Sinopse - "Tully Hart é uma mulher ambiciosa, movida por grandes sonhos que, na verdade, escondem as lembranças de um passado de abandono e dor. Ela acredita que pode superar qualquer coisa ao esconder bem fundo os sentimentos de rejeição que carrega desde a infância... Até que sua melhor amiga, Kate Ryan, morre. Então, tudo começa a mudar para Tully, que se vê escorregando em um precipício cheio de memórias melancólicas e remédios para dormir... Dorothy Hart — ou Cloud, como era conhecida nos anos 1970 — está no centro do trágico passado de Tully. Ela abandonou a filha repetidas vezes na infância. Até que as duas se separaram de uma vez por todas. Aos dezesseis anos, Marah Ryan ficou devastada pela morte da mãe, Kate. Embora seu pai e seus irmãos se esforcem para manter a família unida, Marah transformou-se numa adolescente rebelde e inacessível em sua dor. Tully tenta aproximar-se de Marah, mas sua incapacidade para lidar com os sentimentos da afilhada acaba empurrando a menina para um relacionamento infeliz com um rapaz problemático. A vida dessas mulheres está intimamente ligada, e a maneira como elas vão rever seus erros e acertos constrói um romance comovente sobre o amor, a maternidade, as perdas e o novo começo. Onde há amor, há perdão..."


Por toda a Eternidade, é o segundo livro da série Firefly Lane. O primeiro é "Amigas para sempre" e foi publicado pela Editora Arqueiro. Bem se você ainda não leu Amigas para sempre seria interessante ler antes de "Por toda a eternidade", já que existem alguns fatos que acontece no fim do primeiro livro que aparece nesse, então o melhor é ler.


Quando eu li "Amigas para sempre" não me liguei muito na história, acho que estava em uma época chata que nada me agradava, mas agora lendo "Por toda a Eternidade" consegui me emocionar em algumas partes. Nesse livro conhecemos Tully Hart, uma famosa apresentadora, que entra em uma depressão profunda por causa da morte de sua grande amiga Kate Ryan. Todos já perderam uma pessoa querida, e sabem como é ruim, a pessoa ou sofre calada como os filhos e marido de Kate ou desaba como Tully.

O que acontece a seguir é que Marah Ryan, a filha de Kate, resolve fugir e conta os segredos de Tully para uma revista de fofoca em troca de dinheiro, então Tully definitivamente não consegue se reerguer, e se envolve em um grave acidente que a deixa em coma. Será que alguma coisa ainda pode ser feita por essa família e pela vida de Tully?


Kristin Hannah escreve de uma maneira que nem consigo explicar. Ela consegue nos envolver na história, e é incrível que muitos autores erram na maneira de colocar flashes do passado no meio do presente, mas Kristin não erra. Um livro que mexe com um tema bem difícil para algumas pessoas, a morte, como é difícil lidar com ela.

Um livro lindo que fala de superação, e que em cada pagina você é surpreendido. Tenho certeza que os personagens vão cativar cada um que ler. Sobre o trabalho da Editora, como sempre a Novo Conceito arrasa em seu trabalho.


Beijos


2 Comentários

  1. Oi, tudo bem?
    Ainda não li este livro, mas a cada resenha que leio, fico mais interessada por essa história.
    Adorei a resenha e o blog!
    Quando puder, entre no meu :)
    Beijos, Bru
    www.sobrelivroseetc.com

    ResponderExcluir

Comentários ofensivos e/ou preconceituosos não serão aceitos.

Obrigado por visitar e comentar.