Sinopse - "Quando você não pode confiar em suas lembranças, em quem acreditar? A vida de Anna está cercada de segredos. Seu pai trabalha para a Agência e lidera um projeto confidencial: monitorar e coordenar o tratamento de quatro rapazes alterados geneticamente, que vivem no laboratório localizado no porão de sua casa. Nick é formal e taciturno, Cas é alegre e brincalhão, Trev é inteligente e carinhoso, e Sam é o dono do coração de Anna. Por algum motivo, eles perderam a memória e não se lembram de fatos fundamentais que viveram. Quando a Agência decide que é hora de levá-los, Sam organiza uma fuga, e o pai de Anna a instiga ir com eles. Diante desse estranho acontecimento, e do pedido dele ao jovem para que mantenha a filha longe da organização a qualquer custo, ela começa a questionar tudo o que achava saber sobre si e logo descobre que ela e Sam estão conectados de uma maneira que jamais poderiam imaginar. E, se ambos quiserem sobreviver, deverão juntar as peças que reconstituem seu passado antes que a Agência roube deles o que ainda resta de sua vida".


Minha opinião - "Amnésia" é o primeiro livro da série Alterados publicada no Brasil pela Editora Gutemberg. A trama é narrada em primeira pessoa e o leitor acompanha através do ponto de vista de Anna o que está acontecendo com quatro jovens que estão morando no porão de sua casa, localizada em uma fazenda em NY. Anna é uma jovem solitária: seu pai é um workhalic que vive no porão realizando os testes nos jovens. Sua mãe faleceu quando ela tinha um ano de idade e ela estuda em casa tendo Arthur (o seu pai) como professor, com exceção das aulas de arte que realiza nos finais de semana na universidade. 
Quando ela tinha treze anos de idade, ela foi até o porão escondida e pela primeira vez teve contato com Sam, Nick, Cas e Trev. Os quatro jovens pareciam ter 16 anos de idade, mas na verdade tinham 18, pois o projeto permite que o envelhecimento seja mais lento. Indiferente em relação à diferença de idade, Anna se apaixona pelo misterioso Sam e retorna noite após noite para conversar com os jovens. 
Quatro anos se passam e algumas perguntas continuam em aberto: por que os rapazes não tem lembranças do passado? Qual é o objetivo do projeto? Qual é a relação entre os quatro rapazes? E qual é o papel de Anna nessa história?
São essas e outras questões que são respondidas nesse primeiro livro, que é repleto de ação, tensão e capaz de tirar o fôlego do leitor.
Conforme o grupo começa a procurar por respostas, a trama ganha um ar de livro de espião, repleto de segredos e mentiras, onde os jovens protagonistas arrasam no desempenho com lutas incríveis e pensamentos rápidos.
A escrita é dinâmica e fluida e o leitor não percebe que terminou a leitura. A autora consegue manter uma certa "tensão" do começo ao fim da trama, fazendo com que suspeitemos de tudo e de todos. 
Existem alguns pontos de reviravolta na história que foram bem desenvolvidos e não levantam suspeitas durante a leitura. 
Os personagens são carismáticos e encantadores, sendo que a interação entre os rapazes e Anna seja diferente com cada um deles. 
Uma trama bem elaborada, com personagens cativantes e uma história incrível "Amnésia" é uma premissa positiva dessa nova série, que fará com que os fãs do gênero acompanhem e fiquem na expectativa pelos próximos livros.
Em relação à revisão, diagramação e layout a editora realizou um trabalho excelente. A capa é simples e ao mesmo tempo traz vários pequenos detalhes que chamam a atenção. 


""Você sente falta de sua mãe?", Trev perguntara.
Apoiei o quadril na parede de vidro. "Sinto falta da ideia dela".
"Você e eu somos a soma de um vazio deixado pela ausência de alguém que amamos"". (p. 73)

Deixe um comentário

Comentários ofensivos e/ou preconceituosos não serão aceitos.

Obrigado por visitar e comentar.