Sinopse - "O que Alice Bingley-Beckerman, Reena Paruchuri e Molly Miller têm em comum é que todas são enteadas de madrastas horríveis, perversas e cruéis.E nenhuma delas vive feliz com essa situação. Embora pareça improvável que sejam amigas, esse problema em comum poderá provar o contrário. Para impedir que os pais continuem enganados com as escolhas amorosas, as meninas se transformarão nas "MAÇAS ENVENENADAS'".

Minha opinião -  Eu não sabia muito bem o que esperar desse livro, apenas que a sinopse dele havia me interessado. Do momento em que iniciei a leitura, eu não pude largar o livro, pois a cada capítulo que avançava, mais a minha curiosidade era atiçada. Como a sinopse explica, o livro vai tratar da história de três garotas: a Alice, a Reena e a Molly, três adolescentes que vieram de mundos completamente diferentes, mas que possuem um denominador em comum, capaz de ultrapassar qualquer barreira cultural ou econômica: todas possuem madrastas malvadas.

O livro começa explicando como cada madrasta entrou na vida das garotas. Vou tentar passar a minha impressão do livro mas tentando não estragar a surpresa para os futuros leitores. O que eu posso dizer, é que todas as histórias, apesar de diferentes, mostram como uma pessoa pode aparentar ser o que não é para convencer alguém de que é simpática e gentil. As três garotas, sem exceção, sofrem com as madrastas e todas as madrastas, em algum momento do livro, realmente me irritaram. Mas sendo justa, não foi apenas as madrastas que me irritaram. Os pais das garotas também me deixaram chateada em algum momento do livro, seja por seu descaso ou por simplesmente não perceber ou fingir não perceber o que acontece ao seu redor. Essas três garotas, de personalidades tão diferentes: uma  é quietinha, a outra é popular e a outra é nerd, vão ter seus caminhos cruzados ao ingressar em um colégio interno e serão membros das "Maçãs Envenenadas". O que eu achei interessante e de certa forma viciante nesse livro, foi observar o crescimento pessoal das garotas, que saíram de um mundo cor de rosa, onde tudo era belo, para uma realidade difícil e triste e que passam o livro em busca de um equilíbrio. Os laços forjados pela amizade diante de situações inusitadas, mostra o quanto elas são fortes sem realmente se darem conta disso. Alguns outros personagens presentes no colégio realçam o dia-a-dia das garotas, como a Kristen, ou arrancam suspiros: como o Jamal e o Pradeep (irmão da Reena). Existem alguns extremos nas caracterizações de alguns personagens do núcleo adulto, como a madrasta da Reena, que sinceramente, pelas descrições ácidas que a garota faz, sua madrasta é totalmente sem noção rs.
O livro é dividido em capítulos e também em partes (e cada parte ainda tem um desenho simbólico de uma maçã) e a sua leitura flui rapidamente, de modo que quando cheguei ao final, fiquei triste, pois o livro havia acabado. O livro alterna os capítulos com as três personagens, mostrando suas visões dos acontecimentos, sofrimentos e reviravoltas.  A revisão, diagramação, escolha de fonte e layout estão de parabéns, adorei e a capa realmente traz um pouco ar de conto de fadas (mais para a versão dos irmãos Grimm rs). 
A história retrata com alguns momentos de humor uma situação que a cada dia mais observamos: os inúmeros casos de divórcios e as novas famílias, e como isso acaba atingindo os jovens, presos às vezes em situações difíceis.
Espero que tenham gostado da resenha.
Beijos
Carol

20 Comentários

  1. Oi, Carol!
    Não conhecia esse livro, mas fiquei curiosa.
    Nunca li um livro sobre madrastas. hehehe
    beijos
    Camis - Leitora Compulsiva

    ResponderExcluir
  2. Gostei da resenha, é a realidade de algumas meninas mesmo!

    ResponderExcluir
  3. Eu, sinceramente, nunca tinha ouvido falar nesse livro. Me parece legal, mesmo eu nunca tendo lido nada sobre madrastas. =p
    Mas um adicionar a minha lista!! =D

    ResponderExcluir
  4. muito boa a resenha é emocionante!

