Sinopse: Christopher é um aluno querido na escola, sempre cercado de amigos e garotas. Vivendo seu último ano do Ensino Médio, com uma vida confortável até então, Chris vê seu mundo abalado quando uma nova aluna surge na classe, atraindo seu interesse e despertando em seu coração sentimentos nunca antes experimentados. A princípio Chris e Clara pareciam ser incompatíveis, mas na medida em que vão se conhecendo, muito do que acreditavam começa a ser questionado e o amor surge inexplicavelmente.


Editora: Ases da Literatura (2ª edição, ano de 2014).




Minha opinião - "Um ano bom" é situado no universo jovem, onde os personagens vivem cheios de inseguranças e imposições sociais, onde existe as pressões que os grupinhos realizam e o medo constante de se tornar um pária.
Christopher é um dos garotos populares da escola: bonito, inteligente, carismático, anda com o grupinho que mais se destaca. Apesar de à primeira vista parecer um estereotipo, ele surpreende o leitor com sua falta de arrogância e verdadeira preocupação pelos amigos. 
Acontece que ele também possui as suas imperfeições, mas elas eram imperceptíveis até a chegada de Clara. 
Clara é a aluna nova que quer ser invisível. Seu objetivo é ir as aulas, se formar e seguir em frente. Não quer fazer amigos e muito menos chamar a atenção. E é aí que a ironia reside pois imediatamente desperta o interesse de Christopher. 
Quanto mais ela recusa as ofertas de amizade de Christopher, mais intrigado ele fica. E a partir desse momento, a vida dos dois sofrerá grandes mudanças. 
A história é contada em 35 capítulos e conta não apenas a vida escolar dos dois, mas também a familiar.
Christopher é criado por sua mãe, uma pessoa amorosa e compreensiva, pois seu pai faleceu. Ele ainda tem um irmãozinho mais novo, o Rafael, que é uma fofura só.
Clara teve uma infância complicada. Sua mãe Juliana a abandonou e Augusto, seu pai, tornou-se um homem amargurado e rude. 
Na escola Clara ainda tem que lidar com o ciúmes de Jéssica Monteiro, uma ex-ficante de Christopher que acredita ser a pessoa mais especial do mundo.
O livro traz algumas lições muito importantes para o leitor, como não deixar mágoas nos corroer e aprender a seguir em frente quando sofremos uma perda ou uma ofensa. O livro também fala sobre defendermos os mais fracos e que ficarmos omissos diante de uma situação difícil não nos torna isentos das consequências.

"- Sempre que eu converso com você eu me sinto mais forte, mais animado e mais apaixonado. Mesmo em todas as vezes que você me repeliu." (p. 80)


A história é leve e refrescante. Os protagonistas apresentam o amadurecimento que essa fase da vida nos concede, mas também um crescimento pessoal quando eles começam a encarar o mundo pela perspectiva do outro.
Em relação à revisão, diagramação e layout foi realizado um bom trabalho. Foram encontrados alguns errinhos (como por exemplo nas páginas 10, 55 e 78). Por questões pessoais, gostaria que a fonte fosse um pouquinho maior.

"- Então o que eu penso de você é verdade.
- Como assim?
- Que você é um idiota.
- Eu? Por quê?
- Porque eu não conheço nenhum garoto que seja bonito e inteligente ao mesmo tempo, e já que você é bonito...
- Então sou um idiota." (p. 33)


Onde comprar: aqui

Página do livro no facebook: aqui






























41 Comentários

  1. Oi Carol, tudo bem? Nossa, gostei bastante do livro, parece ser aquele tipo de romance gostoso de ler, com ótimos personagens e que tem química juntos. Gostei do Christopher mesmo sendo popular e tendo uma boa vida, não é arrogante. E imagino como devem ser interessantes as primeiras conversas dele com a Clara.

    Gostei bastante do Book Trailer. Estou adorando conhecer novos autores e novos livros nessa semana especial.

    Beijinhos,

    Rafaella Lima // Vamos Falar de Livros?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Rafaella, tudo bem sim e com você? É exatamente isso: um romance gostoso, com ótimos personagens e que tem químicas juntos rs
      Bjkas

      Excluir
  2. Ótima resenha e o livro já tá na minha lista de desejos...
    Bj

    ResponderExcluir
  3. O livro é lindo, repleto de lições, e apesar de a história se passar no ensino médio, é de uma sabedoria que encanta todas as idades. Os protagonistas são jovens e carregam ao mesmo tempo dilemas voltados para suas idades, como também dramas mais profundos que se não forem superados podem impedi-los de serem felizes. Clara e Chris são opostos que se atraem. Mas conforme os conhecemos melhor, vemos que eles tem muito em comum, especialmente no que diz respeito a caráter. Gostei muito do livro e recomendo sem medo para quem quer se divertir e se emocionar ao mesmo tempo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Cristiane, o livro é lindo mesmo e a Ana está de parabéns por criar uma obra tão delicada e cheia de lições.
      Bjkas

