Patrícia Gomes era uma jornalista em busca do furo de reportagem que alavancaria sua carreira. Linda e destemida, vivia em uma cidade do interior dominada pelo tráfico de drogas e desafiava seu editor a romper o silêncio que cercava as atividades criminosas. A chegada do novo chefão de uma facção rival acirrou o conflito entre os bandidos e colocou a cidade em pé de guerra. Era a oportunidade que ela precisava para fazer a matéria que revelaria os detalhes sobre o crime organizado e a projetaria em sua profissão. O que ela não contava era ser capturada por Marco, o italiano que estava à frente da batalha. Implacável, taciturno, misterioso, indecifrável... Aquele homem representava tudo o que ela mais abominava. No entanto, emanava poder e sensualidade, e Patrícia viu-se entregue a seu magnetismo. Um inimigo, que lhe instigava sentimentos contraditórios e a levaria à beira da insensatez.

Alma despida foi desenvolvido a partir de várias confissões feitas de pessoas que sofriam dores de amor, que padeciam de paixão, consumidos pela ilusão de encontrar em alguém a felicidade. Alimentados pela ânsia de viver um grande amor, seres que transcenderam quando tiveram de romper com uma realidade na procura de uma nova situação, sendo delas extirpadas seus mais nobres sentimentos. Assim nasceu esta cativante antologia poética, uma reunião dos mais nobres e contraditórios sentimentos extraídos dessas experiências.
Neste segundo livro da série A Lenda dos Cristais, as sete ruivas se reúnem novamente na aldeia dos Dracheroter, já que uma delas, Meredith, acredita que o temível Cien está de volta. Contudo, desta vez, elas precisarão de um plano infalível, e é com esse mesmo objetivo que o povo de Dracheroter e seu novo protetor, Dean, procuram reunir mais seis bruxos para um ritual a fim de acabar de uma vez por todas com a ameaça do mago das trevas. Cien, por sua vez, planeja vencer a qualquer custo esta batalha, buscando auxílio de seus aliados e o poder de um misterioso anel. Além disso, ele pode ter um grande trunfo em mãos por unir-se a uma poderosa e enigmática bruxa.

Analisar os sistemas estelares pode ser bem arriscado. Dezoito de Escorpião, identificada como uma estrela gêmea do nosso Sol, é uma descoberta astronômica sem precedentes. Contudo, tal revelação põe em risco o maior segredo da Terra: Muhipu, uma comunidade secreta no coração da selva, protegida por tribos indígenas ancestrais, guardando experiências para além do conhecimento comum: a tentativa de contato com superinteligências cósmicas. Oscilando no tempo, de 1929 a 2070, o leitor é apresentado a fatos científicos reais, reconstruídos ficcionalmente. Neste impressionante romance, o autor Alexey Dodsworth se vale de seu largo conhecimento em Astronomia e Filosofia para compor um intrigante drama que explora a antiga pergunta: “estamos sós no universo?”.






Neferet está agora mais poderosa do que nunca, e sua busca por vingança ameaça as vidas não apenas de Zoey e seus aliados, mas de toda a humanidade. O caos impera em Tulsa, e todos passam a culpar a Morada da Noite por isso. Poderá Zoey impedir os planos terríveis de Neferet a tempo, antes que seu ódio possa desencadear uma guerra de consequências devastadoras? A série House of Night é um dos maiores fenômenos do mercado editorial, tendo alcançado a primeira posição na lista dos mais vendidos em países como Estados Unidos, Alemanha e Reino Unido, mantendo-se na lista de best-sellers do The New York Times por cerca de 150 semanas consecutivas. Agora, no penúltimo capítulo dessa aclamada série, a ação é ainda mais eletrizante, e os riscos são ainda maiores na batalha de Zoey e de seus amigos para proteger sua escola – e seu lar – da destruição. Ao mesmo tempo, os cativantes personagens criados por P. C. e Kristin Cast têm de lidar com seus sentimentos, com o jogo de amizades e traições e com o dia a dia entre as paredes da Morada da Noite.

