SERIA O AMOR CAPAZ DE RESOLVER AS DÚVIDAS DE UM HOMEM?
Sinopse - "Quando Victoria leu o anuncio que dizia precisarem de uma modelo sem experiência, acreditou que estava ali sua chance de ter um trabalho temporário. O que ela não podia imaginar era que se apaixonaria por seu contratante. Ricardo era um empresário bem sucedido, de presença marcante, um ótimo candidato a marido, para qualquer mulher, porém ele não parecia estar disposto á se envolver afetivamente. Solitário e muitas vezes distante, ele tinha o poder de deixá-la trêmula, quando estavam próximos. Ela podia sentir o fogo correndo pelas veias dele, embora aquele belo homem teimasse em disfarçar e ignorar o que sentia. Victoria conseguiria quebrar aquela parede de gelo e indecisões que ele colocara entre eles!" 
Página no Skoob: Clique aqui

Biografia -  Adilcilene A. Ferreira, Nasceu em Caiapônia Goiás, em 11 de julho. Reside em Rio Verde – GO, á mais de 20 anos, tendo o prazer de se considerar com dupla Naturalidade. Após participar de alguns concursos literários com suas ficções românticas, por curiosidade, e ficar muito bem colocada, ela decidiu dedicar-se ao universo literário que sempre a encantou e lhe permitiram viver lindas estórias, enquanto lia ou escrevia seus textos. Acadêmica Correspondente da Academia de Letras de Goiás. Dill Ferreira é Formada em Administração de Empresas, casada e tem um filho.  
Onde encontrar a autora:

- No Twitter:  @dillfferreira
- No facebook: Clique aqui
- No Skoob: Clique aqui

Leitores do Acordei, a autora Ligia Miraglia me informou de um sorteio incrível que está rolando no face:

Entre dois mundos - "Tava com saudades das promoções feitas por mim? Então não estará mais, irei sortear 4 kits de livros de autores parceiros, mais 1 kit especial Entre Dois Mundos contendo:

3 marcadores de páginas, sendo 1 com pingente;
1 livro Entre Dois Mundos (caso já tenha, é um ótimo presente hahaha);
1 colar com pingente em formato de asas;

No total são 17 livros mais as lembrancinhas!" - Cliquem na imagem abaixo e vejam como participar!!!





Sinopse - No segundo livro da série “Foi Assim que te Amei”, INVERNO DE CINZAS, Helen depara-se com o momento mais crítico da sua vida. Nada diferente do forte Inverno que está sobre o país naquele ano. Tristeza, solidão, ressentimentos, lágrimas e dor, sopram as folhas deixadas pelo Outono de sonhos que Helen viveu, trazendo o frio da estação ao seu interior. O cinza que cobre seus dias a leva para uma profunda depressão. Ela encontra nos amigos, na família e na fé a força para continuar. Ela desabafa seus sentimentos na sua agenda, colocando suas emoções sufocadas pela saudade, como um Inverno sem cores, onde tudo ao seu redor, está completamente frio, cinza e sem vida.
O livro já se encontra em pré-venda: Clique aqui



Tudo o que você precisa saber sobre a tomada de controle da sua carreira.
Sinopse - “Este livro foi pensado para as mulheres, de todas as idades, que sonham alto e querem alcançar uma carreira de sucesso. Para você, uma mulher que quer prosperar, avançar em direção ao topo e alcançá-lo. Ele traz as principais informações que as mulheres precisam saber para serem bem-sucedidas. Fatos que eu gostaria de ter conhecido nos meus 15, 25 ou até mesmo aos 35 anos. Acredito que consegui conquistar muita coisa na vida. Se, no entanto, soubesse tudo o que está aqui antes, teria conquistado muito mais. Contudo, este livro não é apenas para aquelas que desejam comandar grandes companhias. Para algumas mulheres, sucesso significa ser uma empreendedora, uma grande acadêmica ou chegar ao topo no universo das organizações sem fins lucrativos. Para outras, no entanto, sucesso significa voltar a trabalhar depois de um longo período dedicado aos filhos. Se você está na escola, na universidade, em pleno desenvolvimento profissional, ou até mesmo aposentada, e se pergunta se esperou demais para buscar o sucesso, as lições contidas neste livro são fonte de inspiração. Não existe um momento específico na carreira que precise de mais ou menos ajuda e apoio – em todas as idades e etapas, as mulheres se saem melhor quando têm as ideias certas, o foco adequado e recebem bons conselhos. Espero que este livro forneça esses elementos a você.”

