Sinopse - "Paula arranca suspiros de todos os garotos a sua volta. A garota conhece pela internet Ángel, um jornalista encantador de 22 anos e depois de conversarem por algum tempo decidem finalmente marcar um encontro. Ángel não consegue sair do trabalho a tempo e se atrasa para o grande dia. Paula, iludida, fica com poucas esperanças. O que ela não imagina é que uma simples cafeteria, próxima de onde está, irá lhe render fortes emoções em alguns instantes. Ao entrar no local, a garota decide sentar-se perto de um atraente garoto que descobre ser um misterioso escritor chamado Alex. Por coincidência, eles estão lendo o mesmo livro. A conversa é breve, mas a conexão e a química entre eles são impressionantes! Para completar, Mario, seu amigo de infância e irmão de sua melhor amiga, se diz perdidamente apaixonado por ela. Paula se vê diante de um triângulo amoroso e percebe que as coisas vão ficar ainda mais complicadas quando algumas garotas aparecem para embaraçar mais essa história. Amor, desamor, encontros, mentiras, amizade, música, confusões... Há de tudo um pouco nessa divertida história romântica que fará você perder o sono!"




Minha opinião - Antes de começar a falar do livro em si, eu preciso lembrar aos leitores que os personagens principais são basicamente adolescentes. Então é imprescindível ter isso em mente ao ler "Canções para Paula". Quem nunca teve uma paixonite na adolescência, que achou que tinha encontrado o amor da sua vida? Ou quem não tem uma amiga que está constantemente amando, a cada semana se diz apaixonada por um carinha diferente rs. De certa forma, é disso que trata o livro.
De uma forma muito dinâmica, o autor permite que o leitor saiba o que está acontecendo simultaneamente com todos os personagens, mudando constantemente o foco da trama. Sim, a trama gira em torno de Paula, mas nem sempre ela é a personagem principal.
O interessante dessa personagem, é que Paula não é uma adolescente que usa a sua sexualidade a seu favor. Ela nem mesmo se acha tão bonita ou interessante, e não é egocêntrica (levando em conta quantos rapazes correm atrás dela, é surpreendente). Paula é engraçada, gentil e fiel aos seus princípios e a suas amigas. O seu grupinho é formado por garotas com personalidades totalmente diferentes, mas que de alguma forma se complementam e foram apelidadas de "Sugus".


"- Sei, mas por que exatamente Sugus? É porque somos gostosas como essas balas, prô? - interveio Diana, piscando para seu professor.- Isso que decidam seus namorados. São Sugus porque todo dia vestem roupas coloridas e, às vezes, são difícil de engolir. Como algumas balas Sugus para mim". (p29)

Apesar dos diversos "pretendentes", vamos acompanhar a vida desses rapazes que se dizem apaixonados pela Paula, mas que também aprontam das suas. 
Divertido, descontraído e repleto de confusões e referências musicais, "Canções para Paula" é uma opção certeira para os fãs do gênero.
O final foi muito bem escrito, deixou um caminho claro para a continuação, que sem dúvida, irei ler.
Quanto a revisão, diagramação e layout, a editora está de parabéns pelo trabalho. A capa demonstra claramente a base da trama: amores e música!
Espero que tenham gostado da resenha!
Aguardo comentários.
Beijos






4 Comentários

  1. Queria saber se tem previsão do outro..se vai ter mesmo...obrigado..

    ResponderExcluir
  2. Concordo com você, realmente é bem amor de adolescente, o enche o saco um pouco, porque todo mundo se apaixona em 1 dia perdidamente e para sempre.
    kkkkkk
    Mas o livro te prende e é bem divertido, vou passar para o segundo livro "Sabe que te amo?" espero que só melhore!!

    ResponderExcluir
  3. Gente, não tem outro livro depois de "Sabia que eu te amo?" Achei que fosse uma trilogia, mas não achei nada! Termina no segundo mesmo?
    E adorei os dois!

    ResponderExcluir
  4. Precisa ter um terceiro livro... Acabar como acabou o segundo é ridículo...

    ResponderExcluir

Comentários ofensivos e/ou preconceituosos não serão aceitos.

Obrigado por visitar e comentar.