Sinopse - "Albert tem 15 anos e acaba de receber um convite que pode transformar sua vida e de sua família para sempre: a chance de pertencer a uma sociedade avançada que só é revelada a um grupo especial de pessoas escolhidas. Com a perspectiva de viver melhor, seus pais e sua irmã gêmea Ruth mergulham em um novo e empolgante mundo, em que a tecnologia extremamente desenvolvida torna tudo mais fácil e divertido, ao mesmo tempo em que o contato com a natureza preenche os dias com paz e tranquilidade. Porém, uma série de acontecimentos inusitados os faz desconfiar que há algo de estranho por trás daquele local aparentemente perfeito, de justiça e liberdade. Após receber ameaças, a família é arrastada para o centro de um escândalo, com séries acusações, tornando seu destino incerto, perigoso e obscuro. E muito longe do local que costumavam chamar de casa". 


Minha opinião -  "Os escolhidos de Gaia" é um livro repleto de aventuras com um núcleo familiar cativante e amoroso. Narrado em terceira pessoa, o livro conta a história da família Klein.
Albert é um adolescente que se sente excluído socialmente, pois não tem a facilidade de fazer amigos como a sua irmã gêmea Ruth. Albert é introspectivo e se sente desajeitado. É tímido e dificilmente inicia uma conversa, enquanto sua irmã tem uma desenvoltura natural para brilhar e chamar a atenção. Sua mãe Sarah é uma mulher amorosa e dedicada a família e seu pai Victor é um astrônomo renomado extremamente dedicado ao seu trabalho e Sabão, o cachorro da família, é simplesmente uma graça. 

" - Parece que o Sabão adorou! - Sarah apontou para o cão basset, que devorava feliz um pedaço de carne que Victor sem querer tinha deixado cair no chão.
- O Sabão? - repetiu Albert, cuspindo discretamente a comida em um guardanapo. - Ele come até a maquiagem da Ruth e as minhas meias sujas! Ele não vale!" (p.08)

Albert vem tendo alguns sonhos estranhos que não consegue explicar, mas são tão realistas que o deixam sem ar. E não é só isso... seu pai Victor também está tendo dificuldades para explicar um fenômeno que percebeu em seu trabalho. A explicação para esses eventos é simples, mas ao mesmo tempo espetacular: eles foram escolhidos para irem morar em Gaia, um planeta totalmente avançado e pacífico.
A vida dessa pacata família muda completamente. Não são apenas os incríveis hábitos dos gaianos, mas também as novas amizades que surgem.
Entre novas amizades e possíveis amores, os irmãos vão descobrir que nem tudo é tão perfeito em Gaia..... e essa descoberta irá levá-los a aventura de sua vida!
A escrita da autora é viciante. É dinâmica e ao mesmo tempo ritmada, deixando o leitor na expectativa pelos próximos acontecimentos. 
A construção da trama é perfeita. O livro vai desenvolvendo a história de modo que a cada descoberta o livro se torne mais e mais interessante. Cada nova tecnologia apresentada, cada personagem novo, cada peculiaridade de Gaia é fascinante. 
O livro é uma conscientização não apenas dos cuidados do meio ambiente, mas também sobre os pré-conceitos que os seres humanos ainda carregam. Ao mesmo tempo é uma lição valiosa sobre os laços familiares e amizades e também apresenta a inocência do primeiro amor.
É uma leitura rápida e contagiante. Impossível ler "Os escolhidos de Gaia" e não querer participar de pelo menos um dos acontecimentos, como as Olimpíadas ou cobiçar uma de suas modernidades (eu preciso de um guarda-roupas de Gaia urgentemente!!!). 

"- As pessoas podem ser muito complicadas. Algumas são endurecidas pela vida, ficando amargas e vazias... É estranho, mas algumas podem encontrar prazer na dor dos outros... Mas algumas podem se tornar a melhor parte de sua vida, elas confortam você e podem trazer felicidade sem pedir nada em troca". (p. 177)




Sobre a escritoraÉ advogada, roteirista, escritora e atriz. Nasceu no Rio de Janeiro, mas mora há quase uma década no sul da Califórnia, nos Estados Unidos, onde trabalha na área jurídica de uma multinacional. Antes de se formar em Direito e de se mudar para o exterior, estudou teatro no Tablado e atuou em novelas e séries de televisão (entre elas Malhação, da TV Globo), no cinema e no teatro. Como roteirista, teve mais de vinte peças de sua autoria produzidas. Com este livro, seu talento literário já foi colocado à prova: escrito originalmente em inglês, foi primeiro autopublicado na Amazon, alcançando mais de 20 mil downloads, dezenas de comentários elogiosos e um convite para ser colunista do segundo maior jornal da Califórnia, The Orange County Register. Recebendo boas críticas de sites especializados nos EUA, figurou entre os livros mais bem resenhados da Amazon, sendo, inclusive, recomendado pela Kindle Owners Association. Os Escolhidos de Gaia foi inspirado em um sonho que Marcela Mariz teve ainda adolescente. Quase quinze anos depois, escreveu esta história, que agora chega ao Brasil pela Editora Gutenberg.





Um Comentário

  1. Olá, Carol.
    Depois de ficar um tempo sem poder comentar aqui por conta de um problema no ombro, finalmente estou de volta. Infelizmente não dá para comentar em todas as resenhas que perdi, mas pelo menos nas de abril dá! hehehe
    E para começar, adorei essa resenha e estou curiosa para ler essa história.
    beijos
    Camis - Leitora Compulsiva

    ResponderExcluir

Comentários ofensivos e/ou preconceituosos não serão aceitos.

Obrigado por visitar e comentar.