Sinopse - ""O bem e o mal conectados por palavras e um destino" A segunda carta de Lolla Dewitt é revelada, com seu último desejo para Cailey DeWitt. Cailey tem o dom das palavras. Quando escreve, ela consegue transmitir sentimentos, se conectar com a história de qualquer pessoa e até curar corações partidos. Porém, seu dom pode se tornar um pouco mais obscuro que isso. Lolla pede que ela envie uma de suas belas poesias a Jayce Hernandez, um detetive amargurado que perdeu a mulher amada e se afundou em escuridão. Por mais que Cailey não o visse com bons olhos, atendeu ao pedido da avó, e sua mensagem trouxe uma nova esperança para o policial. Contudo, Jayce logo tem a oportunidade de retribuir a ajuda de Cailey, que se vê perseguida por um assassino perigoso, capaz de se comunicar telepaticamente com ela através de seus textos. Tentando se salvar de um homem obcecado, Cailey precisa contar com Jayce para proteger-se. Mas o que ela não contava era que os segredos que iria descobrir poderiam mudar sua vida para sempre".

Contêm Spoilers do primeiro livro!



Minha opinião - Para quem acompanha as garotas DeWitt sabe que Cailey sempre foi a mais impulsiva delas e que no primeiro livro sofreu uma terrível violência. Após tal acontecimento, Cailey se tornou mais introspectiva e fechada, trabalhando com Faith na floricultura. 

"Ela era como aquelas nuvens cinzentas, melancólicas, mas que simplesmente não explodiam em tempestades. Ela também era silenciosa como aquele céu... sem lágrimas, sem gritos, apenas dor". (p. 11)

Jayce perdeu a mulher que amava no primeiro livro. Depois disso encontra-se em um espiral de autodestruição, não ligando mais para o trabalho ou qualquer outra coisa. 
O caminho dos dois se cruzam novamente quando Lolla pede que a neta escreva para Jayce, e o tira da escuridão.
Como Faith, Cailey tem um talento poderosíssimo, só que o dela envolve seus textos. A palavra tem poder e para ela nada poderia ser mais verídico. O problema é que seu poder acaba esbarrando no "Poeta Sombrio", alguém que tem o dom semelhante ao dela e que o utiliza para fazer todos sofrerem de modo terrível.
A química entre o casal é inegável e o leitor acompanha o desenvolvimento do afeto, carinho e até mesmo do amor.
Cailey começa a avaliar a sua vida de modo sério, tentando vencer seus medos e inseguranças. A interação entre as três DeWitt continua forte e muito bonita de se observar.
O livro tem um enredo forte, personagens carismáticos e um início de relacionamento belíssimo.
A escrita da autora continua cativante, com uma delicadeza extrema nos momentos certos. A história é coesa, bem desenvolvida e prende a atenção do leitor.
Em relação à revisão, diagramação e layout foi realizado um trabalho excepcional. As folhas internas são mais escuras, no início de cada capítulo tem uma frase, que ao juntarmos todas surge um poema emocionante escrito pela autora: 


"Palavras selam destinos incompreendidos
Fazem brotar luz da escuridão
Em silêncio, tecem fios de esperança
No mais incrédulo coração
Mas, eternas, almas selam o pacto
Aventurando-se em mentes cansadas
Dançando melodias amaldiçoadas
Que pressentem a mais pura ilusão
E imperfeitos sentimentos adormecem
Esperando sonhos com uma doce magia
Que faça nascer flores no vazio
Que transforme ódio em poesia
E traga luz ao mais triste caminho
Mas a verdade sempre brilha na aurora
Salvando tudo que está perdido
Revelando segredos, revelando memórias
Curando aos poucos um espírito ferido
E mesmo que sombras impeçam a luta
Tudo o fim irá recompensar
Pois será o amor, então, a triunfar"
(Bianca Carvalho)


E existem muitos outros detalhes internos maravilhosos. A capa é simplesmente apaixonante e está totalmente relacionada com o tema.



Deixe um comentário

Comentários ofensivos e/ou preconceituosos não serão aceitos.

Obrigado por visitar e comentar.