Olá, people!!!

Mais uma vez venho trazer uma resenha de um livro internacional... Esse ainda não saiu por aqui e nem sei se há planos. Atualmente, a Editora Agir publica a série Os Lobos de Mercy Falls da mesma autora, então pode ser que eles tragam esse livro para cá também!
Ah, muito obrigada pelos comentários na resenha do mês passado... Fiquei muito feliz com aceitação de vocês!!



Título: The Scorpio Races
Autor: Maggie Stiefvater
Idioma: Inglês
Gênero: Ficção
Páginas: 421
Publicado em: 2011
Avaliação: 4 estrelas

Acontece em todo início de Novembro: As Corridas de Scorpio. Cavaleiros tentam se manter em seus cavalos d’água tempo suficiente para chegar à linha de chegada. Alguns deles sobrevivem. Outros morrem.
Baseado nas lendas do eich uisce – o cavalo d’água céltico – The Scorpio Races se passa na pequena e imaginária ilha de Thisby. A cada Novembro, cavalos d’água emergem do negro oceano e galopeiam pelas praias abaixo dos despenhadeiros de Thisby. E a cada Novembro, homens capturam esses cavalos para uma excitante e mortal corrida.
Ambos Sean Kendrick, quatro vezes campeão, e Kate “Puck” Connolly, recém-chegada às corridas, irão competir este ano, e os dois têm mais a ganhar – ou perder – do que em qualquer ano anterior. Mas apenas um pode ganhar.


The Scorpio Races é o primeiro livro da Maggie Stiefvater que eu leio e não tinha ideia do que esperar de sua narrativa. Confesso que até agora não consegui decidir se gostei, ou não, do livro. A narrativa da Maggie é fantástica, sem dúvidas, mas a história é que está causando esse desconforto.

O enredo é bem interessante, nunca tinha ouvido falar sobre esses cavalos d’água carnívoros e fui pesquisar na internet para saber se eles eram reais ou alguma coisa assim. Como procurei pelo nome que aparece no livro – capaill uisce – não achei nada além de comentários sobre o livro, mas como diz na sinopse é baseado em uma lenda.

De qualquer maneira, não foi uma leitura fácil, nem fluida... Demorei horrores e achei que nunca chegaria no final. Eu acredito que isso aconteceu por dois motivos: não estou acostumada com esse tipo de história e ela usa muitos termos em inglês que eu não conhecia.

Mas vamos falar do livro em si... Com já disse, a narrativa é fantástica. Os capítulos são curtos (tem 66!) e a narração é intercalada entre a visão do Sean e da Puck. Sean viu seu pai ser morto nas corridas e mesmo assim nutre um amor por um desses cavalos assassinos e pela própria corrida. Por outro lado, Puck nunca havia se envolvido com a corrida até então e seus pais foram mortos por esses cavalos enquanto pescavam no oceano. E de alguma maneira eles acabam se conectando.

A história é rica em detalhes, às vezes até demais, e com muitos personagens secundários muito bem explorados, tanto física quanto psicologicamente. Inclusive, um dos irmãos da Puck tem TOC (transtorno obsessivo compulsivo) e a todo momento é mostrada a preocupação dela e os sintomas dele.

Thisby é a típica cidadezinha do interior onde todos se conhecem e que entre Outubro e Novembro recebem turistas de todas as partes para comprarem cavalos, ou apenas assistir as corridas. Alguns dos moradores locais, como Sean e Puck, amam o lugar, outros querem sair de lá para tentar a sorte na “cidade grande”.

Outro ponto que colaborou para meu desânimo na leitura, e vejam bem, isso é totalmente pessoal, foi a falta de romance. Sim, sou dessas. Preciso de um romance para me animar ainda mais com a leitura. Não que o livro seja isento de romance, mas é diferente e não o suficiente para o meu gosto.
Mais uma vez, não há comentários sobre a diagramação, pois eu o li pelo Kindle. O único comentário que ouso fazer é que a capa é muito feia. Não gostei mesmo.

Tenho certeza que muitas pessoas dariam 5 estrelas, mas eu dou 4, porque não posso negar o quão sensacional é a escrita e a criatividade da Maggie, mas o desenvolvimento difícil para a minha leitura desanimou um pouco.

4 Comentários

  1. Quem gosta muito desse livro é a Nina (Blog Minha Vida por um Livro). Confesso que a premissa não me encanta muito, mas talvez eu leia se lançarem aqui...

    ResponderExcluir
  2. Pela sua resenha a história parece interessante, mas vamos...quem sabe se lançarem aqui eu leia! hehe
    Mas gostei muuito da sinopse.

    ResponderExcluir
  3. Bem interessante a historia. Falta de romance não me dificulta nada não, pelo contrario. Acho engraçado filmes por exemplo em que há um rio de sangue, luta, mafia, gangues, o escambau, e de repente aparece do nada uma mulher somente para o moçinho dar uns amassos e depois a pobre some e o filme segue a pancadaria, heheheh. Voltando a historia, gostaria mesmo de ler, mas como ñ leio em ingles vou ficar somente na vontade. Bjkss

    ResponderExcluir
  4. Bom heim? Eu gostei bastante dessa resenha! Que esse livro parece ser bom ele parece, pelo menos pra mim...

    ResponderExcluir

Comentários ofensivos e/ou preconceituosos não serão aceitos.

Obrigado por visitar e comentar.