Sinopse - "As lembranças de Kyla foram apagadas, sua personalidade foi varrida e suas memórias estão perdidas para sempre. Ela foi reiniciada. Kyla pode ter sido uma criminosa e está ganhando uma segunda chance, só que agora ela terá que obedecer as regras. Mas ecos do passado sussurram em sua mente. Alguém está mentindo para ela, e nada é o que parece ser. Em quem Kyla poderá confiar em sua busca pela verdade?"

Minha opinião - "Reiniciados" é o primeiro livro da Trilogia "Slated" escrito pela autora Teri Terry e publicado no Brasil pela editora Farol Literário. Graças a um colapso econômico o mundo mudou... Os jovens foram as ruas protestar, manifestar-se e por algum motivo o Governo não gostou. Alguém consegue ver a semelhança com a nossa sociedade?
"Depois da queda.. Você sabe, a desvalorização da moeda e o colapso econômico que assolou a Europa..Quando o Reino Unido se separou da União Européia e fechou as fronteiras, houve um período que as coisas ficaram muito loucas". (p. 322)
Dois partidos foram criados, o movimento da Lei e da Ordem, de onde surgiram os Lordeiros (que são uma espécie de guardas espiões, sempre de olho nas atitudes das pessoas e no que dizem. Qualquer ação suspeita, os Lordeiros atuam) e o Partido da Liberdade (PL): que concluiu que os criminosos jovens deveriam ser reiniciados (uma espécie de formatação de computador) dando uma segunda oportunidade.
É no ano de 2050 em uma sociedade que passou por esses acontecimentos em que Kyla será inserida após ter sido Reiniciada. Imagine que suas lembranças sejam apagadas, não só as lembranças pessoas, mas as básicas, aquelas que o ensinam a andar, falar, comer, reconhecer os mais simples objetos e a pensar.
"Posso ter dezesseis anos, não ser lenta, ou retardada, nem ter sido trancada num armário desde o nascimento - até onde eu saiba - , mas ser transformada numa Reiniciada faz isso com você. Deixa a pessoa vazia de experiências". (p. 09)
"Tasco um largo sorriso no rosto, certa de que isso não irá me transformar de assustadora e infeliz em angelical e alegre; estava mais para uma demente". (p.14)
Os personagens são um dos pontos marcantes do livro. Por incrível que pareça, todos eles são. A autora desenvolveu a trama de tal forma que os personagens, por menor que aparentemente seja o seu papel ou participação constituem uma peça do quebra-cabeça para Kyla. Pode ser uma colega da escola, um professor, a médica ou o namorado da irmã, todos eles acrescentam algo a trama. Não tenho nem como ficar descrevendo todos eles: Doutora Lysander, Mac, Aiden, Amy, Jazz, Penny, Tori, Senhor Hatten, Ben e tantos outros que compõem o livro.
A nova família de Kyla, papai, mamãe ou a mulher dragão (carinhosamente chamada assim por Jazz) compõem um núcleo repleto de segredos. Os três possuem segredos que impactam não só eles como uma família, mas a sociedade e o próprio Governo.
O que fez a diferença na trama foi o modo como a sociedade foi apresentada para o leitor. Cada detalhe dela é apresentada aos poucos, e temos a impressão de que também fomos Reiniciados e entramos em um novo mundo. A criação dessa sociedade é elaborada, os detalhes em sua hierarquia, em seu modo de pensar e agir, tudo foi muito bem elaborado pela autora.
O livro ainda tem um romance em desenvolvimento, mas nesse primeiro livro não foi o que mais se destacou. É um romance bonito, bem fofo, do tipo adolescente, mas com tantas perguntas a serem feitas o que chamou mais a atenção foi a trama central.
"E, de alguma forma, eu sei. Nunca pertenci à cidade. Fui - sou - uma garota do interior. Isso é tão certo quanto o ar que respiro, tão indiscutível quanto o fato de que este lugar é mais como uma lar para mim". (p.30)
Sobre a escrita da autora foi uma ótima surpresa. É uma escrita fluida, marcante e dinâmica. O leitor vai avançando nas páginas sem perceber. Ela conseguiu dosar bem a alternância sobre acontecimentos presentes e passados sem saturar o livro.
Em relação à revisão, diagramação e layout a editora realizou um excelente trabalho: a escolha da fonte, a revisão, o detalhe no início dos capítulos, tudo isso enriqueceu o livro. A capa é muito bonita e chama a atenção de imediato.
"Eles nos ensinaram o básico sobre os Reiniciados na escola do hospital. Éramos todos criminosos sentenciados - apagariam nossas memórias e personalidades -, e assim poderíamos recomeçar. Com o Nivo no lugar para garantir que tudo desse certo, até ser removido no ano em que completássemos vinte e um anos como Reiniciado. Era uma segunda chance, pela qual devíamos ser gratos: ela nos manteve fora da prisão ou da cadeira elétrica". (p. 52)
Curiosidade: 

Na última semana foi divulgada a capa do último livro da série: "Shattered"




Maiores informações: clique aqui

Espero que tenham gostado da resenha.
Aguardo comentários sobre a resenha e sobre a capa do último livro!
Beijos
Carol



3 Comentários

  1. Pelo que li aqui o livro parece muito bom! É ótimo quando o escritor consegue tornar todos os personagens essenciais e relevantes, porque a história fica envolvente!

    Abraços, Isabela.
    www.universodosleitores.com

    ResponderExcluir
  2. Oi, Carol.
    Eu não tinha a mínima idéia sobre o que era esse livro e vendo a capa não imaginava nada disso! Agora fiquei interessada!!
    Só não gostei mesmo da falta de criatividade dessas capas... A primeira já achei feia e agora que vi que usaram a mesma imagem na segunda capa piorou a minha impressão! heheheh
    beijos
    Camis - Leitora Compulsiva

    ResponderExcluir
  3. Oi adorei sua resenha, da forma como vc narrou me fez se interessar pelo livro....mas vc já leu o livro reverso escrito pelo autor Darlei... se trata de um livro arrebatador...ele coloca em cheque os maiores dogmas religiosos de todos os tempos.....e ainda inverte de forma brutal as teorias cientificas usando dilemas fantásticos; Além de revelar verdades sobre Jesus jamais mencionados na história.....acesse o link da livraria cultura e digite reverso...a capa do livro é linda ela traz o universo de fundo..abraços. www.livrariacultura.com.br/scripts/resenha/resenha.asp?

    ResponderExcluir

Comentários ofensivos e/ou preconceituosos não serão aceitos.

Obrigado por visitar e comentar.