A garota do ônibus
Sinopse - Não pense que vai encontrar, aqui, uma menina muito educada e refinada. Elisa é totalmente diferente disso. Fala o que quer e quando quer, mas no fundo é uma boa moça. Recém formada no segundo grau com sonhos e vontades como qualquer outra. A única diferença na sua história é como ela vê o mundo, do seu ponto de vista e da sua classe social. Quando consegue seu primeiro emprego de manicure e maquiadora, num salão, ela se depara com uma coisa inusitada: ao pegar o ônibus, ela percebe que todo mundo se conhece e que sabem os horários uns dos outros, como se fossem uma grande família. Elisa acaba conquistando a simpatia de todos e entrando . Com o passar do tempo, aquela louca família começa a ser parte da sua própria história e dos outros passageiros. 





Oi gente, tudo bem? Mais uma resenha nacional de um livro muito legal. Pelo menos eu amei e me diverti muito lendo. A primeira coisa que me chamou a atenção nesse livro foi a capa pessoal, adoro esse tipo de capa, que chama a atenção do leitor já de cara. Outra coisa bem legal nesse livro foi o trabalho da editora, gente que diagramação linda é essa? Sabe o numero de paginas? Então esse numero fica dentro de um ônibus, é a coisa mais fofa que já vi.

O livro é bem fácil de se ler, e me prendeu do começo ao fim. Narrado por Elisa, vamos acompanhar sua vida, o seu trabalho e o trabalho de seus pais. Elisa está com 19 anos, acabou de terminar o ensino medido e decidiu que é melhor arrumar um emprego, já que seus pais são catadores de lixo recicláveis, ganham pouco e ela se sente mal por isso.

Durante a procura pelo emprego, ela consegue um trabalho de manicure/maquiadora em um salão de classe alta, muito chique. Elisa não se sente intimidada com o ambiente, e com poucas palavras consegue arrancar diversas risadas do leitor.

"Sentei perto do sósia do Tom Cruise (aquele homem só podia ser irmão de uma estrela de cinema)". (p.76)

A maior parte da história se passa dentro do ônibus, e se engana quem pensa que por causa disso a trama fica repetitiva. Nessa história, Elisa faz amizade com o pessoal do busão e vira a Miss Busão, junto com duas meninas do salão. Uma das características da personalidade da Elisa que se destaca é que ela é bem barraqueira. Ela não tem papas na língua e fala tudo o que é necessário.

"- Tu vai ver! Vou fazer um estrogonofe de galinha é agora.
Nesse momento, puxei-a pelos cabelos e travamos uma luta, as pessoas do bar, em vez de separar, gritavam:
- Briga de gostosas!" (p. 117)

Gostei muito do tema usado pela autora, pois não vemos muito a realidade brasileira em livro nacionais. A mocinha sempre é rica ou até é pobre e casa com o um milionário, pelo menos nunca li um livro que mostrasse a realidade como esse.

Recomendo esse livro para quem quer uma leitura leve, engraçada e divertida, garanto que não vão se arrepender nem um pouco. O bom desse livro é que nos faz refletir sobre as verdadeiras amizades.

Beijos e mais beijos para vocês...


4 Comentários

  1. Olá! Estou louca para ler esse livro, tenho certeza que vou me identificar com ela. Amei sua resenha!

    Bjs
    Jéssica Rodrigues
    http://lilianejessica.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Jessica, leia sim, a história é ótima, eu amei ^^ Me identifiquei muito.

      Excluir
  2. Linda resenha, é gratificante ver não só o trabalho da editora reconhecido, como, e principalmente, o do autor em tecer uma trama atraente.
    Obrigado.
    Sollo Editorial

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Adorei o livro pessoal da Sollo, fora os detalhes que vocês capricharam muitoooooooooooooo.

      Excluir

Comentários ofensivos e/ou preconceituosos não serão aceitos.

Obrigado por visitar e comentar.