    ResponderExcluir
  5. Oieee

    Achei interessante como a autora narrou a história. Cada capítulo é narrado por uma das meninas e parece que dá para perceber claramente quem é que está dizendo o que. A autora conseguiu criar três personalidades bem diferentes. Acredito que a história parece ser contada por uma adolescente mesmo, apesar da autora já ser uma adulta, o que faz a leitura ser super fluída e deliciosa de ler.
    Parece ser um livro com uma história sensível, levemente engraçada, que traz as dúvidas e os problemas dos adolescentes, com foco em seus medos e inseguranças após o fim do relacionamento dos pais.
    Difícil não se encantar com o enredo não é mesmo?
    Adorei!
    Bjus

    ResponderExcluir
  6. Mto interessante esse livro hein rsrs
    Uma mistura de contos de fadas com a realidade. Como deve ser ter madrastas "bruxas a lá Disney" na atualidade e ser membro da "Maçãs envenenadas"?!
    História que aguçou minha curiosidade e vai entrar pra lista de livros futuros pra ler anda esse ano com certeza.Bjos :)

    ResponderExcluir
  7. Não tinha lido nada sobre esse livro ainda, mas gostei muito... é o tipo de livro que eu gosto de ler, divertido e inovador...
    Assim que tiver um tempo vou ler...

    ResponderExcluir
  8. Oi,curiosa para ler o livro e acompanhar as aventuras de Alice,Reena e Molly, legal o plano para se livrarem de suas madrastas malvadas,gostei da capa!

    ResponderExcluir
  9. Bem livro novo pra mim, adorei a ideia que a autora teve ao escrever o livro misturar conto de fadas com a realidade, muito bom. Espero ler esse livro em breve, pois estou bem curiosa pra lelo.

    xx

    ResponderExcluir
  10. Já haviam me indicado esse livro, mas nunca o encontrei aqui na minha cidade para comprá-lo. Sua resenha me deixou bastante curiosa, e nem preciso diz que simpatizei ao máximo com o título né. Mais pra listinha.....

    ResponderExcluir
  11. Não conhecia esse livro e gostei da resenha. Achei a história bem interessante, e gosto de alternância de narradores, ainda mais que são 3 personagens femininas diferentes mas com algo em comum.

    ResponderExcluir
  12. Gostei muito da resenha, afinal eu nunca tinha visto esse livro antes. Agora sobre os pais que fingem demência sobre o que acontece com os filhos me lembra um pouco o pai de Kevin em Precisamos falar sobre o Kevin, este que era a favor do filho errado o que não é o caso dessas pobres garotas. Mas sem duvida se eu tiver oportunidade de ler esse livro não deixarei passar.

    ResponderExcluir
  13. Nossa, adorei a resenha! Ouvi falar uma vez sobre esse livro, mas nem me interessei muito. Mas agora com a sua resenha, fiquei curiosa para lê-lo! Parece ser realmente interessante! Só pela sinopse, dá pra perceber que tem uma relação com o conto de fadas, mas isso é legal :)

    ResponderExcluir
  14. Realmente, capa, título e sinopse me lembram muito os contos de fadas. Achei a história bem interessante, e que pode sim deixar uma reflexão legal em relação ao que você falou (novas configurações de famílias, número de divórcios e descaso dos pais). Bem curioso pra ler.

    @_Dom_Dom

    ResponderExcluir
  15. Amo os livros desse autor(a), amei a resenha interessante a historia.

    ResponderExcluir
  16. Eu amo a capa desse livro, e saber que ele é assim tão bom me fez desejá-lo ainda mais. Adorei, adorei!
    A sinopse trás um ar de conto de fadas mesmo e esse é um dos motivos que me faz ter vontade de ler o livro

    ResponderExcluir
  17. Ainda não conhecia esse livro, mas vamos combinar que tem um pouco de branca de neve envolvida kk. A história de misturar adolescentes e madrastas malvadas foi genial, adorei a sinopse e a resenha! Estou morta de curiosidade para ler!
    Um beijo
    http://abcddolivro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  18. Na minha opinião nem toda madrasta é má assim como nem toda princesa é boazinha. Li sua resenha é muito boa, parabéns!

    ResponderExcluir

Comentários ofensivos e/ou preconceituosos não serão aceitos.

Obrigado por visitar e comentar.