Bom dia Leitores do Acordei! Vamos conferir quais autores passaram pelo Divã do Acordei nos meses de Setembro e Outubro?



Biografia - Amanda Marchi, nascida na capital, mora atualmente no Rio de Janeiro, onde é estudante de Letras da UFRJ. Aos 18 anos estreou no mercado editorial com seu livro 'A garota da casa grande', um romance lésbico sobre amor e aceitação.Entrevista




Biografia – “Sou Marina, mineira, capricorniana, professora, jornalista, casada com Rogério Rocha, mãe de dois filhos: Hugo e João. Passo os dias diante de um objeto plano e retangular, seja o quadro negro da escola onde trabalho ou a tela do computador. Portanto, faço o que gosto, pois escrever é uma de minhas maiores alegrias. A leitura é importante para mim e deixo sempre bem claro que gosto de muitos gêneros, mas costumo pender para as histórias de amor. Afinal, quem não gosta de um final feliz? Assim como os filmes "água com açúcar", os romances têm a magia de deixar o meu dia mais leve. Mas aprecio também um bom suspense, com direito a assassinatos misteriosos, além da literatura histórica, que retrata personagens do passado. Só não gosto mesmo é de autoajuda (nada contra quem curte). É que, por ser meio prática, as teorias me cansam um pouco. Minha paixão pela leitura começou quando eu ainda era bem pequena, com as revistinhas da Turma da Mônica. Minha mãe assinava e eu ficava esperando ansiosamente pela chegada delas todos os meses. Quando as histórias em quadrinhos não eram mais suficientes, passei a ler os livros da Ediouro, e aí tive acesso à literatura. Conheci Ana Maria Moretzsohn, Pedro Bloch, Louisa May Alcott, Sulema Mendes, entre tantos autores que escreviam para um público juvenil ainda tímido, que não tinha o costume de ler por prazer. Devorei "Como uma onda no mar", "As filhas do Dr. March", "Júlia dos sete aos dezessete", "Marina, Marina"... Ih! Já perdi a conta. Mais tarde, lá pelos 16 anos, conheci Agatha Christie e Sidney Sheldon e os dois passaram a ser meus escritores favoritos naquela época (ela, "A rainha do mistério", ainda mais do que ele). E foi assim. Sempre um livro debaixo dos braços e na cabeceira da cama. Meus companheiros de todas as horas. ESCRITORA - Minha história ter sido aceita pela editora Novo Conceito foi um dos momentos mais emocionantes da minha vida. E a fase pré-publicação é como uma gestação: sinto-me realizada, mas ansiosa. Nada se compara a essa sensação. Retirado de: Clique aqui. Confiram a entrevista clicando Aqui








Sobre a autora:  Tammara Webber escreve livros para jovens e adultos. Ela se descreve como uma romântica incorrigível que adora livros com final feliz, porque já existem muitos finais tristes na vida real. Antes de ser escritora em tempo integral, ela foi orientadora acadêmica na Universidade do Texas, monitora de economia, gerente de planetário, atendente de clínica de radiologia e a pessoa mais pálida que já trabalhou num salão de bronzeamento artificial.  Tammara se casou com o namorado da época de escola, com quem tem três filhos e quatro gatos. Entrevista


E então Leitores do Acordei, o que acharam das entrevistas?
Aguardo comentários.
Beijos
Carol




Deixe um comentário

Comentários ofensivos e/ou preconceituosos não serão aceitos.

Obrigado por visitar e comentar.