Sinopse - "Meu pai se fora, meu marido morrera e meu coração silenciara. Gabriella Mondini é uma médica com estranhos poderes de cura, poderes que vão além de seus conhecimentos científicos. No fim do século 16, uma mulher médica — e tão sensível quanto ela — é praticamente uma heresia. Assim, se quiser continuar praticando a medicina, deverá ter o aconselhamento de um homem. Seu pai, também médico, seria o conselheiro ideal, mas ele a abandonou há dez anos: saiu em busca de curas inimagináveis por uma Europa cheia de crendices e magias. E, agora, por meio de suas poucas cartas, é possível perceber que sua sanidade mental está desaparecendo. Disposta a reencontrar o pai e, quem sabe, salvá-lo a tempo de continuar praticando a medicina, ela atravessa os Alpes da Suíça e os campos da Alemanha, encontra-se com os maiores médicos da Europa e caminha por cidades e vilarejos estranhos até chegar ao Marrocos. A jovem médica enfrentará caminhos que lhe ensinarão o que é viver no mundo dos clínicos e herboristas daquela época; um mundo onde as praças públicas exalam cheiro de corpos queimados, onde ervas exóticas destroem todos os desejos e onde doenças como a Inveja (“um verme invisível”) saem do corpo dos mortos para destruir os vivos... Até o fim de sua aventura, ela tentará conquistar a sabedoria tão desejada, mas também terá que lidar com o conhecimento dos segredos de sua família, que são, afinal, os seus próprios segredos".

Minha opinião -  A trama narra a história de uma jovem em 1590 que praticava medicina tendo como tutor o seu pai. Como ele fica ausente por vários anos, Gabriella fica impedida de trabalhar e parte em uma jornada em busca de seu pai, mas também de si mesma.
"Tornei-me tão transparente quanto o vidro através do qual espiava, perigosamente invisível até para mim mesma. Foi então que percebi que deveria colocar a minha vida em movimento, caso contrário, eu desapareceria". (p.17)
Talvez por gostar do assunto, o livro se tornou fascinante. As descrições dos casos que Gabriella vai tratando, os sintomas, as pessoas que ela conhece, tudo isso me chamou a atenção durante a leitura. Além disso, por se tratar de uma narrativa em primeira pessoa, sabemos o que ela sente e em alguns momentos tive uma sensação de melancolia.
"Depois que ele partiu, a neve preencheu o vazio aberto dentro de mim. Ali estava um homem que vira através do meu disfarce". (p.148)
A narrativa também tem um ar poético, com descrições ricas e intrigantes.
"Lorenzo carregava meus dentes como pérolas enquanto assistia à minha transformação em mulher". (p.291)
Os personagens são marcantes. Suas personalidades envolvem o leitor em uma complexa teia de opostos que se atraem. A leitura flui muito bem, a narrativa é agradável e a escrita da autora, fascinante.
"O livro da Loucura e das Curas" é uma viagem sedutora sobre o auto-descobrimento de um indivíduo.
"Virei-me e senti a terra sacudir debaixo de meus pés como se eu estivesse caindo há muito tempo e só agora atingisse a terra. Alguma coisa se quebrou dentro de mim, mas ainda andei de volta até nosso quarto na estalagem, onde me inclinei na janela e chorei". (p.300)

Em relação a revisão, diagramação e layout a editora realizou um trabalho excelente. A capa é simples e ao mesmo tempo encantadora.
Espero que tenham gostado da resenha.
Aguardo comentários.
Beijos
Carol

4 Comentários

  1. Assim que o livro saiu eu fiquei interessado.

    Gostei da resenha :)

    Vamos ver se consigo colocar na lista de compras, pois está bem longe do topo HSUSUH


    Gabriel - umpapoentrepaginas.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Bom diaaaaaaa
    Só pelo nome eu já fiquei curiosa e com sua resenha eu preciso ler esse livro!
    Hehehehehehehehe

    Bjoooooos
    muitospedacinhosdemim.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Oi, Carol.
    Ainda não conhecia esse livro, mas agora fiquei super interessada!! Adoro esse tema e quero muito ler esse livro!
    Beijos
    Camis - Leitora Compulsiva

    ResponderExcluir
  4. Parece ser muito bom! Só o título já me deixa com vontade de ler. Adoro livros com nomes interessantes e diferentes!
    Gostei da resenha!

    http://www.estantedatali.wordpress.com/

    ResponderExcluir

Comentários ofensivos e/ou preconceituosos não serão aceitos.

Obrigado por visitar e comentar.