Essa resenha contêm spoilers do primeiro livro.


Sinopse – Na Chicago futurista criada por Veronica Roth em Divergente, as facções estão desmoronando. E Beatrice Prior tem que arcar com as consequências de suas escolhas. Em Insurgente, a jovem Tris tenta salvar aqueles que ama - e a própria vida – enquanto lida com questões como mágoa e perdão, identidade e lealdade, política e amor”. 

Minha opinião – Antes de começar a leitura de “Insurgente” eu estava em conflito. Como eu gostei muito de divergente, fiquei preocupada em me decepcionar com a continuação. Fico feliz em dizer que isso não aconteceu, eu gostei de Insurgente tanto quanto Divergente e terminei a leitura ansiando pelo terceiro livro.
Para aqueles que tiveram a oportunidade de ler “Divergente” sabem que Tris teve que tomar várias decisões de vida ou morte no calor do momento. Decisões essas que agora a deixam culpada, sentindo um vazio e um desapego pela própria vida. Mas não pensem que o livro vai girar em torno dessa culpa. Nessa continuação empolgante, vamos descobrir que existem mais segredos dentro das facções e alguns deles custaram à vida de inúmeras pessoas. Nós temos também a história familiar de Quatro. Seu pai terá um papel de maior destaque nesse livro, e em alguns momentos eu quis pular no seu pescoço. Vamos nos aprofundar também no cotidiano dos sem-facção, que vão trazer ao livro alguns personagens intrigantes e essenciais para a trama.
O livro é repleto de ação, mas também mostra o crescimento pessoal, emocional e social dos personagens.
Não consegui largar o livro até chegar à última página. Alguns personagens me fizeram gritar, xingar, reclamar. Sim, eu discuti em voz alta com muitos deles rs.
Estou ansiosa pelo terceiro livro.
Quanto à diagramação, layout e revisão, a Rocco está de parabéns.  A capa segue o estilo do primeiro livro, a escolha da fonte é perfeita para os leitores noturnos.
Espero que tenham gostado da resenha.
Beijos               
Carol

2 Comentários

  1. A trama enseja uma estória de muita ação e suspense. A resenha da Carol, brilhante como sempre, ajuda ao leitor a ter uma boa expectativa sobre a estória.

    ResponderExcluir
  2. Já estou com esse livro aqui e a ansiedade é grande para começar a ler!
    beijos
    Camis - Leitora Compulsiva

    ResponderExcluir

Comentários ofensivos e/ou preconceituosos não serão aceitos.

Obrigado por visitar e comentar.