Sinopse - "A Garota do Penhasco é um romance que enreda o leitor através de vários fios: a história de Grania Ryan e sua querida Aurora Devonshire, a garota do penhasco, nos fala sobre mudança de vida. A história das famílias Ryan e Lisle é um lindo conto sobre um século de mal-entendidos e rancor entre inimigos que se acreditam enganados por falcatruas financeiras. O caso de amor entre Grania Ryan e Lawrence Lisle comove por sua delicadeza e força vertiginosa que culmina em imensa tristeza. Mas, sobretudo, A Garota do Penhasco é um livro que mostra como é possível encontrar uma finalidade, um propósito, quando todas as esperanças parecem perdidas. “De ritmo tenso e original, este é um romance envolvente sobre recuperação, resgate, novas oportunidades e amor perdido.” -- Booklist"

Minha opinião -  "A garota do Penhasco" é o terceiro livro da autora Lucinda Riley que eu tenho a oportunidade de ler e novamente confirmo que a escrita dela é extraordinária. A autora possui o dom da delicadeza em trama tão profundas. Novamente, a autora mescla épocas diferentes, tendo sempre um ou alguns personagens como elo e deixando o leitor arrebatado por sua escrita.
Grania Ryan é uma mulher que sofre uma profunda perda e vai se refugiar com sua família. Lá, em uma situação inusitada ela encontra Aurora Devonshire.
"A figura frágil achava-se perigosamente próxima da borda do penhasco. A longa e luxuriante cabeleira ruiva revolvia-se atrás de seu corpo esguio, agitada pela forte brisa que soprava do oceano. O vestido de algodão branco chegava-lhe aos tornozelos e deixava expostos os pequenos pés descalços. Mantinha os braços esticados, a palma das mãos voltada para a massa espumante do mar cinzento, abaixo, o rosto pálido voltado para o alto, como se estivesse se oferecendo em sacrifício aos elementos". (p.09)
A autora conseguiu novamente trazer personagens fortes, que apesar de todas as dores que o mundo infligiu a eles, conseguem dar a volta por cima, seja com a ajuda de um ombro amigo, ou uma criança que tem suas próprias dores para espantar.
"Não havia dúvida de que Alexander, seu comportamento e sentimentos eram um enigma. No entanto, ela podia sentir suas paredes emocionais lentamente desmoronarem, à medida que a empatia incomensurável entre duas pessoas que compreendiam a dor da perda as atraía uma para a outra cada vez mais". (p.296)
Uma trama complexa, bem delineada e completamente apaixonada. Personagens fortes, cativantes e sedutores. Cenários lindos, idílicos e empolgantes. Um livro completo.
Em relação à revisão, diagramação e layout a editora realizou um trabalho fantástico. A capa demonstra vários aspectos da trama e é linda.
"Muitos de vocês pensarão de imediato que me refiro ao amor entre um homem e uma mulher, e em grande parte é isso mesmo, sim. Mas há outras formas preciosas de mor que merecem consideração: por exemplo, a de um pai ou de uma mãe por um filho ou uma filha. Existe também o tipo obsessivo e deletério, que inflige a destruição". (p.08)
Espero que tenham gostado da resenha.
Aguardo comentários.
Beijos
Carol



2 Comentários

  1. Oiiii
    a história parece muito boa mesmo!
    Fiquei curiosa!!!


    Bjoooos
    muitospedacinhosdemim.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Oi, Carol.
    Tenho muita vontade de ler os livros dessa autora. Quando ela esteve aqui no Brasil, comentou uma coisa interessante. Ela disse que a editora aqui no Brasil tinha publicado os livros fora de ordem, então na verdade esse livro seria antes do A Luz Através da Janela!! hehehehe
    Como eu ainda não li nenhum, vou querer ler na "ordem certa" hehehe
    beijos
    Camis - Leitora Compulsiva

    ResponderExcluir

Comentários ofensivos e/ou preconceituosos não serão aceitos.

Obrigado por visitar e comentar.