Sinopse - "Normalidade é uma palavra que não existe no dicionário de Jasmim Nature. Seu nome sempre esteve constantemente nos jornais e na boca do povo da desconhecida Ilha Little. Se isso é legal? Nem um pouco. Se ela daria tudo para ser normal? Com certeza. Depois de muitas tentativas, a família Nature consegue autorização para permanecer seis meses no continente, a terra dos humanos. E Jasmim e seus irmãos passam a frequentar a escola. Tudo que precisam fazer é serem discretos e não levantar suspeitas. Mas Jasmim conhece Daniel, e não consegue evitar: se apaixona por ele. As fadas têm um jeito especial de se apaixonar: elas sofrem Inlove. Mas sofrer Inlove por um humano? É loucura! Quando o destino muda os rumos dessa família e Jasmim se vê presa a esse amor, não será fácil esconder dele algo tão significativo quanto... Asas".

Minha opinião -  "O amor pode ter asas - Segredos" é o primeiro livro da série da escritora nacional Bianca Rocha. Nele, conhecemos um novo mundo das fadas, que vivem na Ilha Litle, uma ilha no meio do oceano Atlântico. Cada fada é dotada de um talento, sendo que existem seis no total. Na família de Jasmim, seus pais, Steam e Sea são fadas da água, seu irmão mais velho, Wind, é uma fada do ar, sua irmã Puppy é uma fada da fauna, sua outra irmã, a Lit, é uma fada da luz, e seu irmão de treze anos, o Seed, é uma fada da flora. Seu tio e a família dele são fadas artesãs. E Jasmim? Jasmim é uma fada rara, pois possuí todos os talentos. Por causa disso, sua família vive em constante evidência na ilha.  Como a sinopse explica, a família Nature vai passar seis meses no continente, aqui no nosso país. Puppy e Jasmim estudam juntas, e acabam fazendo uma amizade imediata com Ana Cláudia.
Ana Cláudia é curiosa, engraçada e ensina as "regras" da escola para as garotas. A família Nature é composta de personalidades fortes, engraçadas e em alguns momentos, bagunceiros e atrapalhados. Uma grande família que é unida e se preocupa bastante uns com os outros. Puppy é mais direta, não consegue segurar um segredo por muito tempo e tem uma personalidade mais explosiva. Seed é muito adulto para a idade que tem. Wind é introspectivo, sempre tentando passar despercebido e Lit é a mais calma. Jasmim em alguns momentos passa a ser muito ingênua, boazinha demais, o que irrita um pouco o leitor. Em outros momentos, mostra-se uma adolescente típica e ainda consegue passar "sermões" muito adultos para a sua idade. De todos os personagens da família Nature a apesar de ser a protagonista, não é a que tem mais carisma.
Daniel começa o livro como um personagem fofo, é o garoto mais popular da escola e ainda assim consegue ser humilde e legal com todos. Ele e sua família, composta por sua irmã Carol e sua mãe Suzana, aparecem frequentemente no livro e as duas ainda ganham papel de destaque em algumas das subtramas.
De acordo com o universo criado pela escritora, as fadas se apaixonam uma única vez, fenômeno esse chamado de Inlove. Quando sofrem Inlove profundo é irreversível, e não existem muitos casos de inlove com humanos. Então a relação de Daniel e Jasmim é muito peculiar.


"Para o casal, não há dor pior do que a da separação. Você grita pela pessoa, ou implora que te matem. Bate em si mesmo, perde a voz e rejeita qualquer tipo de fonte de energia, como comida ou água. Aos poucos você vai se controlando melhor, mas a dor demora a passar". (p.96)

Além disso, Jasmin tem que lidar com Jennifer, a ex de Daniel que é a rainha da escola, mas é tão malvada com seus súditos quanto uma bruxa má. A família de Jennifer, composta por seu pai Ricardo e seu irmão Leonardo também terão suas próprias tramas dentro do livro. 
A trama criada pela autora é fantástica, um mundo com características próprias e repleto de "poderes". Como esse é o primeiro livro da série, o enredo trouxe muitas tramas paralelas e deixou o livro cheio de informações que poderiam ser melhor desenvolvidas. Talvez se houvesse menos dessas tramas paralelas, ou fossem incluídas nos próximos livros, o leitor poderia ter a oportunidade de conhecer mais detalhes sobre a família Katiusse, que parece ter um papel fundamental no livro e dos irmãos de Jasmim e seus talentos.
Um outro ponto que deixa o leitor analisando, é a idade que a Jasmim sofre o inlove. Ter apenas quinze anos e já conhecer seu único amor da sua longa vida foi um pouco precoce. Essa é a idade do primeiro romance, do descobrimento da paixão. 
O final do livro deixa claro que existem alguns personagens não muito contentes com esse inlove em particular e deixa o leitor na expectativa pela continuação.
Em relação a revisão, diagramação e layout a editora realizou um ótimo trabalho. Foram encontrados alguns errinhos de grafia e digitação, mas nada que interferisse na leitura. A capa é muito bonita, chama a atenção do leitor.
O livro é voltado para um público teen, fã da aventura e da magia. As fadas criadas pela Bianca Rocha são diferentes e apaixonantes.

Espero que tenham gostado da resenha.
Beijos
Carol

9 Comentários

  1. Fiquei com muita vontade de ler esse livro, vou pegá-lo emprestado ano que vem *-*. Essa história me fez lembrar bastante Tinker Bell rsrs #Saudades. Uma graça o blog, parabéns!

    Beijo, Joyce.

    ResponderExcluir
  2. Li este livro e achei bem fraquinho pro meu gosto. É engraçadinho, mas não fez me apaixonar por ele. Beijos.

    ResponderExcluir
  3. A minha idade já não permite mais este tipo de leitura!! hahahaha
    Realmente parece ser uma leitura beeeeeeeem teen no estilo água com açúcar! Eu já gosto de leitura mais apimentada!! hahahah

    ResponderExcluir
  4. Eu nunca li qualquer livro de fadas, pelo menos não elas sendo o tema principal, estou bem interessada, principalmente por este parece ser sensível e apaixonante, gostei muito do que a autora propõe para seu enredo.
    Ah, e eu realmente não achei a capa tão bonita assim, ela não me chamou a atenção, não trouxe aquela atração, sabe? Mas o que importa é o conteúdo e como a autora se sai desenvolvendo o enredo.

    http://worldbehindmywall.fanzoom.net/

    ResponderExcluir
  5. Eu não conhecia o livro ainda e a história me agradou bastante, a única coisa que achei estranha foi o nome dos personagens, tipo Jennifer Lopez? Mas fora isso parece legal, aliás eu gostei bastante da resenha...

    ResponderExcluir
  6. Gosto dessas tramas em que a autora cria um mundo e uma Mitologia bem interessantes. Creio que deve ser uma história bem leve e divertida. Ideal pra o público mais adolescente, ou para aqueles que estão em busca de uma coisa mais leve e despretensiosa.

    @_Dom_Dom

    ResponderExcluir
  7. O livro parece ser ótimo, fiquei bastante interessada em ler!

    ResponderExcluir

Comentários ofensivos e/ou preconceituosos não serão aceitos.

Obrigado por visitar e comentar.