Heather McGregor, conhecida como Sra. Moneypenny é corretora e ex-investigadora. Possui MBA pela London Business School e Phd pela Universidade de Hong Kong, escreve para o Financial Times desde 1999, quando ainda morava no Japão. Logo a seguir retornou à Inglaterra, onde trabalhou num pequeno, porém rentável, negócio no West End de Londres, no qual era a mais nova e menos remunerada dentre os quatro sócios-diretores. Mais tarde, adquiriu uma parcela maior do negócio e hoje é acionista majoritária.
Sua coluna é publicada na revista semanal do Financial Times na edição inglesa, e na seção de Vida e Artes das edições internacionais.
“Centros de custos um, dois e três”. É assim que em sua coluna do Financial Times Heather McGregor se refere a seus três filhos.
“Uma carreira perfeita? Tempo para os filhos? Sexo fantástico? Pernas depiladas? Compras com as amigas? Esqueça! Você não pode ter tudo!” (Heather McGregor em entrevista a Stephanie Ruhle, na Bloomberg TV.
Editora: Leya
N.º Páginas: 304
ISBN: 978-85-8044-653-1
1ª Edição: Março de 2013

 
Sinopse - "O sucesso sustentável que muitos líderes e empresas apresentam hoje está, paradoxalmente, sendo produzido no que se provou ser o ambiente de menor confiança em anos, senão em décadas. Confiança Inteligente expõe as cinco ações que Stephen M. R. Covey e Greg Link, seu sócio de longa data, estão adotando para prosperar, contra todas as probabilidades, nas mesmas circunstâncias que provocam o fracasso de muitos outros. Com prefácio de Indra Nooyi, presidente do conselho de administração e CEO da PepsiCo. Este é um livro indispensável a quem quer vencer na vida e nos negócios, independentemente no contexto e dos ciclos econômicos".
Sobre este livro
“Confiança Inteligente é, sem dúvida, um dos livros mais importantes do nosso tempo”
(Warren Bennis, presidente e fundados do Instituto da Liderança da Universidade da Carolina do Sul)
“Confiança Inteligente é saber confiar em um mundo onde a confiança quase não existe. É uma abordagem intermédia, que fica entre a confiança cega, em que líderes e organizações confiam de mais e ingenuamente e o outro extremo, de desconfiança absoluta, em que todos são suspeitos e ninguém é confiável” (Stephen M. R. Covey, em uma entrevista a Dan Schawbel, para a revista Forbes, em setembro de 2012).
Os Autores - Stephen M. R. Covey é um dos fundadores da CoveyLink e da FranklinCovey Global Speed of Trust Practice. Palestrante instigante e muito requisitado e consultor sobre confiança, liderança, ética, vendas e alto desempenho, fala para plateias de todo o mundo.
Greg Link é autoridade reconhecida em liderança, confiança, vendas, marketing e alto desempenho, é palestrante instigante, consultor e confidente de confiança de altos executivos.
Rebecca R. Merrill é coautora de First Things First, com Stephen R. Covey e Roger Merrill, e Life Matters, com Roger Merrill.





A editora LeYa convida para o lançamento do livro "Tudo o que Mãe diz é Sagrado", da autora Paula CorrêaO evento acontecerá na Livraria Cultura do conjunto nacional (Avenida Paulista, 2073), na sexta-feira, dia 22, às 19h.


