Sinopse: "Uma História de Vampiros diferente.  Dennis é um garoto que se mudou para a casa do tio após a morte dos pais, e lá chegando é maltratado pela tia.  Também é perseguido na nova escola por alguns garotos mais velhos. Tudo parecia sem sentido, até que conhece Valquíria, uma estranha e solitária menina da vizinhança.  Desse encontro nasce uma amizade sincera, em meio aos anseios da adolescência, paixão, amor, em que cada um preenche o vazio existencial do outro.  Porém, as pessoas que perseguem Dennis, começam a ser atacadas violentamente. Valquíria é na verdade um vampiro que precisa de sangue humano para sobreviver.  Não Deixe o Sol Brilhar em Mim é uma história de vampiros diferente, em que a fuga da solidão ultrapassa o limite do sobrenatural."



Minha opinião -  Vou começar comentando sobre a inspiração do autor. Antes de começar a história, o autor revela que em 2009 assistiu ao filme sueco "Let the right one in", que aqui no Brasil, ficou traduzido como "Deixa ela entrar" e esse filme foi uma de suas inspirações para o livro.  Eu já havia assistido esse filme há um bom tempo atrás, e também a sua versão americana, e a única semelhança que eu vi no livro do Evandro com o filme, foi o fato dos dois protagonistas, tanto Valquíria quanto o Dennis serem crianças e claro, a Valquíria é uma vampira. Tirando isso, na minha opinião, o livro tornou-se um novo material. Para ser bem sincera, quando eu comecei a ler o livro, eu encontrei mais semelhanças com a biografia do autor rs (vou deixar a biografia do autor para vocês conferirem no final da resenha).
A história começa em 1976, quando Dennis saí de João Pessoa na Paraíba para ir morar em Santos André, no ABC paulista para morar com o tio Olavo e a sua família, após os seus pais terem morrido em um acidente. O problema é que a mulher do seu tio, Gertrudes, é uma víbora ambiciosa (essa é a minha descrição dela rs), e torna a vida do garoto um inferno dentro de casa. Como se não bastasse isso, Dennis ainda sofre com dois valentões na nova escola, Alex e Edu, dois delinquentes que tentam se aproveitar dos demais garotos atormentando-os e pegando dinheiro deles.
Em paralelo a essa história, o livro conta a história de Adam, irmão de Valquíria. Inicialmente, ele é quem cuida das necessidades da garota (vou chamar a Valquíria de garota, porque apesar da idade dela, ela está presa ao corpo de uma menina). Valquíria não sabe fazer nada sozinha, sempre foi bem protegida devido a sua "condição". Devido a um acidente, Adam não está mais ali para ajudá-la e Valquíria vai ter que começar a se virar sozinha.
Na tentativa de ficar o maior tempo possível longe da casa do tio, Dennis fica um tempo em uma praça próxima de casa e é lá que conhece Valquíria, ou Val, como ele a chama. A partir daí, temos uma história de amizade e de amor  diferente. O amor entre dois jovens, que são tão solitários e ao se encontrarem formam uma conexão inquebrável. Claro, que ao perceber o que acontece com Dennis, Val vai defendê-lo e muitas coisas interessantes ocorrem. E Dennis, ao perceber que Val não consegue fazer nada sozinha, se prontifica a ajudá-la em tudo o que ela precisa.
Eu adorei o livro, amei o capítulo que Val conta a sua história (ela nasceu aqui em Santos, na minha cidade \o/), sua família e a sua transformação.Adorei as referências que o autor fez do Drácula no livro! É uma história onde ocorre o descobrimento sexual, o amor, a cumplicidade, mas principalmente como foi dito na sinopse "o preenchimento do vazio existencial". Além dos dois personagens principais, nós temos Benito, um menino da escola do Dennis que faz amizade com ele e alguns outros personagens de caráter mais do que duvidosos, além do delegado Valdecir e seu priminho Otavinho. Não consegui largar o livro até terminá-lo. Eu passei a madrugada acordada só para não dar pausa no livro. A leitura flui muito bem, os diálogos são bem desenvolvidos e eu super recomendo para os fãs do gênero.


Sobre o autor: Nasceu em 1962 em Recife, passou a infância entre Pernambuco, Paraíba e Alagoas e a adolescência em Santo André, no ABC paulista, cidade que considera como a sua segunda cidade natal. Mora no Japão desde 1992, é web designer e também trabalha na única e grande empresa construtora de máquinas gigantescas para escavação de túneis. Recentemente, o autor Evandro Raiz Ribeiro que publicou o livro Não Deixe o Sol Brilhar em Mim pela Editora Dracaena, foi indicado no Japão na categoria Destaque Literário ao prêmio Japan Press Awards 2012. Para mais informações sobre o autor e a sua obra, acessem: http://evaneoslivros.blogspot.com.br/p/livros.html Saibam um pouco mais sobre os personagens em: http://www.livromania.river-art.com/personagem.html Eu conversei com o autor semana passada, e para a alegria dos leitores do Acordei com Vontade de Ler, iremos sortear um exemplar do livro "Não deixe o sol brilhar em mim". Mas é claro que a promoção só vai acontecer após 15 comentários na resenha! Então, comentem pessoal. Espero que tenham gostado da resenha, pois eu adorei o livro! Beijos

10 Comentários

  1. Esse livro está dando o que falar, viu? Tidi mundo comentando, resenhando, lendo...
    Confesso que a sinopse não me chama a atenção, mas a maneira como se referem ao livro me faz querer lê-lo.

    ResponderExcluir
  2. Nossa, não creio que vc é de Santos... eu sou de Praia Grande, menina!!!! Que legal... fica mais fácil te conhecer... A-MEI!

    Então, curti a história, parece ser bem gostosinha e sempre li coisas positivas sobre o livro!!!

    Parabéns pela resenha atraente!

    Beijos
    Chrys
    Todas as coisas do meu mundo

    ResponderExcluir
  3. Amei a capa e me encantei pela estória.
    Mais um para minha listinha...


    Um leve bater de asas para você!!!!!!!

    ResponderExcluir
  4. Já tinha ouvido falar no livromas,ainda não li nenhum livro do autor Evandro Raiz Ribeiro.
    Sou super fã de livros sobre vampiros,sou viciada mesmo.:D

    ResponderExcluir
  5. Só tenho lido livros nacionais ótimos,estou adorando esse destaque os nacionais estão tendo.
    Já tinha ouvido falar desse filme sueco e confesso que ainda não assisti,entretanto livros de vampiros já estão me enjoando,mas quem sabe no futuro eu não leio esse.

    bjs Nati

    ResponderExcluir
  6. nossa , eu tenho q ler esse livro .. kkk

    ResponderExcluir
  7. Carolina Durãesdomingo, agosto 19, 2012

    Chrysthie Audi você é minha vizinha??? Não acredito rsrs.... Adorei saber isso!
    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Oi meninas,
    Achei muito interessante a resenha, e nao tenham duvida que me deu uma vontade enorme de ler o livro.
    Bjks

    ResponderExcluir
  9. Já estou bem curiosa com esse livro. Até já coloquei na minha lista de desejados. Agora é arrumar dinheiro para comprá-lo.

    bjs no core

    ResponderExcluir
  10. Gostei muito da historia, ele faz referencias ao Drácula? Que coisa bacana. Mas um livro que se passa em santos hein?

    ResponderExcluir

Comentários ofensivos e/ou preconceituosos não serão aceitos.

Obrigado por visitar e comentar.