Sinopse - Atraente, sutil e tentador, lorde Elliot Rothwell é um homem acostumado a fazer sucesso entre as mulheres e a conseguir tudo o que deseja delas. Mas isso não se aplica a Phaedra Blair. A brilhante e exótica editora não parece disposta a ceder a seu pedido e cancelar a publicação das memórias de um membro do Parlamento que podem manchar o nome da nobre família Rothwell. A pedido de seu irmão mais velho, o marquês de Easterbrook, Elliot vai a Nápoles para negociar com Phaedra. Historiador de renome e autor de livros respeitados, tudo indica que ele seja a pessoa ideal para a tarefa. Porém, em vez de encontrar a bela mulher descansando à beira do mar Tirreno, Elliot descobre que ela está presa por causa de uma acusação injusta. Graças ao prestígio da família, o nobre consegue libertá-la, mas também se torna responsável por ela até voltarem à Inglaterra. Percorrendo juntos uma das regiões mais belas e românticas da Europa, eles vão descobrir que discordam de quase tudo o que o outro pensa ou faz – exceto o que fazem juntos na cama. E, nessa aula de prazer, será cada vez mais difícil saber qual dos dois tem mais a ensinar.
Minha resenha 

Mais um livro da Arqueiro que amei...

Sabe quando você gosta muito de um livro? É assim que estou com os livros romances de época da Arqueiro, estou apaixonada pelas histórias que nem sei qual é a melhor. Mais um casal que amei, gente os Madeline Hunter são ótimos, pode comprar viu, não vai se arrepender. Um aviso não estou dizendo isso para puxar o saco da editora não.

Nesse livro conhecemos Phaedra Blair, filha de Ártemis Blair, uma mulher estudiosa que defende as mulheres daquela época, que buscava que as mulheres poderiam ter os mesmos direitos que os homens tinham e ainda poderiam ser independentes ao invés de infelizes e fazer o que o marido manda. Sorrir por fora e sofrer por dentro.

Phaedra aos 16 anos já morava sozinha, pois sua mãe achava que assim ela não iria se tornar dependente de ninguém. Ártemis ensinou tudo à filha, sobre o amor e o amor livre, não aquele amor preso como era na época que se passa a historia. Ártemis nunca se casou, mais compartilhou com Richard Drury um grande amor, ela por sua vez tinha medo de se casar e perder sua independência. Quando Richard, pai de Phaedra morre deixa para ela, digamos varias fofocas e ainda pede para menina prometer publicar essas fofocas, mas lendo essas memorias de seu pai, ela acaba descobrindo que sua mão traiu seu pai.

Essas fofocas pode acabar com a vida de vários membros da alta sociedade, como com a vida da família Rothwell. Elliot é mandado por sua família, para falar com Phaedra, ou melhor, negociar com a menina, para ela não soltar a fofoca que sua mãe traiu seu pai, por isso a mãe dele foi enviada para casa de campo, por conta da traição ao marido. Mais não é só isso, algo pior poderia destruir a reputação do pai e sujar o nome da família.

Gostei muito desse livro pessoal, ver o amor de Elliot e de Phaedra se desenvolvendo em meio a tanta coisa acontecendo em volta deles é o máximo. Gostei de ver como Elliot mostra para Phaedra que não é preciso deixar seu modo de viver para poder amar.

Lições do desejo, é muito bom, adoro o modo como a autora coloca humor no livro, fora que ficamos vidrados em tudo. Madeline escreve muito, parece até que viveu naquela época viu, seus personagens são envolventes e cada um tem sua personalidade, quando percebemos estamos no final querendo mais.

O trabalho da Arqueiro nesse livro está perfeito, sério mesmo pessoa, o livro está lindo, a capa linda e a revisão ótima, parabéns a editora pelo trabalho.


Bem agora é só aguardar por mais livros.

Deixe um comentário

Comentários ofensivos e/ou preconceituosos não serão aceitos.

Obrigado por visitar e comentar.