Bom dia Leitores do Acordei com Vontade de Ler! Hoje vou falar de algumas adaptações para as telinhas. Vamos conferir?




A atriz Emma Roberts foi escalada para interpretar Lena Haloway no piloto da série de TV da Fox baseada em Delírio, romance de Lauren Oliver. Na trilogia distópica, a autora apresenta uma sociedade em que o amor é considerado uma doença fatal que pode ser curada pela ciência. Para tratar o Amor deliria nervosa, o mais mortal dos males, o governo determina que todos os cidadãos se submetam a uma intervenção cirúrgica ao completarem 18 anos. Livres do sentimento, eles passam a ter uma vida perfeita, sem surpresas ou fortes emoções. Em Delírio, Lena Haloway, uma jovem de 17 anos, acredita que todas essas regras contribuem para o bem estar social e aguarda ansiosamente pelo dia de sua intervenção. Órfã, ela não vê a hora de se livrar do risco de se contaminar e do passado que assombra sua família. Mas, no momento em que se apaixona por Alex, tudo o que ela conhecia e em que acreditava desmorona. Faltando apenas 95 dias para sua intervenção, será que Lena escolherá a cura? Pandemônio, o segundo volume da série, será lançado em março.
Fonte - Clique aqui

Protagonizada por Andie MacDowell, porta-voz internacional da marca L’Oreal Paris, e Dylan Neal, Cedar Cove estreará no canal americano Hallmark TV, em 2013. A série será ambientada na pequena cidade de Cedar Cove e retratará a vida da juíza Olivia Lockhart em meio aos seus amigos e familiares. No início, Olivia encontrará Jack Griffith, jornalista do Cedar Chronicle, e logo verá nele não somente um novo amigo, mas também um amor. A juíza ficará radiante ao receber de seu grande amigo, o senador Pete Albertson, a notícia de que seu nome está sendo indicado para a nomeação de um juizado federal em Seattle. Diante disso, Olivia pede que sua família mantenha a notícia em segredo por um tempo. Mas ela mal pode prever que Jack Griffith, desesperado por uma notícia significativa, conversará com a mãe de Olivia que, inadvertidamente, dirá a Jack sobre tudo que se passa na vida de sua filha, incluindo a possível nomeação. Do dia para noite, Olivia será notícia de primeira página. A partir daí, a trama seguirá relatando momentos que envolvem a família e toda a cidade, e como eles reagirão às mudanças na vida da juíza. Como todos os romances de Debbie Macomber, este é cheio de valores e conflitos familiares, que vão se desenrolando de uma maneira encantadoramente descrita. Best-seller americana, Macomber já vendeu mais de 170 milhões de cópias de livros que embalam as pessoas que sentem saudades de uma vida em família.


O livro “A Pousada Rose Harbor” chega ao Brasil em março de 2013, pelas mãos da Editora Novo Conceito – mesmo período de estreia da série nos EUA.
Fonte - Acesse aqui



Livro infanto juvenil se propõe a promover o debate sobre a questão homoerótica tendo como narrador um garoto de 12 anos louco por futebol


Foi lançado em junho de 2012 o livro “O namorado do papai ronca”, obra de estreia do autor Plinio Camillo que promete gerar bastante discussão sobre a questão homoerótica. É um recorte de seis meses na vida do garoto Dante, de 12 anos, inteligente, articulado e louco por futebol, que precisa ir morar com pai numa cidade do interior quando sua mãe vai passar uns tempos na Itália para um curso.

Imagine a dificuldade que é para um adolescente sair de São Paulo e precisar - em curto espaço de tempo - adaptar-se à nova cidade, nova casa, nova escola, e ainda conseguir fazer novos amigos. Pois esse turbilhão é narrado neste livro em ritmo de thriler e numa linguagem absolutamente jovem, e que inova no estilo ficcional ao trazer diálogos e personagens em linguagem típica da Web, como as conversas instantâneas por Skype ou Messenger. E mais, também inova ao apresentar os personagens via perfis de redes sociais, uma forma de contextualizar os diálogos e apresentar os personagens da história.

O título provocativo, segundo o autor, “nos faz refletir indiretamente sobre a questão homoerótica, uma vez que o pai relacionar-se com outro homem é o menor dos problemas do menino nessa fase de vida naturalmente tão conturbada”. Aliás, a maior implicância de Dante é que o namorado do seu pai ronca, só isso.

O namorado do papai ronca foi selecionado pelo Concurso de Apoio a Projeto de Primeira Publicação de Livro no Estado de São Paulo do ano de 2011 (ProAC Edital nº 32/2011), e lançado pela Prólogo Selo Editorial em parceria com o Instituto Cultural MundoMundano.

Para Fernanda Carvalho, fundadora do Prólogo, simplicidade e naturalidade são as grandes virtudes desse lançamento infanto-juvenil (ou jovens leitores). “O autor usou uma linguagem sem complicações, em que a voz de Dante dá o tom do livro.”


Plínio Camillo – nasceu em 26 de novembro de 1960. Aos três anos descobriu que as letras tinham significados. Aos cinco, a interrogação. Aos nove, não era sintético. Aos 12, quis ser espacial. Aos 15, conquistou a exclamação. Aos 17 viu os morfemas. Aos 20 estava no palco. Aos 22 se viu como um advérbio. Aos 25 desenredou a lingüística. Aos 27 redescobriu as reticências. Aos 30, a juventude. Aos 35 recebeu o maior presente: a filha que lhe trouxe a felicidade. Aos 40 desvendou uma ligeira maturidade. Aos 41 volta ao verbo. Aos 45 recebeu o prazer de viver em adjunto adverbial de companhia. Depois dos 50 anos, usa óculos até para atender telefone. Hoje se diverte escrevendo. Participa dos seguintes blogs: Coração Peludo -Clique aqui. Coletivo Claraboia -Clique aquie O namorado do papai ronca -Clique aqui


E então pessoal, o que vocês acharam das novidades de hoje?
Beijos
Carol


3 Comentários

  1. eu espero que essa serie passe no Brasil pois eu acho que vai ser muito linda

    ResponderExcluir
  2. Olá carol!
    Tenho uma imensa vontade de ler "Delírio". Bom, como em 2012 gastei o que devia e o que não devia comprando livros tanto pra minha leitura, como pra eventos, não consegui comprar este livro. Claro, que "um dia" irei comprar, mas, dessa vez vai demorar um pouco. Enquanto isso vou participando de sorteios na esperança de ser a felizarda.
    Mas, o fato de o livro virar uma série vai ser legal, desde que não modifiquem a história. (medo)

    Gostei da postagem
    Bjos
    Ni
    Cia do Leitor

    ResponderExcluir
  3. Quero muito ver a adaptação de Delírio. Acho que vai ser bem legal.

    Beijos,

    Carissa
    Arte Around The World

    ResponderExcluir

Comentários ofensivos e/ou preconceituosos não serão aceitos.

Obrigado por visitar e comentar.