Sinopse - "Na cidade de Imardin, onde aqueles que têm magia têm poder, uma jovem garota de rua, adotada pelo Clã dos Magos, se encontra no centro de uma terrível trama que pode destruir o mundo todo. Sonea aprendeu muito no Clã, e os outros aprendizes agora a tratam com um respeito relutante.

No entanto, ela não pode esquecer o que viu na sala subterrânea do Lorde Supremo, ou seu aviso de que o antigo inimigo do reino está crescendo em poder novamente. Conforme Sonea evolui no aprendizado, começa a duvidar da palavra do mestre de seu clã. Poderia a verdade ser tão aterrorizante quanto Akkarin afirma? Ou ele está tentando enganá-la para que Sonea o ajude em algum terrível esquema sombrio?"

Minha opinião - Se eu tivesse que resumir o que eu achei do livro em uma única palavra, seria surpreendente. Para os leitores que acompanham a saga do mago negro, desde o primeiro livro devem possuir alguns conceitos sobre determinados personagens da série. A autora simplesmente joga para o alto tudo o que conhecemos, e vendo a situação do ponto de vista de Akkarin, vamos descobrir como ele se envolveu com a magia proibida. Mas para aqueles leitores ávidos por ação, Trudi Canavan não decepcionou, colocando no último livro da série a batalha mais decisiva de todos os tempos. Batalha essa que irá forjar alianças entre inimigos, ultrapassar as barreiras sociais e mostrar os leitores locais ainda não explorados com tantos detalhes nos outros livros. 
Eu tive a impressão de observar não apenas o amadurecimento dos personagens, mas também da escrita da autora. Se no primeiro livro, a linguagem apresentava vários trechos escritos errados propositalmente, e no segundo uma ausência total desses diálogos, no último livro, a autora inseriu a linguagem popular quando necessário, sem forçar essa característica em determinados personagens.
Os personagens considerados secundários nos livros anteriores, como Cery, Dorrien e Dannyl, ganham destaque, equilibrando a trama, mostrando também o desenvolvimento de suas tramas pessoais.
Achei o desfecho da trama coerente, conciso, e apesar de não concordar completamente com o final, não posso dizer que não era o esperado.
Novos personagens vão ter seu passado e presente analisados, explicando um pouco mais sobre o passado de Akkarin. Romances não esperados vão acontecer, mas a autora conseguiu desenvolver os relacionamentos sem empregar clichês, o que tornou ainda mais interessantes e até mesmo chocantes.
Quanto a revisão, diagramação e layout, a editora está de parabéns pelo trabalho. Encontrei alguns errinhos de digitação, mas nada que interferiu na leitura ou ritmo do texto.
Espero que tenham gostado da resenha!
Beijos
Carol

4 Comentários

  1. Ai, Carol...
    Lendo sua resenha me dá vontade de correr para começar a ler a série!
    Beijos
    Camis - Leitora Compulsiva

    ResponderExcluir
  2. Parabéns pela resenha! Estou louca de vontade de ler a trilogia.

    ResponderExcluir
  3. Acho essa série bem interessante. Nunca li, pq está naquela fila de
    milll coisas q tenho pra ler e tal, mas acho q tá na hora de pegá-la pq a
    cada resenha me animo mais.

    ResponderExcluir
  4. Que ótimo que a Trudi Canavan fechou essa saga do Mago Negro com chave de ouro, hein?!?! Eu, como fã de livros com muita magia, fantasia, ação e aventura, tenho certeza que vou gostar bastante dessa trilogia. Quero ler em breve.


    @_Dom_Dom

    ResponderExcluir

Comentários ofensivos e/ou preconceituosos não serão aceitos.

Obrigado por visitar e comentar.