Bom dia Leitores do Acordei com Vontade de Ler! Dessa vez vou fazer uma resenha um pouquinho diferente do que geralmente eu faço. Eu ainda não li muitos livros da titia nora (pelo menos não tantos quanto eu gostaria) e estava eu passeando por um sebo aqui da minha cidade quando me deparo com a trilogia da Magia completinha e nova pela bagatela de R$15,00! Isso mesmo, vocês leram certinho... Claro que comprei os livros e devorei rapidamente. Por isso, vou postar a resenha da trilogia em um único post. Espero que gostem da ideia. Se gostarem, quando eu tiver lendo alguma outra trilogia ou série, posso repetir a situação. O que vocês acham?

Sinopse - Dançando no Ar - Trilogia da Magia - Volume 1 - Nora Roberts - "Este livro aborda a vida, o amor, e as alegrias de Nell, Ripley e Mia - três moças enredadas em lendas, romances, e magia na costa de Massachussets (EUA). Após um casamento conturbado  Nell Channing decide ir embora para a Ilha das Três Irmãs a fim de organizar sua vida. Aos poucos Nell começa a achar que finalmente encontrou um lugar onde pudesse recomeçar uma nova vida. Mas, seu marido que ora não havia permitido que ela partisse, decide buscá-la de volta mas se depara com uma nova mulher sob nova identidade e protegida pelas Três Irmãs (figuras mitológicas). Trata-se de uma heroína magnética envolvida numa estória de magia hipnotizante juntamente com outros personagens encantadores". 


Minha opinião - O livro começa contando a história da aldeia de Salem, em 1692. As três irmãs, ar, terra e fogo temendo as perseguições contra as bruxas (e também por inocentes), acabam lançando um feitiço onde no local em que se encontravam surgisse uma ilha, que ficou conhecida como "ilha das três irmãs". Conta a lenda, que a irmã ar acabou fugindo com um homem que a maltratava e apesar de ter enviado os seus descendentes para a ilha, acabou perdendo a fé em si mesma e abrindo mão da própria ilha. A lenda ainda diz, que devido aos três eventos que ocorreram (um com cada irmã), quando as descendentes das três irmãs estiverem juntas na ilha, precisam quebrar a maldição, ou a ilha irá simplesmente desaparecer. Então pulamos para o ano de 2003 - Nell chega a ilha das três irmãs para fugir de um marido extremamente violento. Antes conhecida como Helen, era esposa de um homem muito importante e com muita influência graças ao seu dinheiro, mas que não passa de um covarde (um tipo de homem que inflige violência tanto física quanto emocional). Helen/ Nell forja sua morte e tenta começar uma vida nova. E que lugar melhor que a aconchegante ilha? Seja por destino ou mágica Nell vai até a livraria "livros e quitutes" bem na hora em que a cozinheira pede demissão. A dona do local, Mia, uma descendente assumida das três irmãs percebe de imediato duas coisas: a primeira, Nell é alguém que precisa de ajuda e a segunda é que ela é uma descendente das três irmãs também. Nell é uma cozinheira de mão cheia e não demora muito para começar a ser querida na ilha. É claro que não pode faltar um cara lindo e maravilhoso, que por coincidência é o xerife da ilha, o Zack. Zack mostra-se instantaneamente encantado por Nell, que tenta fugir da atração imediata dos dois. Infelizmente, enquanto Nell aproveita esse novo começo, o passado a alcança. Muita magia irá acontecer para salvar Nell. Como eu posso resumir o livro em uma palavra: mágico. Sim, eu sei que é clichê, mas a titia Nora consegue trabalhar assuntos pesados como a violência contra a mulher de modo maravilhoso. O único detalhe que eu não gostei nesse livro, foi que quando Zack descobriu que Nell ainda era casada (porque ela fugiu do marido horrível), ele simplesmente queria que ela entrasse em contato com ele e dissesse: "Oi, tudo bem? Então, eu não estou morta, conheci um novo homem e quero o divórcio." Situação totalmente irreal e voltada para o ego do personagem Zack na minha opinião. 

Sinopse - Entre o Céu e a Terra - Trilogia da Magia - Volume 2 - Nora Roberts -"Ripley Todd só quer levar uma vida tranquila e sossegada. Seu trabalho a mantém feliz, ocupada e não encontra dificuldades em encontrar homens quando quer - o que nem sempre ocorre. Ela é uma pessoa quase normal: ´Quase´ porque tem poderes especiais incontroláveis que assustam-na e deixam-na confusa. Ela tenta escondê-los mas não consegue. Porém a loucura, logo aporta na ilha em sua perfeita forma - MacAllister Brooke - Um investigador que veio para averiguar os boatos de bruxaria que assustam a Ilha Three Sisters. Desde o início, ele sabe que há algo de extraordinário ocorrendo com Ripley Todd. Não se trata somente daqueles flamejantes olhos verdes e seu sorriso chamejante. Tem algo mais. Algo que ele pode descobrir, mas que ela jamais admitirá. Fascinado pela sua luta com suas habilidades mirabolantes, ele encontra a coragem para abrir seu coração e tenta persuadi-la de quem ela realmente é". 

