Sinopse - "Helen Hamilton passou a vida inteira tentando disfarçar o fato de que é uma garota diferente, mas agora, aos dezesseis anos, isso está cada vez mais difícil. Não apenas por causa de sua força sobre-humana ou porque às vezes, sem motivo aparente, pessoas estranhas simplesmente a atacam, mas também porque ela teme que seu juízo esteja seriamente comprometido. Pesadelos recorrentes com uma estranha viagem pelo deserto e a visão de três mulheres derramando lágrimas de sangue a tem atormentado noite e dia. Ao mesmo tempo, um impulso inexplicável, incontrolável, passa a dominar seus pensamentos: Helen quer matar Lucas, um dos rapazes da glamorosa e misteriosa família Delos. À medida que descobre mais sobre sua verdadeira origem, ela percebe que a relação dos dois está submetida não só à sua vontade, mas a forças e tradições ancestrais.Predestinados é inspirado na Ilíada, de Homero. A feliz combinação de mitologia grega e romance faz com que o livro seja imediatamente comparado a Crepúsculo e Percy Jackson e os olimpianos".
Minha opinião - "Predestinados" é o primeiro livro de uma nova série que traz elementos da mitologia. Helen é uma jovem que sempre soube que não era igual aos demais. Com uma força extraordinária, resistência física incrível, ela passa toda a sua vida tentando "disfarçar" as suas habilidades, apesar de não saber a origem delas. Como se não bastasse isso, Helen ainda é capaz de ver coisas que ninguém mais vê (diga-se de passagem que as visões não são nada bonitas) e tem pesadelos surpreendentemente reais. Ainda assim, sua vida não poderia ser considerada ruim, mas a chegada da família Delos muda tudo. Desde o primeiro instante em que tem contato com Lucas, Helen tem um instinto assassino (literalmente falando). Em uma cidadezinha pequena, tentar evitar tantas pessoas ao mesmo tempo (a família Delos é numerosa) torna-se impossível, causando algumas "situações" durante esses encontros ocasionais.
Mesmo que a chegada dos Delos tenha piorado ainda mais o seu dia-a-dia, ao mesmo tempo vai ser esclarecedor, pois Helen vai descobrir a sua origem e ficar sabendo que nem todos os mitos são falsos.
Os personagens de um modo geral são intrigantes, cada um tem uma história própria e até mesmo os "vilões" possuem um certo charme. 
Destaco aqui a melhor amiga de Helen, a Claire, principalmente no trecho em que ela explica as experiências que realizou quando as duas eram crianças (ri muito nesse trecho). A trama em si é bem interessante, mas senti que faltou "algo" para tornar o livro um sucesso. Amei as explicações sobre a mitologia, a origem dos personagens e as suas casas, e fiquei curiosa em conhecer a história de alguns personagens com mais detalhes, ainda mais com o final escrito pela autora no primeiro livro.
Gostei muito da capa, foi um dos detalhes que me atraiu no livro, além da sinopse.
Espero que tenham gostado da resenha.
Beijos
Carol



4 Comentários

  1. Gostei da resenha. Já li outras e todas falam dessa falta de um elemento que prenda a atenção.

    Beijos!
    http://caheoslivros.blogspot.com/
    http://meumundoecolorido.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Tô com esse livro na estante! Planejo lê-lo no mês que vem, durante as férias! Sua resenha está ótima flor, depois passo pra dizer o que achei do livro!

    Beijokas
    escolhasliterarias.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Oi Carol,
    Já estava com saudades de comentar por aqui! Ficar longe por duas semanas e depois mais uma semana sem micro é maldade! hehehe
    Adorei a sua resenha! Li esse livro assim que lançou e sua resenha me fez lembrar o quanto gostei dele. Espero que saia logo uma continuação.
    Beijos
    Camis - Leitora Compulsiva

    ResponderExcluir
  4. vc já sabe quando a sequência chega aqui?

    ResponderExcluir

Comentários ofensivos e/ou preconceituosos não serão aceitos.

Obrigado por visitar e comentar.