Sinopse 


 "Maria e Jack eram amigos quando criança. Daqueles que se dorme na casa e brinca das mesmas coisas. Mas eles cresceram e a idade esmoreceu a amizade. Tomaram direções opostas. Demais até. E você? Já teve um amigo-inimigo?"




Minha opinião 

Bom dia pessoal, tudo bem? Hoje, eu tenho a felicidade de resenhar o livro da  Vanessa Martinelli. Querem saber por que estou tão feliz com esse livro? Pois bem, eu conto rs... 

A própria autora deixa claro que escreveu o livro pensando na filha, e em quem está iniciando no mundo da literatura infantil, com um público alvo de 11 a 13 anos de idade. Apesar de já ter passado dessa época (infelizmente), tentei me lembrar desse período, onde eu ficava me sentindo toda estranha quando conversava com o garoto por quem eu tive a minha primeira paixonite. 

E foi exatamente esse clima gostoso, de paixonite inocente que eu encontrei em "Amigos Inimigos", por isso reafirmo que terminei a leitura com um grande sorriso no rosto. Eu vou começar falando um pouco dos amigos dos dois personagens principais. Camila é amiga de Maria e infelizmente passa por uma situação que se torna cada vez mais frequente: os pais estão se separando, e isso torna o clima da casa dela muito estressante, o que faz com que Camila dirija a sua ansiedade para comida, engordando alguns quilinhos. Camila é meiga e muito estudiosa (é a Nerd do grupo), mas tornou-se um pouco mais retraída depois desse problema em casa. 

Morgana é outra amiga de Maria e sua personagem explora outra situação muito comum hoje em dia: seu pai é um executivo importante, por isso nunca está em casa. Apesar de ter tudo do bom e do melhor, Morgana sente falta do amor e carinho familiar, por isso é a rebelde do grupo, sempre tentando causar confusão para conseguir chamar atenção do pai. Patrícia é a terceira amiga de Maria: ela é linda demais, o motivo de suspiros dos garotos da escola, porém é totalmente avoada.  

Nós temos ainda Maurício, o Dom Juan da escola, loiro de olhos azuis e jogador importante do time de futebol, mas um típico mimado. Além de Pedro, um tímido nerd super apaixonado pela Camila. Para finalizar o grupo, nós temos é claro Maria e Jack, que são amigos desde infância, suas mães se conhecem desde sempre, mas conforme foram crescendo, acabaram se distanciando e ficam incomodados na presença um do outro. 

E é com esse grupinho que vamos desvendar os mistérios do primeiro amor, com muitas confusões e aventuras. Na minha opinião a autora conseguiu resumir em um livro curtinho (ele tem 101 páginas), muitos personagens que os jovens podem identificar e uma história deliciosa de ler. Lembrem-se que, o público alvo são os jovens de 11 a 13 anos, então não adianta tentar ver o livro com uma mentalidade mais adulta. Mas confirmo que amei a leitura, mesmo com a idade que eu tenho agora!!

Amei a diagramação do livro, a escolha da fonte e a revisão (acho que encontrei um único errinho de digitação). Com o dia das crianças chegando por aí, que tal dar de presente um livro? Fica a dica...
Espero que tenham gostado da resenha!
Beijos
Carol

5 Comentários

  1. Ai que delícia ! Lembrar da infância é muito bom :-)

    ResponderExcluir
  2. Gostei da resenha, legal saber que a autora escreveu para a filha.

    ResponderExcluir
  3. Esse livro já li algumas resenhas, mas a temática não me chama a atenção, então tenho receio de começar a ler e não gostar.

    ResponderExcluir
  4. Amigos e inimigos que agradou bastante, além de ser um tema bem bacana trata desse universo jovem e que faz a gente relambrar da adolescencia e das confusões e peripecias que a gente aprontava

    ResponderExcluir
  5. Ah gostei muito do livro, fiquei interessada, deve ser uma leitura muito gostosa

    ResponderExcluir

Comentários ofensivos e/ou preconceituosos não serão aceitos.

Obrigado por visitar e comentar.