Essa resenha é recomendada para maiores de 18 anos.


Sinopse - "Kara Crawford é uma advogada que sabe como guardar um segredo, ainda mais depois de ter sido desprezada por um ex-namorado ao lhe ter revelado suas fantasias sexuais. Ela não esperava encontrar alguém que pudesse realizar seus desejos mais íntimos e extremos, até vivenciar uma das noites mais incríveis de sua vida ao lado de um homem que há muito admirava. O sexualmente dominante Dante de Matteo conhecia Kara dos tempos do colégio e jamais havia imaginado que as fantasias mais sombrias de uma mulher pudessem ser tão compatíveis com as suas. Mas nenhum dos dois acreditava que aquela paixão pudesse passar de uma noite. Quando Dante é contratado pelo escritório onde Kara trabalha, os dois são confrontados diariamente com as faíscas daquela química explosiva e não sabem como lidar com isso. À medida que o desejo intenso os aproxima, temores bem profundos ameaçam separá-los e eles precisam aprender a abraçar da mesma maneira o medo e o prazer do amor. Vão conseguir? No limiar do desejo é o segundo livro da trilogia de romance erótico, de Eve Berlin, iniciada com o sucesso Luxúria. Conheça a história de como Kara Crawford satisfaz todas as suas fantasias sexuais com o antigo colega de escola Dante de Matteo, com quem passa a trabalhar. Uma história cheia de erotismo, tensão e intensidade". 

Minha opinião - "No limiar do desejo" é o segundo livro da trilogia luxúria e traz como personagens principais Kara e Dante. Para aqueles que não leram "luxúria" mas se interessaram pelo segundo livro, fiquem sabendo que são histórias totalmente independentes, então não há a necessidade de ter lido o primeiro livro antes. Kara é uma advogada que teve um término de relacionamento muito ruim porque foi honesta com o namorado, confessando que gostaria de experimentar algumas situações na cama não tão tradicionais. O namorado não gostou muito da sugestão, e terminaram o relacionamento. Então Kara meio que exclui os homens e relacionamentos da sua lista, até que em uma reunião na nova casa de sua amiga Lucie, reencontra Dante. Eu digo reencontra porque eles se conheciam no ensino médio, e Kara suspirava por Dante desde aquela época. 

"O sorriso dele era deslumbrante. Não havia outra palavra para descrevê-lo. O rosto era cheio de ângulos e planos masculinos: um queixo belamente esculpido, bochechas altas, quase agudas. A boca era toda suculenta. Generosa. E as covinhas.... Quando ele sorria, o corpo inteiro de Kara derretia. Ela se sentia novamente uma adolescente, pasmada com aquele sorriso". (p. 15).

O que ela não sabia é que Dante também tinha interesse nela, mas a achava nova demais. Nesse reencontro fica claro que existem faíscas o suficiente para causar um grande incêndio, e os dois não perdem a oportunidade. 

"Dante se sentia atordoado por ela. Ele não a via há 12 anos, mas o corpo reagiu igualzinho a quando era adolescente. O pulso estava quente, acelerado. Ele precisa controlar o desejo dentro de si, tentar não ficar excitado. Mas a garota com quem sonhara durante os dois últimos anos do colegial estava sentada ao seu lado". (p.17)

Para a felicidade de Kara, Dante é um dominante que gosta de misturar dor/prazer. O livro é recheado de cenas hots, com muitos tapas e orgasmos. O que eu senti falta no livro foi de uma interação dos dois com o restante do mundo. Na maior parte do livro, só vemos o relacionamento dos dois a sós, e as poucas cenas de interação (para quem leu "luxúria" o casal faz uma pequena participação) são rápidas. O interessante da trama é que tanto Kara quanto Dante não querem um relacionamento, mas durante o livro, vão tentando conversar sobre os sentimentos, rendendo a história alguns momentos fofos e alguns momentos de frustração na hora da leitura. 
O livro tem uma narrativa sexy, e apesar das inúmeras cenas de sexo, não há nada extremamente "pesado" nas cenas, que apresentam um pouco de exibicionismo e alguns tapinhas rs...

Para quem prestou atenção na capa, percebeu que o segundo volume da trilogia foi publicado pelo novo selo da editora Leya, a Quinta Essência, que teve o cuidado de manter a mesma ideia nas capas, dando um ar erótico, mas sem vulgaridade. 
Espero que tenham gostado da resenha!
Beijos
Carol

5 Comentários

  1. Olá Carolina!
    Então a trilogia é apenas temática, livros e personagens são independentes?
    http://jefhcardoso.blogspot.com lhe convida e espera para ler e comentar “O Grande Circo Nonsense – Vila Abranches”. Abraço.

    ResponderExcluir
  2. Já quero esse livro =P
    tenho Luxuria mas ainda não li..apear de serem estórias independentes quero ler o primeiro antes deve até pq ainda não comprei No Limiar do Desejo =P mas já esta na minha listinha de compras o/
    to seguindo seu blog!!!

    http://livroaoavesso.blogspot.com.br/

    Bjs

    ResponderExcluir
  3. Oi, Carol.
    Gosto bastante dessa série porque, apesar de tudo, ela é leve nas descrições das cenas de sexo. Há muito mais sensualidade do que erotismo propriamente dito. Rs! Uma pena que há pouco enredo!
    Beijos
    Camis - Leitora Compulsiva

    ResponderExcluir
  4. ainda não li luxuria, mas deve ser interessante principalmente nessa onda do hot, é bom saber como as difrentes editoras lidam com o tema

    ResponderExcluir
  5. Bom, este é um livro que não faz muito o meu estilo. E eu confesso que esperava encontrar aqui na resenha algo como "o livro é erótico sim, mas tem uma história interessante". Mas parece que não é o que ocorre, o que me tira e muito qualquer vestígio de interesse que eu tive por ele.
    Enfim, acho que vai de gosto literário, não?

    Beijos,
    Hannah - Secrets of Book.

    ResponderExcluir

Comentários ofensivos e/ou preconceituosos não serão aceitos.

Obrigado por visitar e comentar.