Sinopse - "Um final surpreendente para a Saga Acampamento Shadow Falls! O inimigo mais poderoso de Kylie retorna para destruí-la de uma vez por todas, mas ela finalmente assume seus plenos poderes e passa por uma transformação que vai surpreender todos ao seu redor. Mas a jornada de Kylie não será completa até que ela faça uma escolha final: a quem vai finalmente se entregar de corpo e alma? Será que escolherá Lucas, o lobisomem que partiu seu coração, mas faz tudo para reconquistá-la, ou Derek, o meio fae que abriu mão do relacionamento entre eles, mas agora diz que a ama? Tudo o que Kylie aprendeu em Shadow Falls a preparava para este momento, quando o destino lhe revelará por fim quem terá a chave do seu coração".

Contêm spoilers dos livros anteriores.


Minha opinião - "Escolhida ao anoitecer" é o quinto e último livro da Saga Acampamento Shadow Falls e traz aos leitores a resposta para algumas perguntas geradas nos livros anteriores.
No final de "Sussurros ao luar" Kylie decidiu ir morar com o seu avô para aprender mais sobre o que é ser um camaleão. O quinto livro começa com Kylie morando com seus familiares há 13 dias, ou seja, a história começa duas semanas após o término do quarto livro. Enquanto passa tempo com seu avô, Kylie sente-se dividida em sua lealdade, pois apesar de amar e respeitá-lo e a sua tia Francyne, ela possuí laços muito fortes com o pessoal do acampamento.
O seu retorno ao acampamento traz um pouco mais do mesmo, pois tanto Derek quanto Lucas vão disputar a sua atenção, junto com as confusões amorosas que adolescentes sempre se envolvem, dessa vez focando no relacionamento de Miranda e Perry. Além disso, temos um novo fantasma misterioso para lidar: uma mulher com uma espada, que terá grande significado no destino da protagonista.
Um dos pontos positivos da série são os personagens secundários e suas personalidades marcantes, como Della, Miranda e Perry. São personagens que trazem leveza a trama, com situações engraçadas e fofas. Falando em momentos fofos do livro, um dos casais que ganhou destaque nessa categoria foi Holliday e Burnet. O improvável casal passa o livro todo deixando um grande sorriso no rosto do leitor.
Mas engana-se o leitor que acredita que o final não foi bem pensado,  pois a obra não teve pontas soltas. Todos os personagens tiveram uma história final, um encerramento de sua trajetória. Faltou uma cena clímax mais forte, um momento UAU, mas no geral, foi um ótimo desfecho. A trama envolveu todos os aspectos da vida de Kylie: sua vida antes do acampamento, sua mãe, seu padrasto, Daniel, os pais adotivos de Daniel, os Brightens, seu avô, sua tia, seus amigos, a sua linhagem, o confronto com Mario e a sua gangue e o seu coração.
Em relação à diagramação, revisão e layout foi realizado um bom trabalho. O único problema que foi encontrado na obra foi que em determinado momento da leitura, trocaram o nome do novo professor de história. Foi um erro bobo que aconteceu uma única vez.
A escrita da autora como sempre é viciante. Foi impossível largar o livro até chegar ao final. A capa segue o design das capas da série, e chama a atenção.

" - Não, você está errada. Eu não dei a ela a minha alma. Eu menti. Eu não poderia ter dado a ela a minha alma. Porque eu já tinha dado a minha alma. Você a roubou quando eu tinha 7 anos de idade. - A voz dele tremeu - E se ainda restasse uma parte dela comigo, você teria pego o resto quando entrou em Shadow Falls naquele primeiro dia". (p. 84)

Espero que tenham gostado da resenha.
Aguardo comentários.
Beijos
Carol



Um Comentário

Comentários ofensivos e/ou preconceituosos não serão aceitos.

Obrigado por visitar e comentar.