Sinopse Conto distópico. E se um dia o Sol não nascesse?

Minha opinião - Nesse conto conhecemos Lua, uma adolescente de 17 anos que tem a sua vida transformada quando o Sol resolve morrer... Sim, isso mesmo!! É claro que é muito cruel e injusto com uma garota que tem muitos sonhos e desejos morrer tão cedo, então ela corre atrás de pelo menos um deles: conhecer Gabriel, seu paquera na internet. Com a ajuda da vizinha fofoqueira D. Vera, Lua se envolve em uma aventura em tanto.
"O dia que o sol não nasceu" é um conto de leitura rápida, com escrita fluida e dinâmica. 
Apesar do tema ser sério, a personalidade de Lua traz uma certa leveza a história, conseguindo até mesmo arrancar um sorriso do leitor.
O que você faria se o sol não nascesse mais e o seu tempo estivesse contado?

"Quem acredita sempre alcança, quem acredita sempre alcança".  (p. 16)




Sobre a escritoraBianca Sousa é blogueira (clique aqui), designer, marketeira e escritora! Participou da coletânea "A arte de enganar o Google" publicado pela editora Terracota em 2013. Casada, viciada em séries e chocolate, gosta de histórias que a fazem chorar, mas adora rir também. Do Rock à música clássica, aprendeu a “dançar conforme à música”. Não à toa, tem uma vida agitada como qualquer paulistana, mas não abre mão de um fim de semana sossegado na companhia de seus dois cachorros e um gato danado. Ufa!

Deixe um comentário

Comentários ofensivos e/ou preconceituosos não serão aceitos.

Obrigado por visitar e comentar.