Sinopse - O Malabarista - Alessandro Kruschewsky Pithon - "Uma chuva repentina caiu de um céu sem nuvens. Um jovem... Um velho... Um encontro... Uma história para contar. Um amor proibido... Uma carta escondida... Um segredo guardado... Aparições e contatos espirituais. Acontecimentos marcantes... Buscas... Lições... Entendimentos... A descoberta do sentido da vida".

Minha opinião -  Primeiramente vou comentar que ao ler esse livro, eu fiquei com a impressão de que nada acontece por acaso. Então, por isso, realmente acredito que não foi por acaso que acabei encontrando o autor pelo facebook. Eu realmente tinha que ler esse livro rs. Então, sem mais suspense, vamos lá:
O livro se inicia contando a história de Matheus e Heitor. Matheus trabalha em um cinema, tem uma filha pequena, e o seu mundo é ir do trabalho para casa cuidar da filha. Heitor é um senhor, com mais de 80 anos, que sempre está sentado em uma cadeira, lendo um livro, quando Matheus realiza o caminho para casa. Um dia desses, uma chuva caiu e obriga os dois a procurar abrigo. O estranho nessa situação é que a chuva só caiu em volta deles, com um céu sem nuvens. Coincidência, ou destino? E foi assim que iniciaram uma grande amizade.
Um acontecimento faz com que Matheus relembre a história de Heitor, e o livro é delineado por essa linda história de vida. Filho de uma cozinheira, Heitor sempre sofreu preconceito da patroa da mãe, que não queria que o “filho da empregada” se envolvesse com os seus filhos. Dá para perceber que o clima não é dos melhores né? Não é bem assim. Apesar disso, Heitor é rodeado de amor, pois sua mãe, Val e Deti, são pessoas que o amam muito e sempre tentam transmitir esse amor a Heitor. Mas outra pessoa também ama muito Heitor: Caroline. Caroline é filha de D. Tereza, a patroa de sua mãe, mas é um ser livre de preconceitos e nutre um grande amor por Heitor. Além do amor dessas pessoas maravilhosas, Heitor tem um amor pela leitura, que o ajuda a prosperar em sua vida e a definir a sua carreira. Mas existe um fato muito curioso na vida de Heitor: de vez em quando, ele vê um garotinho fazendo malabarismo... Até aí, tudo bem... O problema é que ele é o único que enxerga o garotinho. Esse malabarista tem uma forte ligação com o Heitor, e ao passar dos anos, quando Heitor cresce, ri, ama, sofre e passa por diversas situações que me emocionaram (para quem for ler o livro, eu realmente chorei na página 292, e é claro, discuti com os personagens – como sempre), o malabarista é uma presença constante em sua vida, algumas vezes o incentivando a reagir, outras, apenas estando lá para dar forças.O livro é repleto de personagens maravilhosos, que fazem parte da vida de Heitor, mas ao mesmo tempo dividem sua história com o leitor. Esse é um livro onde vemos um homem comum realizar feitos extraordinários; sempre movido pelo amor.
Vou apenas fazer uma pausa para dizer que a minha querida cidade aparece em mais um livro \o/ rs. Adoro quando leio que Santos faz parte de alguma história, mesmo que só de passagem.
O livro é lindo, muito emocionante. Super recomendo aos fãs do gênero. Encontrei alguns errinhos, mas nada que atrapalhasse a leitura ou influenciasse a qualidade do livro. Minha única crítica, como leitora noturna, é que eu gostaria que o texto fosse mais espaçado (mas só porque eu leio muito tarde da noite rs).
Para os interessados, vou deixar aqui o contato com o autor, para adquirirem o livro:
E no skoob:

Espero que tenham gostado da resenha, porque eu realmente gostei do livro, e espero ter passado isso a vocês.
Até a próxima.
Beijos

4 Comentários

  1. Capa linda... sinopse legal... Leria com toda certeza!!!

    ResponderExcluir
  2. Ainda não conhecia esse livro, mas gostei muito da capa, da sinopse de sua resenha.

    ResponderExcluir
  3. não curti muito não,parece interessante mais não pra mim

    ResponderExcluir
  4. Não gostei muito do livro não. Que inveja, nunca aparece minha cidade em um livro.

    ResponderExcluir

Comentários ofensivos e/ou preconceituosos não serão aceitos.

Obrigado por visitar e comentar.