Sinopse - "Estamos em 2017. Cientistas descobrem um planeta vermelho em rota de colisão com a Terra. Depois de muito pânico nos quatro cantos do mundo, eles asseguram que passaria a uma distancia segura. E todos ficam tranquilos acreditando que nada iria acontecer... Mas não podiam estar mais enganados. No dia em que o planeta estaria mais visível, enquanto todo mundo se preparava para observar o fenômeno a olho nu, um grupo seguia para um compromisso chato: trabalhar num sábado na empresa de processamento de dados, pois estavam com muitos projetos atrasados. Na hora do almoço, 16 pessoas entram no elevador... mas ele pára entre dois andares. As comunicações não funcionam, nem alarmes, nem celulares, ninguém aparece para ajudar. E eles não sabem que, em todo o mundo, algo muito estranho aconteceu. Em poucos segundos, 10 pessoas caem num surto coletivo, como que desmaiadas. Entre o desespero, tentativas de busca por ajuda, um deles começa a abrir os olhos, mas eram olhos vazios, olhos do mal... Este livro conta uma história que ocorre no exato momento em que o nosso mundo se transforma. Traz personagens que vivem o intenso evento cósmico que mudaria a Terra para sempre". 


Minha opinião - "Elevador 16 - As crônicas dos mortos" é um spin-off derivado da série "As crônicas dos Mortos" do escritor nacional Rodrigo de Oliveira. O livro narra em terceira pessoa os acontecimentos que ocorreram em uma empresa de desenvolvimento de sistemas em São Paulo, no dia 14 de julho de 2018. A data não é tão específica a toa e faz com que o leitor reflita sobre a relação dos acontecimentos com Absinto.
A protagonista desse livro é Mariana Fernandes, uma jovem com seus 20 e poucos anos que está passando por um turbilhão emocional na sua vida pessoal. Mariana é inteligente, sagaz e consegue ter uma percepção bem clara dos acontecimentos de maneira rápida, mesmo quando sua vida está em perigo.
A escrita do autor é dinâmica e coesa e o leitor acompanha momentos de tensão e suspense mesclados com cenas de ação e desespero. 
Um dos pontos de destaque da obra é que ela se passa em São Paulo, mas se esse fato não fosse explicado no livro, o leitor poderia imaginar a história ocorrendo em qualquer lugar do mundo. Os elementos descritos na trama, os problemas pessoais da personagem e as escolhas que ela realiza são universais. 
A luta pela sobrevivência,  as decisões tomadas em situações de risco, a perda de pessoas queridas, tudo isso e muito mais é discutido em apenas 78 páginas de pura adrenalina. 
Os personagens secundários como Raul, Mayara, Joana, Zotto, Antonio, Robson e Rodolfo demonstram claramente como as pessoas poderiam agir em situações extremamente difíceis. A história possui tudo o que uma excelente obra sobre zumbis contêm: um mistério, personagens imperfeitos, uma devastação, suspense, adrenalina e muito, muito sangue.

"Alguns mastigavam avidamente tiras de carne ensanguentada, enquanto outros tinham grandes fragmentos de carne nas mãos ou pendendo dos lábios". (p. 28)

Em relação à revisão foi realizado um trabalho excelente e a capa é assustadora e traz elementos importantes da trama.

"Todos grunhiam como animais. Eram sons que nunca poderiam ser atribuídos a seres humanos. Eram gemidos das trevas, de seres sem alma e destinados a infligir sofrimento e morte aos homens.  ... Eram os lamentos dos zumbis".  (p. 32)

Ficou interessado no livro? Pois então é só clicar em um dos links abaixo, pois "Elevador 16 - As Crônicas dos Mortos" é GRATUITO!!

Saraiva - Clique aqui
PDF -  Clique aqui
EPUB - Clique aqui



7 Comentários

  1. Gostei da resenha, bem o tipo de história que eu gosto de conferir.
    Vou já baixar pra ler, beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Dany, tudo bem?
      Depois de realizar a leitura, venha nos contar o que achou ok?
      Bjkas

      Excluir
  2. Fiquei com muita vontade de ler, sou medrosa mas não resisto um suspense.
    Infelizmente não posso baixar PDF computador da firma em que trabalho, como moro na zona rural ainda não tenho meu próprio computador.
    Bjks de Pratinha!

    ResponderExcluir
  3. Esse capa me deu medo!kkkk. Eu amo ação e adrenalina, mas não sou muito fã de sangue e de terror. Mas vou colocar o livro na minha lista também, junto com o ''Vale dos Mortos'', e vamos ver se eu vou gostar. Espero que sim. E Tomara que não seja tão assustador como a capa.

    ResponderExcluir
  4. Oiee
    Esse gênero não é meu favorito,costumo mais assistir filmes nesse tema do que ler livros.
    Mas pode ser ótima experiência,e quem sabe eu passe a apreciar mais os livros desse estilo depois que o ler.
    E ele é grátis o que é uma maravilha,a capa está mesmo muito assustadora!
    beijos

    ResponderExcluir
  5. Não duvido que a história seja boa, mas esta temática me dá arrepios (sim eu sou medrosa e tenho pesadelos) o excerto retirado do livro me fez ter uma boa ideia que é um livro para corajosos, prefiro ficar com leituras mais amenas, mas para quem aprecia o gênero é uma ótima indicação...

    @jan_araujo7

    ResponderExcluir
  6. Gostei bastante de sua resenha, me fez olhar pra esse livro de uma maneira diferente. Vou querer ler com certeza, apesar de que essa capa (muito bem feita) me dá calafrios...

    bjs

    ResponderExcluir

Comentários ofensivos e/ou preconceituosos não serão aceitos.

Obrigado por visitar e comentar.