Três anos se passam, e Angie Chapman reaparece sem qualquer lembrança desse período. Como se o tempo tivesse parado. Ela ainda acredita ter treze anos e insiste que dali a três semanas vai para o oitavo ano. Angie não se reconhece na imagem da garota alta e magra que aparece refletida no espelho toda vez que se olha. E nem faz ideia do que são aquelas marcas e cicatrizes no seu corpo. Pretty Girl – 13 um mistério psicológico fascinante e perturbador em que a garota Angie tem de juntar os flashes de sua memória para descobrir a sua verdadeira identidade, ou seriam identidades?



Edição: 1
Editora: Benvirá
ISBN: 9788582400647
Ano: 2013
Páginas: 224

Skoob
Buscapé 


Pretty Girl 13 é uma história aterradora que me deixou angustiada a cada virada de página. Um verdadeiro thriller psicológico de tirar o fôlego!

Angel é uma menina de 13 anos comum.. Em um determinado dia ela sai para acampar e fica desaparecida por três anos. 


"Não lute comigo, menina bonita - sussurrou ele, 
colado no seu corpo, os lábios úmidos tocando a sua orelha. Lutar com ele? 
Suas pernas estavam moles, fracas. Seus joelhos, prestes a ceder.
Você não conseguia nem mesmo dar um passo para correr,
para fugir. Como poderia lutar com ele?
Seu estômago se contraiu, e o som do vento se precipitou
através de suas orelhas como um furacão na sua cabeça."


Sua família a procura por todo canto.. Mas sem sucesso acham uma forma de seguir em frente! Até que Angela reaparece sem saber o que houve e achando que ainda tem 13 anos. Tudo parece o mesmo, até que se olha no espelho e é como se visse outra pessoa, pois não é mais a mesma Angie que está observando-a no espelho..


"Angie franziu a testa e tornou a se virar para olhar atrás de si.
Como havia chegado ali? Não se lembrava de ter tomado esse caminho, 
Estava .. na mata? Sentia-se totalmente confusa."


Tudo está bastante confuso não só para Angie como para sua família, afinal... Quando eles encontram uma forma de seguir em frente, Angie reaparece completamente esquecida do que se passou consigo nos últimos três anos. Claro que estão gratos por ela ter voltado, pois eles a amam muito, porém a readaptação como é de se imaginar vem recheada de revelações dolorosas, sentimentos de culpa, desespero, raiva e etc.

O que será que aconteceu com Angie durante esse período de três anos?
O pior lhe ocorreu e mesmo assim ela busca forças no seu íntimo para prosseguir.
Tendo que encarar uma psicanálise e libertar seus fantasmas, Angie descobre possuir uma doença chamada TID onde a pessoa desenvolve várias personalidades denominadas "alters" que a substituem transformando-se em "pessoas" com desejos distintos e que podem controla-la sem que ela sequer saiba o que está se passando em seu próprio corpo!


A história é muito interessante!
Um dos livros mais bem escritos no gênero e que me deixou louca por ler mais títulos da autora que com total desenvoltura consegue realmente manter o leitor sem palavras e ansiando por cada virada de página! 
Tudo que Angie vive, é aterrador e desesperador e as decisões e amadurecimento da personagem ao longo da história conforme a mesma vai descobrindo tudo que vem passando desde os seus seis anos no mínimo nos faz sentir vontade de lhe dar um grande abraço e dizer o quanto ela é forte, pois de fato eu jamais teria suportado toda a dor vivenciada por Angie!

Uma história para ler e refletir sobre em quem confiar, como criar seus filhos.. Afinal o inimigo pode estar dentro da sua própria casa! 

Deixe um comentário

Comentários ofensivos e/ou preconceituosos não serão aceitos.

Obrigado por visitar e comentar.