Considerada uma das autoras mais promissoras da nova geração, Paula Corrêa apresenta aos leitores um relato poético de amor, medo e dor após a morte de sua mãe.
“Ela é entre os novos (e inéditos) que tenho lido, uma de minhas favoritas. (Ela faz) uma literatura agressiva, mas que em lugar de ferir e raspar, deixa um travo na boca. Um travo que permanece por longo tempo, até incomodar demais e a gente perguntar: o que está havendo? E então reler de novo. E reler até descobrir e perguntar: como ela faz isso?” – Ignácio de Loyola Brandão
“Toda morte de quem amamos é uma amputação. Todo luto uma regeneração. Para Paula Corrêa, porém, estas são também literalidades. A mãe levou com ela tanto – e também um pedaço do seu corpo. Neste livro, a autora se regenera pela palavra escrita. Poucas vezes alguém foi capaz de transformar o absurdo da morte em algo tão belo. E tão vivo.” – Eliane Brum
A editora LeYa lança, em março, “Tudo que mãe diz é sagrado” da jornalista e poeta Paula Corrêa. Autora do blog Calotas, criado em 2007 – logo após a morte de sua mãe –, como uma forma de aliviar a dor e o vazio da perda, sua escrita apaixonada e visceral nos textos publicados no blog renderam este livro, que é um misto de memória, poesia e desabafo.
A autora tem dois livros publicados, o primeiro, In Vitro, lançado em 2004, e o segundo As calotas não me protegem do sol, edição de autor costurada à mão e com desenhos da artista Amanda Justiniano, em 2010.
“Talvez tenha sido eu. Foi minha mãe que morreu há pouco, com um pouco de mim. Ou talvez tenha sido muito.”
A morte é uma das poucas coisas que o ser humano não entende, tampouco pode explicar, mas precisa suportar. Perder um ente querido pode ser uma ferida que jamais cicatriza, uma dor lacerante que nunca ameniza, mas perder a mãe – aquela pessoa ligada a você por laços inquebráveis, pela beleza dos gestos e pelo amor incondicional – é um vazio que nada, nem mesmo o tempo, podem preencher.
“Quem não daria um pedaço de si para salvar a vida de quem lhe carregou na barriga e lhe gerou, num sacrifício que é a gestação, os primeiros meses, a dor no peito, a perda da privacidade e a doação infinita de amor que é a maternidade?”
Dizem que uma mãe jamais deve enterrar um filho, mas um filho não pode suportar a morte da mãe. Para Paula essa dor foi um caminho longo e cruel. Sua mãe sofria de uma doença crônica, e por complicações, precisou de um transplante de fígado, – Paula era compatível, uma ligação única de mãe e filha – mas o organismo debilitado não aguentou.
“Eu não encarei o sepultamento. Olhei para o chão, derrotada. Sairia gritando, chutando o mundo, se tivesse saúde. Mas quando a perplexidade e a tristeza são muito grandes, ficamos em silêncio. Não dá para gritar. Falta espaço, vontade, coragem, voz. Não há necessidade, ninguém irá ouvir. Ou melhor, todos escutarão, menos aquela para quem você grita.”
Apesar de todo sofrimento, foi no momento mais obscuro de sua vida que Paula encontrou a poesia nas pequenas coisas do cotidiano, seja na beleza da cidade de São Paulo, fria e acolhedora ao mesmo tempo, nas conversas descontraídas com D. Maria Emídia na praça ou no convívio com Astor, seu fiel amigo e alívio para as horas de solidão. Quando a vida parece perder o sentido é quando começamos a enxergá-la com mais clareza, “Tudo que mãe diz é sagrado” é uma celebração da verdadeira arte que é viver.
Ficha Técnica
Título: Tudo que mãe diz é sagrado
Autor: Paula Corrêa
Formato: 14 x 21 cm
Nº de páginas: 168
Sobre a autora - Paula Corrêa é nascida em São Paulo. Publicou dois livros de poesia independentes. O primeiro, In Vitro, foi lançado em 2004. O segundo, de 2010, As calotas não me protegem do sol, foi uma edição de autor costurada à mão, em edição de 300 exemplares. Mantém o blog.




Espero que tenham gostado das novidades!
Na próxima semana tem mais!
Beijos
Carol

Um Comentário

Comentários ofensivos e/ou preconceituosos não serão aceitos.

Obrigado por visitar e comentar.