Sinopse: Conto de Laisa Couto, releitura sombria de uma conhecida história infantil. Da maldição ao sono, o inverno se concretiza. As rosas desabrocham. Uma princesa dorme no alto de uma torre esquecida, mas sua alma continua desperta, habitando os mundos dos sonhos,procurando aflita sua liberdade roubada.



Amazon: Clique aqui

Kobo: Clique aqui






Dos fundadores da filosofia aos grandes nomes da era moderna e pós-moderna, esse guia essencial revela o pensamento de algumas das personalidades mais influentes do Ocidente e do Oriente, explicando de que modo elas lidam com questões-chave da humanidade. Organizado cronologicamente do mundo antigo até os dias de hoje, Filosofia traz as ideias principais de cada filósofo e suas obras mais importantes, tudo isso entremeado de biografias sucintas, imagens e citações provocadoras. É o guia ideal para quem quer aprender mais sobre essa área tão fascinante do conhecimento.
Jeremy Harwood é autor e editor, e já escreveu sobre ampla gama de assuntos históricos, da evolução do pensamento humano às origens filosóficas da maçonaria.
16x23cm/192pp
978-85-422-0084-3


O que “Alegria, Alegria”, de Caetano Veloso, “Roda Viva”, de Chico Buarque, “Domingo no Parque”, de Gilberto Gil, e “Ponteio”, de Edu Lobo, têm em comum? Além de serem clássicos absolutos da música popular brasileira, todas essas músicas fizeram parte do III Festival da Record, de 1967. Considerado o auge da chamada era dos festivais, ele reuniu e consagrou artistas importantes até hoje, marcando um dos períodos de maior efervescência cultural e política do país. São as lembranças desse festival, e de outros entre 1965 e 1972, que vêm à tona nas entrevistas que compõem Uma noite em 67. Feitas por Renato Terra e Ricardo Calil inicialmente para o documentário de mesmo nome, elas se mostraram tão ricas e interessantes que mereceram um livro à parte. O resultado? Relatos sinceros, engraçados e inesquecíveis de um tempo e de uma geração que, como diz Nana Caymmi, jamais se repetirá.
Renato Terra é formado em publicidade na PUC-Rio, e sua monografia de conclusão de curso abordou a era dos festivais. Atualmente, trabalha na revista piauí, na qual, entre outras atividades, é responsável pelo “Diário da Dilma” e pelo blog “The piauí Herald”. Em paralelo, finaliza o documentário Fla-Flu. Ricardo Calil é diretor de núcleo da Trip Editora e crítico de cinema da Folha de S. Paulo. Trabalhou nas redações dos jornais Gazeta Mercantil e Jornal da Tarde, das revistas Trip e Bravo! e do site NoMínimo, entre outros.
978-85-422-0082-9
16x23cm/296pp


Curiosa e em busca de novidades quentes no sexo, uma mulher decide ser instruída por seu amante ao longo de 50 noites inesquecíveis. Nessa excitante jornada de aprendizado, ele lhe dá aulas sobre todas mais as deliciosas formas de sentir prazer – e, às vezes, um pouco de dor...
Em 50 noites em tons de cinza, você se verá em meio a uma deliciosa jornada erótica, recheada de imagens sedutoras e também de dicas essenciais para aqueles leitores que não resistirem e resolverem seguir os mesmos passos da personagem. Será que você também experimentaria 50 noites como essas?
978-85-422-0069-0
16x23cm/112pp


  
Neste livro, os leitores serão convidados a viver uma grande e divertida aventura, mergulhando nas profundezas da grande floresta, descendo uma montanha em alta velocidade a bordo de um caixão e caminhando pelas passagens secretas do palácio do arquiduque.
O universo de O aprendiz de ladrão de túmulos, do premiado escritor canadense Allan Stratton, é habituado por bandoleiros, eremitas e ursos bailarinos; e por um garoto separado de sua família pelo mar. Nesse mundo, nada é impossível: com um pouco de sorte e muita imaginação – até para um aprendiz de ladrão de túmulos.

Allan Stratton nasceu em Stratford no Canadá, e desde muito cedo começou a gostar de teatro. Como se não bastasse, passou a escrever suas próprias peças e, depois, outras histórias. Ficou muito conhecido com a publicação do livro Chanda´s secret, ganhador de 26 prêmios; a versão cinematográfica deste livro, A vida acima de tudo (2010), recebeu o prêmio François Lalais no Festival de Cannes, além de ser indicado para o Oscar como Melhor Filme Estrangeiro. Atualmente, Allan vive em Toronto com quatro gatos cercado de muitos livros.
978-85-422-0077-5
16x23cm/304pp



Tudo indicava que Stilton teria um agradabilíssimo dia de trabalho, mas enquanto ele se dirigia para o Eco do Roedor viu um cara, isto é, um rato com óculos escuros seguindo-o... Estranho! Ele ficou o dia todo em frente ao seu escritório... Estranho! E, à tarde, quando saiu do jornal, seguindo-o até em casa... Estranho! Mas quem seria aquele cara, isto é, aquele rato com óculos escuros?
Geronimo Stilton vive na Ratônia, ao sul da Ilha dos Ratos, uma ilha bizarra no formato de uma fatia de queijo, situada no Oceano Rático Meridional. Aqui a natureza é protegida e os moradores vivem felizes. Em seu tempo livre, Geronimo coleciona crostas antigas de parmesão do século XVIII, mas sobretudo adora escrever livros nos quais conta suas histórias! Para descobrir todas as aventuras de Geronimo e de seus amigos, visite o site: Clique aqui
978-85-422-0079-9
14x18,5cm/128pp



Era um abafado dia de julho... Stilton procurava inspiração para escrever uma nova história, quando de repente entrou em seu escritório seu primo Arapuca. Trazia entre as patas um mapa que pertencera ao seu tatataratio-avô Colorado Stilton, no qual estava assinalado um misterioso tesouro! Assim, partiram imediatamente em viagem: destino, Mongólia!
Geronimo Stilton vive na Ratônia, ao sul da Ilha dos Ratos, uma ilha bizarra no formato de uma fatia de queijo, situada no Oceano Rático Meridional. Aqui a natureza é protegida e os moradores vivem felizes. Em seu tempo livre, Geronimo coleciona crostas antigas de parmesão do século XVIII, mas sobretudo adora escrever livros nos quais conta suas histórias! Para descobrir todas as aventuras de Geronimo e de seus amigos, visite o site: Clique aqui
978-85-422-0080-5
14x18,5cm/128pp



Cinza, concreto, asfalto. E um sonho maior do que o mundo: ter um jardim. Mas o pai de Pétala achava difícil realizar o sonho da filha. Tudo isso até ele descobrir que para realizar sonhos - não importa se em asfalto ou concreto - basta incluir um simples ingrediente: a fantasia. O jardim nasceu, cresceu e floresceu. Você pode conhecê-lo aqui neste livro, escrito por Christina Dias e ilustrado por Ellen Pestili.
Christina Dias nasceu em Porto Alegre, estudou Letras e Psicopedagogia.
978-85-7665-851-1
28x21cm/48pp

Espero que tenham gostado das novidades!
Beijos
Carol







Um Comentário

Comentários ofensivos e/ou preconceituosos não serão aceitos.

Obrigado por visitar e comentar.