Olá, pessoal!!!


Meu nome é Karina Schiassinatti e eu sou a mais nova colunista do blog e farei resenhas de livros em inglês, que podem ou não já terem sido lançados por aqui.
Bom, vou falar um pouco sobre mim: tenho 24 anos, sou de São Paulo/SP, escorpiana e estudante de jornalismo. Gosto de ler desde que aprendi a ler, mas foi com Harry Potter que me tornei uma bookaholic. Meus gêneros literários favoritos são: ficção YA, sobrenatural e chicklit. Atualmente estou viciada em sociedades distópicas. Também sou responsável por um blog literário, o Walking in Bookland, e você pode me encontrar no Facebook, Twitter e Skoob.
Espero que vocês gostem dos meus post e aceito sugestões!!!





Título: Delirium: The Special Edition – Delirium, vol. 1
Autor: Lauren Oliver
Editora: HarperCollins
Idioma: Inglês
Gênero: Ficção
Páginas: 401
Publicado em: 2011
Avaliação: 4 estrelas

Muito tempo atrás, não se sabia que o amor é a pior de todas as doenças. Uma vez instalado na corrente sanguínea, não há como contê-lo. Agora a realidade é outra. A ciência já é capaz de erradicá-lo, e o governo obriga que todos os cidadãos sejam curados ao completar dezoito anos. Lena Haloway está entre os jovens que esperam ansiosamente esse dia. Viver sem a doença é viver sem dor: sem arrebatamento, sem euforia, com tranquilidade e segurança. Depois de curada, ela será encaminhada pelo governo para uma faculdade e um marido lhe será designado. Ela nunca mais precisará se preocupar com o passado que assombra sua família. Lena tem plena confiança de que as imposições das autoridades, como a intervenção cirúrgica, o toque de recolher e as patrulhas-surpresa pela cidade, existem para proteger as pessoas. Faltando apenas algumas semanas para o tratamento, porém, o impensado acontece: Lena se apaixona. Os sintomas são bastante conhecidos, não há como se enganar — mas, depois de experimentá-los, ela ainda escolheria a cura?


Eu tinha grandes expectativas para esse livro e estava super ansiosa para lê-lo e confesso que no começo estava um pouco decepcionada. Sim, o começo não empolga e a personagem principal, Lena, chega a ser um pouco irritante. Ainda bem que isso é só no começo!

O enredo consegue te envolver profundamente em toda a ação, os perigos, as inseguranças e os questionamentos que existem ou surgem na vida de Lena. Ela conseguiu ganhar minha simpatia e com o tempo você é capaz de entender o porquê de ela ser tão chatinha.

Outros personagens com destaque são Hana, a melhor amiga de Lena, e o fofíssimo Alex. Hana tem um espírito livre, bem diferente de Lena, e no decorrer da história ela tem seus altos e baixos. Tem um livro, em inglês, que é a história contada pela Hana... Sinceramente, não tive vontade de ler. E o Alex... *suspiros* entrou para a lista de queridinhos da literatura YA.

Bom, o livro não é muito grande e a leitura flui muito bem. Depois que o enredo engrena, é impossível largar o livro até chegar o final. E quando isso acontece, você deseja desesperadamente colocar as mãos em Pandemonium, o 2º livro da série. Eu não vejo a hora, mas estou com medo também. Li uma resenha que me deixou assim!

Delirium é mais um livro sobre uma sociedade distópica, a nova moda literária, mas dessa vez a temática está ligada ao fato de o amor ser uma doença e isso faz você pensar. Eu, pelo menos, refleti muito sobre o assunto, imaginando como seria viver sem amor. Travei uma discussão com alguns colegas no trabalho... Até eles me lembrarem que eu tenho uma tatuagem de amor infinito, logo sou uma romântica e seria contra o sistema (Claro, claro... ).

Como eu li no Kindle, não posso fazer observações sobre diagramação etc, mas a capa, mesmo em preto e branco no Kindle, é linda!
  
4 estrelas pois é um livro apaixonante, porém com um começo não muito empolgante e um final... Quando vocês lerem irão entender as reticências.

9 Comentários

  1. Gostei diferente O amor uma doença isso é engraçado como seria isso na vida real as pessoas cada dia que passa estão amando menos umas as outras imagina viver sem amar seria ruim, fiquei curiosa espero em breve ler quando for traduzido.AHHH seja Bem vinda mais uma Ka, so que é Karina temos 2 Ka agora bitocas e ótima resenha.

    ResponderExcluir
  2. Meu Delírio chegou aqui em casa essa semana... Estou louca pra lê-lo e super ansiosa!!! A temática é muito interessante: como diz meu esposo, "tem muito pano pra manga"... kkkk

    ResponderExcluir
  3. Já peguei esse livro (em inglês) pra comprar mil vezes mas sempre desisti... Acho que depois dessa resenha vou dar uma chance a ele =]
    Adorei a coluna, parabéns =]

    Feliz Páscoa
    Beijos.
    #Resenha falada.

    ResponderExcluir
  4. As modinhas ás vezes são boas, essa da distopia tem sido bem interessante.
    Adorei você ser uma colunista de livros em inglês.
    Estou para montar meu acervo, também tenho um kindle e o adoro.

    Bom, o livro é superr interessante, quero lê-lo desesperadamente mas sabe ando com medo dos "finais" ??? kkkkkk

    Beijos

    ResponderExcluir
  5. rs achamos a mesma coisa ") Otima resenha

    ResponderExcluir
  6. [...]Sem amor eu nada seria[...]

    O livro deve ser intrigante e emocionante.
    Como assim? Amor é um vírus? Posso até dizer que se mal usado, pode ser fatal. Mas, amar é fundamental!
    Desejo muito ler esse livro, nossa, sua resenha me fez tomar conhecimento dessa bela obra. Quero muito.
    Obrigada pela dica.
    Nizete
    ciadoleitor.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. "Meus gêneros literários favoritos são: ficção YA, sobrenatural e chicklit." Falou e disse,minha cara!! Seja bem vinda,que vc traga posts tão bons quanto o site tem!
    Amei sua resenha,eu prefiro a capa desse livro que a intrínseca publicou,aquele metálico me seduziu O.o
    Bemm,eu estou juntando meu dinheirinho pra comprá-lo,espero poder lê-lo em breve!

    Bjosss

    ResponderExcluir
  8. Oie..
    Virei sua fã!
    Sonho em ler livros em inglês..
    E é minha meta pra 2012!
    Auhauhauha...

    É a segunda resenha que eu leio de Delirium...
    E foram bem parecidas!
    O enredo me chamou bastante atenção...
    Mas tenho mil livros na minha estante pra ler...
    E acho q esse terá q esperar um pouquinho!
    Auhauhauhuahua..

    Beijaum

    ResponderExcluir
  9. A capa brasileira é mais bonita :P

    POxa... 4 estrelas? Não li ainda, mas pretendo aí eu vejo se ele realmente valeu apenas 4 estrelas rss

    Bjuuusss

    Nâna

    ResponderExcluir

Comentários ofensivos e/ou preconceituosos não serão aceitos.

Obrigado por visitar e comentar.