Fuga Alucinada - Lynne Graham - Sabrina
Por amor.. ou por vingança?
Dias antes de Jamie nascer, Emily fugiu de seu marido, Duarte Álvares Monteiro, um rico e poderoso banqueiro português. Soube, por uma amiga, que Duarte queria ficar com o bebê e não com ela... Mas a fuga foi em vão, pois Duarte conseguiu descobrir o paradeiro de Emily e de seu filho e obrigou-a a voltar a Portugal para viver sob sua vigilância.
Ao contrário do que Emily imaginava, Duarte a aceitou de volta... principalmente porque ele sabia que bastava um simples toque seu para vê-la entregar-se com paixão. Emily não conseguiu deixar de ser submissa àquele homem poderoso e sedutor, por isso entregou-se por amor, disposta a reconquistá-lo. Mas será que Duarte realmente a ama? Ou será que ele a trouxe de volta somente por causa do bebê?
                                                    ***********************
Em primeiro lugar quero pedir desculpas pelo atraso da minha resenha, mas esses últimos dias ando com a cabeça há mil por conta do evento da IAN que organizei (srsrsr) sem contar os outros contratempos da vida e do trabalho.
Para o meu primeiro livro escolhi uma autora que todas as leitoras de romances de banca gostam: Lynne Graham, seus livros estão sempre entre os melhores no sentido intriga, mocinho cabeça dura e dono da situação, já as  mocinhas algumas são bobas e ingênuas, mas a maioria ''bota pra quebrar'' com eles também. kkkkkk

''Meu pitaco''

Emily se casou com Duarte, mas por conta de uma rival, que faz de tudo para separá-los, ela acaba fugindo dele, pois acha que Duarte só quer o filho deles e vai descartá-la, mas é claro que a história não é bem essa.
Emily foi muito imatura, primeiro em se deixar envolver por uma falsa amiga que na verdade só queria o marido dela (isso estava na cara, mas só a boba não conseguiu enxergar) e ainda por cima se deixou flagrar por Duarte em uma situação pra lá de comprometedora (ela sendo beijada por outro), o que destruiu qualquer confiança que Duarte tinha nela e a boba em vez de se defender, não, aceitou tudo calada, ou seja, assinou sua confissão de culpa (que raiva!).
Duarte vai atrás dela para poder resolver a situação, mas aí Emily foge e ainda por cima grávida e Duarte só a encontra depois de oito meses, o que para ele é um motivo de vingança já que além de se sentir traído ainda deve de ficar longe de seu filho.
Emily vive de lugar em lugar temendo o momento de encontrar Duarte e que ele tome seu filho, o que não acontece, já que ele quer o ''pacote'' completo.
Emily é uma das personagens mais sem ''sal'' que eu já li, não tem força de espírito sabe, aceita tudo o que Duarte faz com ela e acha que esta tudo bem, não se impõe diante da injustiça, tipo, quem não deve não teme e ela vive com medo dele (totalmente sem noção da realidade) kkkkk.
Eu gostei da estória, mas não gostei da passividade da Emily, como ela foi vítima de uma armadilha, bem que poderia ter tentado se defender e explicar a situação ao marido, mas preferiu o caminho mais fácil: A fuga.
Duarte, mesmo com todo a sua arrogância e ainda com a ideia de que ela teve um caso, tenta remediar seu casamento do jeito grosso dele (claro), mas ao menos ele tenta o que não acontece com a molenga da Emily (*risos*).
O livro vale à pena ler, Duarte realmente salva o livro, mesmo quando quer dar uns safanões na Emily, que bem que merece.


5 Comentários

  1. Gente... tenho um preconceito triste (assumo...) por livros Sabrina... não consigo pegar um pra ler... Preciso quebrar isso urgentemente!

    ResponderExcluir
  2. Ain... Pareceu tão sem graça =/
    Não leria não.
    Não gosto de personagem que nem a emily

    ResponderExcluir
  3. gostei bastante da resenha! a história parece ser otima, mas não sei se eu conseguiria aguentar essa protagonista não ein! uashuasuhassua pelo menos tem um personagem pra salvar o livro^^

    Você já viu a Gincana de Revitalização que estamos fazendo? As inscrições vão somente até 25/04, corre lá e participe dos desafios, concorrendo a vários prêmios! http://hangoverat16.blogspot.com.br/2012/04/gincana-de-revitalizacao-001.html

    ResponderExcluir
  4. Adoro estes livrinhos de banca, mesmo quando eles nos fazem passar alguma raiva.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  5. Ai, Faby! Personagens assim me dão nos nervos! hahahahahaha

    :*
    Mi
    Inteiramente Diva

    ResponderExcluir

Comentários ofensivos e/ou preconceituosos não serão aceitos.

Obrigado por visitar e comentar.