Primeiro amorSinopse - "Axi Moore é uma garota certinha, estudiosa, bem comportada e boa filha. Mas o que ela mais quer é fugir de tudo isso e deixar para trás as lembranças tristes de um lar despedaçado. A única pessoa em quem ela pode confiar é seu melhor amigo, Robinson. Ele é também o grande amor de sua vida, só que ainda não sabe disso. Quando Axi convida Robinson para fazer uma viagem pelo país, está quebrando as regras pela primeira vez. Uma jornada que parecia prometer apenas diversão e cumplicidade aos poucos transforma a vida dos dois jovens para sempre. De aventureiros, eles se tornam fugitivos. De amigos, se tornam namorados. Cada um deles, em silêncio, sabe que sua primeira viagem pode ser também a última, e Axi precisa aceitar que de certas coisas, como do destino, não há como fugir. Comovente e baseado na própria vida do autor, este livro mostra que, por mais puro e inocente que seja, o primeiro amor pode mudar o resto de nossas vidas".




Minha opinião - A sinopse do livro é bem explicativa. Axi é a garota certinha em todos os sentidos. Nunca fez nada errado, seguiu todas as regras. Então por que sua vida era uma confusão?


Narrado em primeira pessoa, a história é contada através de Axi, que cansada de tudo decide fugir e junto com ela, vai seu melhor amigo, Robinson. Os dois não poderiam ser mais opostos. Ela é toda certinha, gosta de ler e comer comidas saudáveis. Ele curte músicas, fast foods e viver o momento.

"- Não importa como é o fim, o que importa é que ele chega. Bum, e acabou. Mas a vida, Axi... Existem níveis de vida. Você pode vivê-la bem ou ser um sonâmbulo." (p. 228)

Existem alguns trechos tristes e a história dos dois é comovente. Um dos fatores interessantes do livro é que os dois são imperfeitos, cometem crimes e continuam seguindo em frente.

"O amor era mágico e infinito. Mas a sorte, no final das contas, não era." (p.215)


Os capítulos são curtinhos e a leitura é rápida (li em algumas horinhas).

Mais uma vez a editora realizou um ótimo trabalho de revisão. A capa é fofa, mas não gostei muito dela.
Bom pessoal, essa é a minha resenha. Não vou escrever mais senão vou acabar contando detalhes importantes da história ;)

"- Acho que acabei de viver o melhor momento da minha vida." (pág. 62)








2 Comentários

  1. Oi!
    Amo livros baseado em fatos reais. Parece ser um romance sem tanto conflituo e gostoso de se ler. Quero saber como eles cometerão crimes e quais serão eles! Gosto de leituras leves para distrair e esse parece ser o ideal.

    ResponderExcluir
  2. Olá!
    Eu sempre vejo esse livro nas redes sociais e achei a história bem fofa.
    Parece ser um livro bem clichê, mas que nos comeve e encanta.
    Beijinhos!
    http://www.eraumavezolivro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Comentários ofensivos e/ou preconceituosos não serão aceitos.

Obrigado por visitar e comentar.