Sinopse - "Stark McClellan tem 14 anos. Por ser muito alto e magro, tem o apelido de Palito, mas sofre bullying mesmo porque é “deformado”, já que nasceu apenas com uma orelha. Seu irmão mais velho, Bosten, o defende em qualquer situação, porém ambos não conseguem se proteger de seus pais abusivos, que os castigam violentamente quase todos os dias. Ao enfrentar as dificuldades da adolescência estando em um lar hostil e sem afeto – com o agravante de se achar uma aberração –, o garoto tem na amizade e no apoio do irmão sua referência de amor, e é com ela que ambos sobrevivem. Um dia, porém, um episódio faz azedar terrivelmente a relação entre Bosten e o pai. Para fugir de sua ira, o rapaz se vê obrigado a ir embora de casa, e desaparece no mundo. Palito precisa encontrá-lo, ou nunca se sentirá completo novamente. A busca se transforma em um ritual de passagem rumo ao amadurecimento, no qual ele conhece gente má, mas também pessoas boas. Com um texto emocionante, personagens tocantes e situações realistas, não há como não se identificar e se envolver com este poético livro".

Minha opinião - "Minha metade silenciosa" é um livro espetacular, que traz em uma linguagem simples e ao mesmo tempo poética uma história cheia de tristezas e ao mesmo tempo fala de amor.
O livro é narrado em primeira pessoa e apesar da história se passar em Washington poderia acontecer em qualquer lugar do mundo. 
Stark tem 1.82m apenas 13 anos de idade e nasceu sem a orelha direita. Quem o conhece o chama de palito e ele é constantemente provocado na escola, mas o fato mais importante é que ele mesmo odeia a "feiura" dele. Sua melhor amiga é Emily Lohman, uma jovem um pouco solitária na escola também, mas tem um bom senso incrível e é uma maravilhosa, criada por pais adoráveis. E talvez seja esse o motivo pelo qual Stark goste tanto de passar um tempo na casa dela, pela "normalidade".
Além de Emily, a única pessoa com quem Stark pode contar é seu irmão mais velho Bosten, que é extremamente protetor com Stark. A casa dos dois é opressiva e seus pais são agressivos.
A relação entre Stark e Bosten é emocionalmente desgastante para o leitor, mas de modo positivo. Acompanhar como esses dois se protegem,  sofrem juntos e enfrentam um mundo de dor e decepção nos deixa com o coração apertado e ao mesmo tempo cria uma necessidade de acalentá-los e ajudá-los diante de toda essa jornada.
A jornada desses dois irmãos começa quando Stark realmente começa a ver a verdade sobre a vida familiar e também a entender os segredos guardados pelo irmão. 
O modo como Stark refere-se a si mesmo é em muitos momentos dolorosos, pois ele tem uma visão triste sobre si, mostrando que tudo o que ele passou e continua passando o torna um jovem atormentado. Um dos aspectos emocionantes da leitura é acompanhar a força de Stark, mesmo quando ele não se dá conta disso. E é claro, o relacionamento incondicional entre ele e Bosten, dois jovens quebrados que se completam para enfrentar o mundo.

"Acredito que, de diversas formas, as memórias são como os sons que ficam presos dentro da minha cabeça. Eles ficam só rodopiando lá dentro em seu próprio ritmo, criando a própria ordem, fazendo suas próprias contas". (p. 248)

O livro trata de várias temáticas fortes, falando desde bullying até de drogas, mas também traz uma mensagem de esperança, apresentando personagens que poderiam simplesmente serem anjos, como Sutton ou a tia Dahlia.
Em relação à revisão, diagramação e layout a editora realizou um trabalho fantástico, começando por essa capa incrível e reforçando  o aspecto emocional do livro com a maneira que formatou o texto do início ao fim. Foi um dos mais belos trabalhos editoriais que já tive a oportunidade de conhecer.

"Ela aprisionou meu coração dentro da minha cabeça. Tudo estava mudando. Tudo, menos aquela metade silenciosa da minha cabeça". (p. 59)

2 Comentários

  1. Ótima resenha.... Parece ser um livro super interessante.

    http://foreverabookaholic.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Oi, Carol.
    Adorei a resenha.
    Vi vários anúncios do lançamento desse livro, mas não tinha ideia do que se tratava e que era um livro tão profundo! Vou colocá-lo na minha lista de desejados!
    Beijos
    Camis - Leitora Compulsiva

    ResponderExcluir

Comentários ofensivos e/ou preconceituosos não serão aceitos.

Obrigado por visitar e comentar.