Minha opinião - Ripley é irmã do Zack e também é policial da ilha. Seu senso de justiça é formidável, sempre lutando pelo que é certo. Mas é das três descendentes a que mais nega a magia (por motivos que foram explicados no livro, mas que se eu contar estraga a história). Ripley tem um jeito mais rude, mais atlético e se porta de modo direto, sem "papas na língua". Ripley é descendente da Terra, que após a morte da sua irmã Ar, resolveu usar a magia para fazer mal (lembre-se que a magia boa não pode ser utilizada para machucar ninguém). Ao usar a magia para machucar alguém, Terra perdeu o amor da vida dela e o sentido da sua vida. Agora cabe a Ripley  quebrar a maldição que Terra criou.
Leitores, agora a minha opinião contêm spoilers do primeiro livro ok?
Ripley morava na casa da família com Zack, mas com o casamento de Nell e Zack, ela sente que está sobrando na casa, mesmo o irmão e a Nell dizendo que não. Entre a procura por um novo lar e as habituais discussões com a Mia (elas se amam, mas vivem discutindo), Ripley descobre que Mia alugou o seu chalé para o MacAllister um estudioso do paranormal. Não preciso dizer que vão rolar faíscas entre os dois né? MacAllister é o contraponto perfeito da Ripley, pois é calmo (além de muito inteligente e sexy, dois adjetivos que não fazem mal algum não é?). Mas a maldição está perto, e tentando machucar as pessoas que Ripley ama. Será ela capaz de quebrar a maldição? O que eu achei desse livro? Dos três, na minha opinião é o mais fraquinho. O primeiro foi uma ótima surpresa e o último, eu amei a Mia, então Ripley meio que ficou deslocada. Achei a personagem as vezes ríspida demais com o MacAllister, mesmo quando o coitado não merecia. Mas tirando isso, é uma ótima história.

Sinopse - Enfrentando o Fogo - Trilogia da Magia - Volume 3 - Nora Roberts - "Mia Devlin sabe o que é amar com todo o coração e depois vê o seu amor ir embora. Há muitos anos, ela e Sam Logan compartilharam laços incrivelmente fortes, construídos pelo destino com paixão e magia. Certo dia, porém, ele fugiu da Ilha das Três Irmãs, deixando- a perdida nas lembranças da intimidade que dividiam; a partir de então, determinou que viveria só. Novo proprietário do único hotel do lugar, Sam retorna à Ilha das Três Irmãs com a esperança de reconquistar o afeto de Mia. Porém, fica intrigado quando ela o recebe com fria indiferença, pois percebe que a química entre eles ainda é muito forte e verdadeira. Zangada, magoada e muito confusa, Mia se recusa a admitir que a paixão por Sam ainda arde no seu coração. Mas ela vai acabar precisando dos seus poderes e da ajuda dele para enfrentar o maior e mais terrível desafio da sua vida. E, como o prazo fatal para quebrar uma maldição de vários séculos já está se aproximando, eles precisam dar o primeiro passo em direção ao destino e se unir para afastar a terrível escuridão".

Minha opinião - Fogo apaixonou-se por um Selkie e por amor escondeu sua pele. Viveram muitos anos juntos, tiveram filhos, mas quando o Selkie reencontrou a sua pele, abandonou tudo sem olhar pra trás, respondendo ao chamado do mar. Fogo, com o coração partido, joga-se do penhasco, acabando com a sua vida e dando início a sua maldição. 
Mia é a dona do "livros e quitutes", uma linda ruiva que faz a cabeça dos homens virarem não só pela beleza como pela inteligência. O problema é que quando jovem apaixonou-se por Sam, que a abandonou, deixando o seu coração despedaçado e totalmente fechada para o amor. Sam retorna a ilha das três irmãs, com o intuito de quebrar a maldição (sim, ele acredita nisso, pois é um bruxo!) e reconquistar Mia. Só que ele achou que ela o receberia de braços abertos e os onze anos que se passaram simplesmente não contariam. Nem um pouco otário o Sam né? Amei o último livro da série, amei a solidariedade das "irmãs" quando o Sam entra na jogada (até mesmo a Nell se torna superprotetora com a Mia!!). É claro que temos as trevas querendo ganhar esse round, já que perdeu os dois primeiros, mas sinceramente, amei a força da Mia. O livro é muito fofo, e apesar de ter gostado do final, porque não foi um caminho fácil para o Sam, eu realmente gostaria de ler um livro onde a mocinha após sofrer tanto pelo rapaz consegue um final feliz com outro mocinho, deixando o bobão sofrendo eternamente (seria legal ver essa virada de jogo). Mas titia Nora não decepciona, a leitura é maravilhosa e o livro é ótimo. Super recomendo!


E então leitores do Acordei com Vontade de Ler, o que vocês acharam da resenha da trilogia?
Espero sinceramente que tenham gostado!
Beijos
Carol

Um Comentário

Comentários ofensivos e/ou preconceituosos não serão aceitos.

Obrigado por visitar e comentar.