"Retornando a sua terra natal, Myrddion Merlinus encontra uma nação dominada pelo medo e pelo caos. A Britânia está imersa em uma guerra sanguinária contra os invasores saxões, e Myrddion, obrigado a jurar total obediência para salvar a vida de seus companheiros, coloca seus dons de curandeiro a serviço do Alto-Rei, Ambrósio, um homem sábio e justo.
Mas as malhas do destino farão esse conselheiro dos reis responder a um novo senhor: o grande Uther Pendragon, que fará tudo para que as habilidades de Myrddion o aproximem cada vez mais de seus objetivos – e o afastem de sua própria loucura.
Em um terrível jogo de sofrimento e sacrifício, o curandeiro deverá mais uma vez lutar por sua sobrevivência e pela glória de seu povo, tendo apenas como consolo sua própria profecia
de que tudo aquilo não será em vão."

Remington Tate tem a reputação de ser um bad boy, dentro e fora dos ringues. É conhecido também pelo corpo escultural e pelo poder, sexy e selvagem, que emana de cada gota de suor, levando toda e qualquer mulher que o veja a um verdadeiro frenesi. Em seus olhos, brilha um desejo brutal, devastador e REAL. Brooke, uma especialista em fisioterapia esportiva, é contratada para manter aquele corpo funcionando como uma máquina mortal. Esse parecia ser seu emprego dos sonhos, mas, ao circular pelo perigoso circuito de lutas clandestinas com Tate e sua equipe, Brooke passa a ser dominada por um novo sentimento, um fogo e uma necessidade com os quais ela não sabe lidar. O que começa com um simples flerte pode virar uma obsessão sexual incontrolável. Terríveis segredos serão revelados, e Brooke deverá lutar para manter-se sã, discernindo o que há de real e o que é pura ilusão em seus próprios sentimentos.

A Única coisa
Tudo bem, não há nada de errado em se dedicar a seu trabalho, a sua família, a seu futuro. A questão é: você está focado no que é realmente importante? Você dedica, hoje, a maior parte de seu tempo a alguma coisa, uma ÚNICA Coisa, que sintetize seus sonhos, seus desejos, suas aspirações? Os resultados que você obtém são diretamente influenciados pelas escolhas que faz. Alcance resultados extraordinários em todas as áreas de sua vida. Acabe com a desordem de sua rotina, siga e mantenha-se firme em direção a sua meta. Torne-se um mestre no que realmente importa para você. Focando em sua ÚNICA Coisa, é possível alcançar mais, fazendo menos. Qual é a sua ÚNICA Coisa?
Eles acreditavam que toda informação deveria ser livre, e eram capazes de invadir seu site se você discordasse disso. Combatiam o sistema e toda forma de governo imposta. Alegavam que não se tratava apenas de um grupo organizado, mas sim de pessoas dispostas a “tudo ou nada”. A descrição mais próxima seria uma “marca”, um “símbolo”, um “coletivo”. Suas poucas regras eram como aquelas do Clube da Luta: não fale sobre o Anonymous, não revele sua verdadeira identidade e não ataque a mídia. Naturalmente, o anonimato dava a eles a liberdade de cometer certos delitos, como invadir servidores privados, roubar dados secretos de uma empresa, derrubar um site e depois devolvê-lo, completamente desfigurado. Algumas destas ações poderiam, inclusive, ser consideradas crimes, condenando-os à prisão por dez anos ou mais. Mas os Anonymous não pareciam se importar. Eles enxergavam força e proteção em números. Postavam seus agourentos slogans em blogs, sites invadidos e em todo lugar possível: Somos os Anonymous Somos a Legião Não perdoamos Não esquecemos.

Deixe um comentário

Comentários ofensivos e/ou preconceituosos não serão aceitos.

Obrigado por visitar e comentar.