Sinopse – A vida do subxerife Miles Ryan parecia ter chegado ao fim no dia em que sua esposa morreu. Missy tinha sido seu primeiro amor, a namorada de escola que se tornara a companheira de todos os momentos, a mulher sensual que se mostrara uma mãe carinhosa. Uma noite Missy saiu para correr e não voltou. Tinha sido atropelada numa rua perto de casa. As investigações da polícia nada revelaram. Para Miles, esse fato é duplamente doloroso: além de enfrentar o sofrimento de perder a esposa, ele se culpa por não ter descoberto o motorista que a atropelou e fugiu sem prestar socorro. Dois anos depois, ele ainda anseia levar o criminoso à justiça. É quando conhece Sarah Andrews. Professora de seu filho, Jonah, ela se mudou de Baltimore para New Bern na expectativa de refazer sua vida após o divórcio. Sarah logo percebe a tristeza nos olhos do aluno e, em seguida, nos do pai dele. Sarah e Miles começam a se aproximar e, em pouco tempo, estão rindo juntos e apaixonados. Mas nenhum dos dois tem ideia de que um segredo os une e os obrigará a tomar uma decisão difícil, que pode mudar suas vidas para sempre. Nesta obra, Nicholas Sparks escreve com incrível intensidade sobre as difíceis reviravoltas da vida e sua incomparável doçura. Um livro sobre as imperfeições do ser humano, os erros que todos cometemos e a alegria que experimentamos quando nos permitimos amar”. 

Minha opinião – O livro vai girar em torno do subxerife Miles, seu filho Jonah (uma criança muito fofa) e Sarah. A trama começa com Miles tentando lidar com a perda da esposa Missy, falecida há dois anos. Infelizmente, esse episódio tão marcante em sua vida e na de Jonah, torna Miles alheio a algumas necessidades de Jonah. Sarah, uma mulher forte que passou por muita coisa e que está precisando se curar de um casamento conturbado, é a nova professora de Jonah, e percebe as dificuldades do garotinho. Ao começar a ajudar Jonah ela também ajuda Miles a se recompor.
Tudo seria maravilhoso se Miles não estivesse ainda muito ligado aos acontecimentos que levaram a morte de Missy.
Com uma trama que mostra o ponto de vista de Miles, Sarah e de um terceiro narrador (o assassino), “Uma curva na estrada” traz uma história de perdão, superação e amor. O autor como sempre consegue mostrar uma situação difícil com uma sensibilidade singular. Porém, esse é o primeiro livro do autor em que eu não choro. Talvez porque Miles não seja o príncipe perfeito, e algumas vezes é rude com a pessoa errada (Sarah algumas vezes é o alvo do Miles); ou porque eu desconfiei desde o princípio quem era o culpado pela morte de Missy. Eu gostei do livro, mas não é o meu favorito do autor.
Quanto à diagramação, layout e revisão, a editora está de parabéns. Encontrei alguns errinhos de digitação, mas nada que atrapalhasse a leitura. A capa é simples, mas romântica, no estilo que estamos acostumados quando se trata dos livros do Sparks.
Espero que tenham gostado da resenha.
Beijos               
Carol

13 Comentários

  1. eu to doida pra ler esse livre! Eu to super a fim de lê-lo, mas ainda não tive a oportunidade de começar. To com ele na minha estante e espero tirar ele de lá em breve! Amo Nicholas Sparks!

    beijos
    Kel
    porumaboaleitura.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. ótima resenha! me interessei por esta história fascinante!

    ResponderExcluir
  3. olá, eu tenho esse livro já li e amei a historia.. gostei muito da sua resenha..
    Bjs

    ResponderExcluir
  4. Eu comprei esse livro e não consegui ler ainda, mas ainda esse mes eu leio!! =D

    ResponderExcluir
  5. Confesso que esse livro do Nicholas me surpreendeu de uma forma que eu não esperava, porque imaginei que a história seguisse os "padrões" de seus outros livros,não que isso seja ruim, pelo contrário.
    A trama me envolveu bastante e me surpreendi muito ao descobrir quem era o verdadeiro assassino.
    Vale a pena ler!

    ResponderExcluir
  6. Eu tenho este livro mas ainda não o li...

    *-*

    ResponderExcluir
  7. Nicholas Sparks me encanta, com histórias altamente emocionantes.

    ResponderExcluir
  8. Nicholas Sparks sempre me emociona. Só de dizer que é um livro dele eu já tenho vontade de ler. ^^

    ResponderExcluir
  9. Quando começamos a ler os livros do Sparks já sabemos a direção que uma história vai tomar, não conseguimos não ler, não nos envolver. Nicholas consegue nos prender e desarmar de tal maneira que seus livros serão sempre especiais. Apesar de já te lido uns 4 livros dele ainda me surpreeendo. Ainda não li esse, está na minha listinha. Mas tenho certeza que vou me apaixonar. Adoro quando ele fala de amor e perdão. Bela resenha!

    ResponderExcluir
  10. Amo os livros desse autor,pretendo ter toda a coleçao,amei a resenha interessante a historia.

    ResponderExcluir
  11. Tio Nick sempre arrasando! Enredo simples, mas muito promissor.


    Beijinho, Mallú Ferreira
    semclichesporfavor.blogspot.com

    ResponderExcluir

Comentários ofensivos e/ou preconceituosos não serão aceitos.

Obrigado por visitar e comentar.