Sinopse - "Bárbara Soares tem 18 anos e acabou de entrar na faculdade de publicidade mais importante do Rio de Janeiro. Depois de anos de estudos, Babi decidiu mudar de estilo e fazer novos amigos através de um blog de crônicas na internet. Ao criar o Garotapop.com, Babi conquista uma legião de fãs na internet e se torna uma das garotas mais populares da rede, deixando de lado o seu lado Nerd. Com a autoestima elevada, ela ganha confiança para paquerar o garoto mais disputado da faculdade e se torna uma celebridade universitária. Só que seus planos de ser popular vão por água abaixo quando conhece Lucas, um garoto inteligente e carinhoso que vai despertar em seu coração o amor pela literatura e poesia. Entre Tuítes, mensagens no Facebook, postagens em blog e perguntas no Formspring, Bárbara conta a sua história de uma forma irreverente e totalmente cativante".


Minha opinião - Garotapop.com é o novo livro da escritora nacional Carolina Estrella e conta a história de Babi, uma jovem de 18 anos que irá começar a faculdade, e contará a sua história através de romances, amizades e confusões... tanto na sua vida diária quanto na sua vida virtual. A escritora trouxe uma trama descontraída, divertida e de rápida leitura.
Babi é descontraída, extrovertida, inteligente e bonita. O pacote completo e com isso conquista diversas amizades e os rapazes. É claro que nem todas as amizades são honestas, surge uma inveja do jeito e da popularidade da Babi e nem todos os interessados são príncipes.
"Cor favorita: rosa-claro, rosa-escuro, rosa-envelhecido. Todos os tipos de rosa até que a morte nos separe. Eu amo rosa". (p.11)
"Não tenho culpa de ter uma doença rara no cérebro que me impede de estudar até às 10 horas. Só acordo depois do recreio e ainda assim demoro para pegar no tranco. Sofrer de preguicite aguda é muita tortura para uma garota. Chega a dar dó das pessoas que se contagiaram depois de um tempo convivendo comigo". (p. 14)
Os personagens do livro são familiares aos leitores: quem não tem um amigo que por ser bonito se acha o máximo? Aquela amiga sem noção que se acha a última bolacha do pacote ou a amiga certinha, com um certo ar geek e que tem uma paixão não correspondida? Esse é um dos fatores positivos da leitura: a fácil identificação do leitor com os personagens, pois faz com que o leitor sinta-se em "casa", rodeado de amigos e conhecidos. Martinha, Murilo, Paula, Júlia e Lorena, todos eles trazem essa familiaridade. É claro que o leitor quer discutir com um outro personagem em determinado momento até mesmo chacoalhar quando eles agem de modo idiota.

Um outro fator positivo no livro foi o fato da Carolina Estrella trazer referências atuais do mundo geek: quem nunca ouviu falar de The Big Bang Theory ou do Sheldon?

"Bazinga para você também, Sheldon! Só faça o favor de deixar o endereço do remetente para que eu possa devolver caso esbarre mais uma vez com esse garoto". (p. 22)
E é claro, nós temos o Lucas. Um geek muito fofo que conquista o leitor e arranca suspiros do público feminino. As poesias dele, o sorriso maroto, todo os trejeitos de nerd que escondem um carinha lindo atrás de toda a inteligência.
A autora ainda aproveita o sucesso das redes sociais e Babi usa e abusa delas no livro. Os capítulos trazem os desabafos dela no blog pessoal, suas mensagens no twitter, sua curiosidade em relação ao blog de um certo poeta e muito mais.
Ainda por cima, o leitor se diverte com as tiradas inteligentes da protagonista. Em muitos momentos em que uma confusão pode acontecer, nada melhor do que lidar com bom humor não é?
"Outro dia vi na televisão uma mulher falando que homem que é homem gosta de mulher com gordura, porque a estria só dá sabor à carne e a celulite é como ler gostosa em braile". (p.36)
O fato do livro ser curto (tem menos de 200 páginas) deixa o leitor com um gosto de "quero mais", pois acompanhar a Babi, o Lucas e a Júlia se torna viciante. O final é fofo, romântico e tudo de bom para aqueles que curtem o gênero, mas não teve um momento "carma" para alguns personagens, o que fez um pouco de falta.
Em relação a revisão, diagramação e layout a editora realizou um trabalho fantástico. A transição entre as fontes para destacar ao leitor o que é referente ao mundo virtual e ao mundo "real", a escolha da fonte, a revisão, os pequenos detalhes, tudo isso e muito mais deixou a obra ainda melhor.
O livro é voltado para o público jovem, mas não impede em nada que o público mais "maduro" se divirta com a leitura.
"O amor é um sentimento muito estranho e complicado. Vive nos pregando peças, mudando nosso destino, mas sempre nos traz felicidades". (p. 193)


Espero que tenham gostado da resenha.
Aguardo comentários.
Beijos
Carol

6 Comentários

  1. Histórias bem humoradas e com personagens que se identificam com os leitores são sempre cativantes! Sem contar que sou fã de literatura nacional, rsrs... Fiquei interessada!


    Abraços, Isabela.
    www.universodosleitores.com

    ResponderExcluir
  2. Olá, tudo joia?!
    Está lindo seu blog, já estou te seguindo...
    Segue o meu tbm, eu iria adorar!!!
    http://manyelly.blogspot.com.br/
    http://www.pinterest.com/manyelly/
    Sucesso para você!!!
    Bjo

    ResponderExcluir
  3. Oi, Carol

    Adorei seu resenha! Fiquei feliz em saber que gostou do livro. :)


    Beijos,

    Carol*

    ResponderExcluir
  4. Fiquei bem curiosa sobre o livro, a primeira vez que vi foi em um botton que eu ganhei na Bienal, e é a primeira resenha que leio sobre ele, e fiquei curiosa com vontade de ler.
    Obrigada

    Bru

    www.viagem-imaginaria.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Aeee... acabei de ler o livro da Carol também!! Muito boa sua resenha e o que falou do carma concordo plenamente!!
    SHOW! :)

    ResponderExcluir
  6. Muito boa sua resenha. Tenho os mesmos pontos de vista!

    http://aamadoradelivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Comentários ofensivos e/ou preconceituosos não serão aceitos.

Obrigado por visitar e comentar.