-*

    ResponderExcluir
  12. Eu não li o livro, não vi o filme... mas quase chorei lendo essa postagem!! Nem me atrevi a dar uma olhada na resenha.

    Nossa, se eu ler esse livro vou derramar rios de lágrimas, tenho certeza!! E claro que isso me deixou louca pra ler!!! Deve ser uma história muito linda.

    Ju
    entrepalcoselivros.blogspot.com

    ResponderExcluir
  13. Sou muito suspeita a falar, a partir do momento que Um amor para recordar é meu filme FAVORITO. Sem noção, eu choro toda vez que eu assisto, e te garanto que não foram poucas. É simplesmente a história mais linda que eu já vi! <3

    xx carol

    ResponderExcluir
  14. Parabéns pela dica Ká! Já assisti Um Amor para Recordar e amei! Me debulhei em lágrimas com esse filme! Estou ansiosa para ler o livro! Fiquei ainda mais emocionada em saber que a Jamie foi inspirada na irmã do Nicholas Sparks. História linda! Beijos!

    ResponderExcluir
  15. Se a resenha quase me fez chorar..
    Me imaginem lendo o livro!

    Sim, chorei rios!
    Acho o filme e o livro lindos demais!

    Quanto a história elas são meio diferentes...
    O Landon do livro não é tão "do mau" quanto o do filme e o fato que faz os dois se conhecerem, Landon e Jamie, tb não é o mesmo!
    Mas no fim a mensagem de ambos acaba sendo igual!

    A partir do momento q vc descobre que ele escreveu o livro baseado na irmã vc começa a ver tudo com outros olhos...
    E acredita que tudo é possível!

    Esse é um caso q eu não consigo escolher entre o livro ou o filme...
    Amo os dois!
    Para que ainda não assistiu, dou o mesmo conselho, ASSISTA!

    Beijaum

    ResponderExcluir
  16. Eu já vi o filme algumas vezes e chorei em todas! Ele é simplesmente lindo!!! Imagino que lendo o livro devo me afogar nas lágrimas. haha. Mas com certeza está na minha lista de "desejados". =)

    ResponderExcluir
  17. Eu amo os dois e nem sei qual escolher! Um Amor pra Recordar é uma história que aquece o coração! *-*

    :*
    Mi
    Inteiramente Diva

    ResponderExcluir
  18. Oi, Ká!!!

    Assisti ao filme e gostei, chegou a me emocionar, mas ainda assim, fraquinho...

    Não li esse livro, acho os livros dele muito melosos... acabo dando preferência a outros.

    bjs***

    ResponderExcluir
  19. Infelizmente ainda não li nem o livro e nem vi o filme.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  20. Sempre escrevo minhas resenhas na mente! hehe Também acho estranho por os filmes serem mais corridos do que o livro, mas imagina o tempo de duração se ele mantivesse todas as características da história escrita!
    Já vi o filme de Um Amor para Recordar diversas vezes e nunca chorei, também acho que parece um sentimento meio superficial. Mas tenho MUITA vontade de ler o livro, deve ser realmente linda a história através dele!
    Não sou fã da capa brasileira... Adorei essa última em que eles estão caminhando a céu aberto!
    E não sabia que o Nicholas havia se inspirado em uma história real para escrevê-lo, bem legal (:

    ResponderExcluir
  21. Amo amo amo o filme!!!!

    Um dia vou ler o livro..

    Beijossss

    ResponderExcluir
  22. Eu não gosto mto dos livros do nicholas, geralmente gosto mais dos filmes, mas eu quero ler esse em particular.parece ser mto bom.

    ResponderExcluir
  23. Gente, isso é um super post, é uma homenagem belíssima a Sparks! Foi feita no capricho!
    Eu também adoro Sparks, mas nem li esse livro e nem assisti ao filme. Que pena, pois sua resenha está maravilhosa e eu fiquei louca para ler logo o livro.
    Beijos

    ResponderExcluir
  24. Acho linda qualquer história do Nicholas Sparks...
    Vi alguns filmes mas ainda não li nenhum de seus livros.
    Um dos filmes que vi foi esse: Um amor para recordar.
    Chorei com ele sim, hehe, apesar de vc ter dito que não se emocionou.
    Creio que se eu tivesse lido o livro antes como vc fez não teria gostado tanto assim, afinal iria ficar comparando, achando defeitos, e acabaria achando a história fraquinha.

    Um filme que vale a pena ser visto e provavelmente um livro melhor ainda.

    Bjuss

    Ariana

    ResponderExcluir

Comentários ofensivos e/ou preconceituosos não serão aceitos.

Obrigado por visitar e comentar.