As Bem Resolvidas (?) - Quem Manda Aqui Sou Eu! - Volume 1 - 

Chris, Alê e Isa são bonitas, ricas e populares, além de amigas inseparáveis. Vivem a vida que todas gostariam de ter: estudam na melhor escola da cidade, frequentam lugares badalados e vestem as mais desejadas roupas. Tudo parece perfeito. Isa conhece Rogério, o novato da escola, e logo se encanta por ele. Alê só tem olhos para PH, seu namorado sem noção, e Chris, coitada, é colocada no meio de toda essa confusão. Para complicar tudo, Bu Campello, a patricinha mais implicante do mundo, não medirá esforços para sabotar a vida social das "amigas". De confusões com namorados a festas sofisticadas e bailes funks, acompanhe a rotina dessas garotas incríveis que fazem de tudo para conseguir o que querem. Mas será que elas sempre conseguem? Se delicie com essa divertida história cheia de intrigas, dramas, vinganças, romances, inveja, conquistas e claro, muita badalação. E aí, preparada para entrar no mundo das bem resolvidas?



Resenha:

Você é bem resolvida???

Aposto como está aí meneando a cabeça em sinal afirmativo kkk. Mas será que você é mesmo bem resolvida ou é como as personagens do livro? Chris, Isa e Alê são garotas como eu e você, exceto, claro, elas são ricas e eu não, enfim, lindas, bem vestidas, inteligentes e como falei cheias da grana. Elas estudam no colégio Internacional onde dividem espaço com a maquiavélica Bu Campello, uma bruxa terrível que tem como hobbie infernizar a vida desse trio de gente fina.

Alê é a gordinha desencanada que vive um romance sanfona com o PH(Pedro Henrique) eles vão e voltam, vão e voltam devido ao ciúme exagerado do cara e por isso acaba até se tornando cômica a situação.

Isa é a loirinha calma e tímida que morre de vergonha de ter que ir à escola levada por um motorista, ela fica gamadinha em Rogério, o garoto que é novo em sua sala de aula e é Chris, a líder do grupo e aparentemente a mais bem resolvida, quem dá a maior força para que esse casalzinho fofo se acerte.

É claro que como tudo na vida nada é perfeito e elas se metem em várias confusões devolvendo a altura todas as maldades da inimiga Bu e suas fieis seguidoras.
Chris, Isa e Alê são patricinhas mesmo, isso eu não posso negar mas sabe que lendo o livro deu maior vontade de ser patricinha igual a elas? Sim, porque ser patricinha é uma coisa mas ser patricinha gente fina é outra bem diferente. Até me lembrei de uma certa anjinha que ia adorar estar no meio desse trio que ama semanas de moda, roupas de grife e sapatos e bolsas caras. (fica ligada Ariel!)

As Bem Resolvidas termina deixando aquela sensação de que a sequência do livro será ainda melhor e eu aguardo ansiosa. Eu tava pensando aqui e cheguei a conclusão de que apesar do livro ser de 2011 ele tem a maior cara de 2012 sabe por que? É um livro badalado, jovem e que mostra a independência de jovens que ainda nem chegaram á maior idade, não é bem 2012?

O único ponto negativo, se é que pode-se assim dizer, é que durante todo o livro as gurias vivem tomando muita bebida alcoólica, ta, eu sei que é só um livro mas do jeito que a gurizada anda ultimamente acho que quanto menos incentivo melhor.

Ah... e antes que eu esqueça, o livro As Bem Resolvidas é a prova de que vício de linguagem não é crime. O autor Luis Eduardo Matta é o cara, tem vários livros publicados e faz sucesso desde 1993 e portanto usa termos e palavras que não são totalmente certinhas e nem por isso o livro é menos atrativo, pelo contrário, dessa forma o leitor se sente ainda mais envolvido com os personagens. Estou tocando nesse assunto porque como escritora que anda sempre atrás de dicas e conselhos tenho percebido que as editoras e os editores sempre tocam no assunto vício de linguagem e francamente na minha humilde opinião, acho que na dose certa ela só ajuda na construção de uma história como um todo.

(Essa foi minha primeira resenha no Acordei, a primeira de muitas assim espero. Até a próxima.) Quando chegar nos 15 comentários, eu solto promoção do livro ^^




11 Comentários

  1. Bom dia Neiva, tudo bem? Primeiramente bem vinda ao Acordei. Espero que seja a sua primeira resenha de muitas.
    Adorei a sinopse e a resenha do livro. O fato de que são patricinhas do bem, fez toda a diferença. Estamos tão acostumados com o estereotipo de patricinhas = garotas problemas + mimadas, que é bom ver uma visão diferente. Eu entendo a sua ressalva quanto a bebida, mas infelizmente muitos hoje associam bebida com uma balada feliz, ou algo do gênero.
    Ainda não li o livro, mas acabei de adicionar a minha listinha.
    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Goooooooooooooooostei!

    Bem do meu tipo!

    Bacio, Selene Blanchard
    Modaeeu.blogspot.com
    Espero sua visita

    ResponderExcluir
  3. Nossa gostei muito.
    A história parece ser bem legal e divertida.
    Não conhecia o autor e nem livro,m as fiquei curiosa pra ler.
    E Neiva parabéns você escreve de uma forma bem legal e que venham muitas outras.

    @Agda01

    ResponderExcluir
  4. Estou adorando que a cada dia conheço um novo autor(a) brasileira. E com histórias bem interressantes.

    ResponderExcluir
  5. U-HU!!!! Bem-vinda Neiva!!!! Resenha maravilhosa, meu bem!!! Que venham muitas!!!

    ResponderExcluir
  6. Um livro de meninas! Que barato!
    História bem desenvolvida e cheio de dramas adolescentes.
    Parece super divertido.

    ResponderExcluir
  7. Opa, mais um autor nacional que eu não conhecia. E essa história me interessou de verdade. Torcendo pra chegar logo os 15 comments e vcs lançarem a promo! \o/
    Beijinhos!
    Giulia
    http://prazermechamolivro.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. Oi gente, que recepção calorosa. Obrigada pelo carinho de todos vocês, me senti aquecida pela forma como me trataram. Beijos pra todos.

    ResponderExcluir
  9. Eu gosto de histórias adolescentes, iria adorar o livro! ^^
    Mais e mais autores brasileiros estão se destacando, isso é muito bom!

    Bjs

    ResponderExcluir
  10. Neiva ótima resenha
    Esse livro me lembrou Gossip Girl,é como se fosse uma versão brasileira.
    Atualmente estou um pouco cansada desse estilo de livro,mas parece ser bom.

    bjs Nati

    ResponderExcluir
  11. Concordo totalmente com o seu comentário:
    O único ponto negativo, se é que pode-se assim dizer, é que durante todo o livro as gurias vivem tomando muita bebida alcoólica, ta, eu sei que é só um livro mas do jeito que a gurizada anda ultimamente acho que quanto menos incentivo melhor.

    A história parece ser bem bacana principalmente por uma das Bem resolvidas se chamar Chris. kkkkkk


    Um leve bater de asas para todos!!!!

    ResponderExcluir

Comentários ofensivos e/ou preconceituosos não serão aceitos.

Obrigado por visitar e comentar.