Sinopse - Imagine que você descobre que seu pai é um rei. Isso mesmo, um rei de verdade em um país no sudeste da Europa. E o rei quer levá-la com ele para assumir seu verdadeiro lugar de herdeira e futura rainha… Foi o que aconteceu com Ana. Pega de surpresa pela informação de sua origem real, Ana agora vai ter que decidir entre ficar no Brasil ou mudar-se para Krósvia e viver em um país distante tendo como companhia somente o pai, os criados e o insuportável Alex. Mudar-se para Krósvia pode ser tentador — deve ser ótimo viver em um lugar como aquele e, quem sabe, vir a tornar-se rainha —, mas ela sabe que não pode contar com o pai o tempo todo, afinal ele é um rei bastante ocupado. E sabe também que Alex, o rapaz que é praticamente seu tutor em Krósvia, não fará nenhuma gentileza para que ela se sinta melhor naquele país estrangeiro. A não ser… A não ser que Alex não seja esta pessoa tão irascível e que príncipes encantados existam. Simplesmente Ana é assim: um livro divertido, capaz de nos fazer sonhar, mas que — ao mesmo tempo — nos lembra das provas que temos que passar para chegar à vida adulta.



Nossa opinião...

Carol - Quando comecei a ler a sinopse de "Simplesmente Ana" foi impossível não compará-la com "O diário da princesa". Apesar da trama principal ser muito semelhante, a autora Marina Carvalho elaborou detalhes que tornou a história de Ana, a princesa brasileira, um personagem delicado e cativante.

– É difícil expressar o que senti ao ler esse livro, eu ri, fique surpresa e me emocionei (tá eu choro por tudo mesmo). Marina escreve muito bem, sua escrita é delicada, cativante e com um bom humor, adoro livros desse tipo, Simplesmente Ana, com certeza estará na minha lista dos 10 mais desse ano.

Carol - Ana é uma jovem que passou a sua vida inteira acreditando que o seu pai (Andrej Markov) havia abandonado sua mãe (Olívia) grávida, na Inglaterra. Mas, talvez a história não tenha acontecido bem assim.... A verdade é que o seu pai  é o rei de Krósvia, e assim que descobriu que era pai, entrou em contato com  Ana e pediu para que ela conhecesse ele e Krósvia. Indecisa sobre a decisão, mas ao mesmo tempo curiosa, Ana terá muito que pensar. Estela, sua melhor amiga e um pouco maluca é quem acaba resumindo bem a situação da Ana:

 "Não seja dramática. Você tem que ir porque é a outra metade da sua história. Ser mineira, de BH, estudante de Direito e apaixonada pelo abestalhado do Artur é fácil. Você tira de letra. Só que você não é só isso e precisa descobrir como é ser de outro jeito, mesmo que depois prefira a forma antiga". (p. 17)

Ká – Imagina ai pessoal, você entrar no Facebook e se deparar com uma mensagem dizendo: EU SOU SEU PAI. Foi assim que Ana ficou sabendo do seu pai, e também foi assim que ela descobriu que era princesa. Mesmo que sua mãe tivesse mentido esse tempo todo ela não ficou estressada com isso, e decidiu agir como uma garota adulta, pois dar uma de rebelde ou adolescente.

Carol - A partir do momento em que decide conhecer Krósvia, a vida da protagonista não será mais a mesma. Talvez um certo rapaz também tenha algo a ver com isso.  Alexander é o enteado de Andrej e no início do livro mostra-se bem insuportável. Para a infelicidade de Ana, mesmo ele sendo insuportável, continua lindo demais. E é claro a infelicidade tem que vir acompanhada da desgraça, e para a nossa protagonista, a  "Nome de cachorro" irá causar muitos problemas para Ana.

Ká – kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk, deixa eu rir vai, eu ri muito com as parte da Nome de cachorro, o que podemos fazer se no Brasil é assim. Carol vou ser contra você (sorrindo) eu não achei Alex insuportável, achei ele fofo >.< como sempre me apaixono de cara e com ele foi assim. Em vários momentos eu caia na risada e depois estava ali com aquela cara de menina apaixonada lendo o livro.

Carol - Com personagens intrigantes e cenários espetaculares a autora conseguiu montar uma história maravilhosa, que impossibilita o leitor de largar o livro até chegar ao final.

Ká – Verdade eu fiquei lendo ele até altas horas, fora que passei por doida aqui em casa, pois sempre estava dando risada sozinha e outra coisa a recepcionista da minha dentista me chamou três vezes, pois estava vidrada no Alex, tenho certeza que o leitor não vai largar esse livro por nada.

Carol - Em relação ao layout, diagramação e revisão a editora está de parabéns. Encontrei alguns errinhos de digitação, mas não atrapalhou em nada a leitura. A capa está fenomenal e me cativou desde o primeiro instante em que a vi.
Espero que tenham gostado da resenha.
Beijos.
Carol e Ká Guimarães

7 Comentários

  1. Ah, eu amei esse livro! Concordo que o Alex foi meio emburrado no inicio, mas nao chegou a ser insuportavel, ate porque a gente sabia que ele era o mocinho ne? HUAHUAHUA lindo demais! Eu ri pakas nesse livro, e nao consegui largar! Tem noçao de que eu terminei em um dia so, e fui dormir quase 3h da manha porque nao parava de ler?

    Beijokas
    http://escolhasliterarias.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Sua resenha só me atiçou mais a querer lê-lo, gosto de livros nacionais com essa pegada leve e romântica,tomara que Marina faça muito sucesso com seu conto de fadas moderno,

    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Meninas.. Adorei a resenha em dupla! Muito dinâmica. Sério.. Gostei muito :)

    "Nome de cachorro" - tive que rir!

    Tenho que concordar.. Simplesmente Ana é um livro que conquista logo pela capa. Espero ter a oportunidade de lê-lo em breve!

    Beijinhos, Lu ♥
    http://luizando.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Meninas, essa resenha me cativou de um jeito único. Que sacada incrível essa de escrever em dupla! Adorei! Obrigada pelo carinho, viu? Vou divulgar.
    Beijão!!

    ResponderExcluir
  5. Livro realmente delicioso de ser ler, daqueles de vc não conseguir largar enquanto não termina. E essa tal de Krósvia, hein? Que vontade de ir lá e assistir o show do Bon Jovi junto com a Ana. Romance leve, gostoso, que dá vontade de estar no lugar da protagonista.

    Parabéns pela resenha e pelo blog!

    adriana medeiros

    minhavelhaestante1.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Não tenho dúvidas que as 3 e grande maioria das garotas adoraram esse livro, que deve ser muito bom mesmo, mas acho que é para o público feminino, com isso eu acharia uma boa história mas não seria tão marcante entrando para meus livros favoritos.
    Contanto, legal autora nacional fazendo sucesso!

    ResponderExcluir
  7. Nossa! Gostei muito da sua resenha. Até então não tinha me interessado por esse livro, até agora. Parece ser bem singelo, com castelo e fantasia. Gostei bastante, e entra para minha lista dos que irei ler.

    ResponderExcluir

Comentários ofensivos e/ou preconceituosos não serão aceitos.

Obrigado por visitar e comentar.