Quando Eu Era JoeSinopse - Imagine o que é perder, em uma única noite, sua casa, seus amigos, Como é possível viver mentindo sobre todas as coisas? Sua escola e até mesmo o seu nome. Aos 14 anos, Ty presencia um crime bárbaro num parque de Londres. A partir desse momento, tudo muda para ele: a polícia o inclui no programa de proteção à testemunha, e Ty é obrigado a assumir uma vida diferente, em outra cidade. O menino ingênuo, tímido, que costumava ser a sombra do amigo Arron, matricula-se na nova escola como Joe... E Joe não poderia ser mais diferente de Ty: faz sucesso com as meninas, torna-se um corredor famoso... Joe é tão popular que acaba incomodando os encrenqueiros da escola. Ser Joe é bem melhor do que ser Ty. Mas, logo agora, quando ele finalmente parece ter se encaixado no mundo, os atentados e ameaças de morte contra sua família o obrigam a viver no anonimato, em fuga constante e sob a pressão de prestar depoimentos sobre uma noite que ele gostaria de esquecer. Um livro – de tirar o fôlego! – sobre coragem e sobre o peso das consequências do que fazemos.
Minha resenha


Esse livro é a estréia no mundo literário de Keren David. "Quando eu era Joe" é o primeiro livro da série, e foi publicado pela Novo Conceito. O livro conta a história de Ty, um menino que testemunhou um crime, e agora está incluído no programa da policia, agora ele também é obrigado a mudar de nome, de cidade, agora ele se se tornou em Joe.

Bem diferente do antigo Ty, Joe começa a ficar popular na escola, conquista garota e tem problemas com os meninos do time da escola. Só que agora ele tem que escolher entre sua família ou contar a verdade sobre a noite que ele queria muito esquecer.

Não sou muito ligada a livros com histórias policias, gosto mais de romances ou sobrenaturais, mas quando comecei a ler esse livro eu gostei, não li rapidamente, foi o livro que mais demorei para ler #confesso. Keren consegui me cativar em seu primeiro livro, pois há algum suspense e bastante cenas de ação, o que torna o livro eletrizante.

Achei que a autora construiu muito bem os personagens, cada um tem a sua personalidade. O legal também é que a autora aborda vários assuntos, como bullyng, a gravidez na adolescência e outras coisas. Acho legal quando o autor envolve esses assuntos, pois para os jovens de hoje é bom.

Gostei da forma como a autora escreve, e espero que não demore muito para o segundo livro ser lançado aqui no Brasil. Um  livro que te faz pensar e vai fazer os jovens pensar nas escolhas da vida.

O trabalho da Novo Conceito está ótimo, tudo bem que eu não gostei muito da capa, mas ela não está feia. Também achei a revisão ótima e a diagramação, parabéns a editora pelo trabalho. E ai quem leu o livro, me fala o que achou.


Beijos para todos.

2 Comentários

  1. Pera ai, mentira que esse livro tem um 'quê' policial? Sério? Agora sim fiquei com vontade de ler, ainda mais sabendo que seus gostos literários não fizeram você deixar de querer ler o livro. Preciso lê-lo, imediatamente. - Felipe (A Hora do Livro)

    ResponderExcluir
  2. Eu adoro tramas policiais e fiquei com muita vontade de ler esse livro, parece muito bom, achei a capa com cara de livro teen e embora não goste do gênero, achei linda!

    Estandy Books - A Estante Da Andy

    ResponderExcluir

Comentários ofensivos e/ou preconceituosos não serão aceitos.

Obrigado por visitar e comentar.