Liberta-me é o segundo livro da trilogia de Tahereh Mafi. Se no primeiro, Estilhaça-me, importava garantir a sobrevivência e fugir das atrocidades do Restabelecimento, em Liberta-me é possível sentir toda a sensibilidade e tristeza que emanam do coração da heroína, Juliette. Abandonada à própria sorte, impossibilitada de tocar qualquer ser humano, Juliette vai procurar entender os movimentos de seu coração, a maneira como seus sentimentos se confundem e até onde ela pode realmente ir para ter o controle de sua própria vida. Uma metáfora para a vida de jovens de todas as idades que também enfrentam uma espécie de distopia moderna, em que dúvidas e medos caminham lado a lado com a esperança, o desejo e o amor. A bela escrita de Tahereh Mafi está de volta ainda mais vigorosa e extasiante.

Minha resenha 


Demorei muito para fazer essa resenha que acabei até me esquecendo de resenhar auhsuhas. Como estava lendo muito, eu acabei acumulando resenhas e algumas ficaram esquecidas. Só que isso não quer dizer que não gostei do livro, no caso de "Liberta-me" eu amei, sim amei esse livro e estou vendo que vai ser um pouco complicado resenhar ele.

O segundo livro da trilogia Estilhaça-me, estava sendo aguardando ansiosamente por mim, o primeiro livro foi ótimo, então quando saiu o segundo não pensei duas vezes e li rapidamente. Liberta-me não me decepcionou nem um pouco, ou melhor, só aumentou a minha expectativa para o próximo livro. Essa resenha tem spoilers do primeiro livro...

Nem sei por onde começar, nesse livro Juliette está com Adam, no Ponto Omega, o lugar que se refugiaram depois da fuga. Nesse livro, a autora conseguiu colocar mais ação, mais medos e mais revelações foram feitas e lógico que não poderia faltar o romance. Achei as cenas quentes do livro ótimas, deu um up para o livro.

Agora no Ponto Omega Juliette tem que se adaptar. Junto a Kenji, Adam e os outros moradores, ela terá que enfrentar O restabelecimento, e como ela está descobrindo seus poderes depois de anos trancada sozinha, convivendo com os seu pensamentos será capaz de ajudar seu grupo?

Não sou capaz de escrever muitas coisas sobre esse livros sem dar spoiler, mas posso dizer que Adam está mais apaixonante, e em alguns momentos da releitura eu gritava: AI MEU DEUS!!!! O amor dele por Juliette está mais intenso, e para piorar parece que nada da certo para o casal.

Confesso que fiquei com o coração dividido pessoal, Wanner está fofo demais, entendemos muitas coisas dele aqui. A autora soube escrever esse livro, nos encantando com cada página, fazendo nos pobres leitores suspirarem e gritar.

O final do livro, eu não sei explicar, fiquei ferrada querendo mais e depois que soube que só será lançado o ano que vem, quase chorei. Aquele final fez meu coração acelerar viu.

Sobre o trabalho da editora, gente achei essa capa feia demais, não sei o que pensaram quando fizeram isso viu, não gostei do papel da capa, ele entorta por tudo também. Sobre revisão está ótima, já a diagramação não gostei também.

Beijos

Ká Guimarães

Deixe um comentário

Comentários ofensivos e/ou preconceituosos não serão aceitos.

Obrigado por visitar e comentar.