      Excluir
  4. Mundo jovem é sempre muito cativante, cheio de insegurança e caminhos complicados, rs!! Achei muito interessante e nos faz relembrar a nossa época, como éramos nessa idade, rsrsrsrs!! Sucesso a autora Ana Faria!!!! E parabéns ao blog por essa iniciativa de nos apresentar alguns autores brasileiros!! Ideia excelente!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Suzana, é sempre agradável relembrar quando passamos pelos momentos do primeiro amor, das borboletas no estômago e até mesmo as confusões da adolescência rs.
      Bjkas

      Excluir
  5. Ooi tudo bom???
    Gostei desse livro parece ser bem legal o romance, espero lê-lo em breve...
    Acho que o blog sempre deveria fazer isso, nos apresentar alguns autores nacionais com livros super bacanas...
    *-*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Mirelle, tudo bem sim e com você?
      Estaremos tentando organizar mais semanas nacionais especiais sim, estamos planejando a e espero que no ano de 2015 se torne uma atividade fixa.
      Bjkas

      Excluir
  6. Eu amei a Clara! Adoro protagonistas que não são perfeitinhas ou frágeis como uma pétala de rosa. Outra coisa que gostei bastante no livro da Ana foram os diálogos rápidos. Sou fã de diálogos, e a forma como a Ana lançava alguns sem a "intromissão" da narração, deixando as vozes correrem soltas e depois quebrando-as bruscamente com uma narrativa ficou muito legal para mim. E como falaram, apesar de ser um livro juvenil e que se passa no colégio, suas lições são bem maduras e acho que Ana conseguiu mesclar as mensagens que queria passar com esse universo mais novo, para que os jovens captassem o conteúdo.

    Autor de A Página Certa
    www.laplacecavalcanti.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Laplace, concordo com você, as personagens imperfeitas fazem com que nos identifiquemos com elas, pois, é como dizem, ninguém é perfeito rs.
      Bjkas

      Excluir
  7. Super recomendo para as meninas que estão na adolescência.
    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Uma história que fala sobre a vida dos adolescentes é sempre bom ler. Nos faz recordar das mazelas por que passamos. Uma história bem legal e interessante. É sempre bom poder livros com este tipo de trama. Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Beth, é sempre nostálgico ler um livro sobre a adolescência, me faz relembrar de situações que eu achava mirabolantes rs
      Bjkas

      Excluir
  9. Adoro literatura voltada para o público juvenil. Fiquei muito curiosa depois de ler sua resenha. Mais um para a lista. kkkkkkkk

    Abraço,

    www.amantesporlivrosefilmes.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Emanuela, que bom saber que ficou curiosa com o livro.
      Aguardo a sua opinião após a leitura.
      Bjkas

      Excluir
  10. Parabéns pelo blog e pela resenha. É bom ter uma ideia antes de ler. Parece bem interessante. anamcara.er@hotmal.com

    ResponderExcluir
  11. Ai Carol que quotes gracinhas! Então nosso protagonista é um garoto popular, legal e sensível wowwww já quero haha vai para os desejados também.

    Beijos
    Passaporte Literário

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Jhey, os quotes são fofos mesmo, mas não são os únicos no livro viu?
      Bjkas

      Excluir
  12. Recentemente desenvolvi um gosto por esse tipo de leitura, antes detestava essas histórias adolescentes, mas após alguns livros que acabaram se tornando meus preciosos, passei a gostar de todo esse universo adolescente. Ano Bom parece uma leitura divertida e gratificante.
    Porém achei muito similar a sinopse do livro com um outro livro do qual não recordo o nome, de um autor americano, porém ali era a garota que era popular e o garoto o retraído e sofrido que desejava a invisibilidade, mesmo assim creio que ambas as leituras são merecedoras de atenção, pois, apresenta os pesares e alegrias juvenis, sentimentos que moldam o caráter e diferem um adulto problemático de um perfeitamente sensato.


    Julielton Souza - Dialética Proposital

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Julielton, tudo bem?
      Quando eu penso em livros de adolescente, sempre penso em um personagem mais popular e outro excluído, pois é assim que eu vejo a adolescência. É uma época meio desengonçada, que muitos projetam suas inseguranças classificando os demais. O legal é ver livros que demonstrem que as pessoas podem ser populares sem prejudicar os outros. É uma lição muito valiosa.
      Bjkas

      Excluir
  13. Nunca tinha visto os trabalhos dessa autora. Achei bem legal a história, apesar de um pouco juvenil.

    ResponderExcluir
  14. Oi! Estou adorando essa semana. Não gostei muito desse livro, gosto de tramas envolventes e impactantes, esse livro não me atraiu justamente porque não acho que tenha esses ingredientes. Gosto de leituras juvenis, até mesmo porque elas são alegres, mas, infelizmente, não gostei desse.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ai Nadja, que pena que não curtiu o livro.
      Bjkas

      Excluir
  15. Carol!
    Quando vejo um livro que reflete problemas que nós mais maduros podemos julgar banais, mas que para os adolescentes são problemas reais, fico bem interessada porque podemos lidar melhor com essa época conflituosa.
    E melhor saber que as personagens crescem e amadurecem no decorrer do livro, ponto para a autora.
    Tenha uma semana de sucesso!
    Cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Rudy, é exatamente isso. Quando somos adolescentes qualquer problema se torna uma crise irremediável rs
      Bjkas

      Excluir
  16. Eu adoro os livros infanto juvenis pois eles servem para fazer os adolescentes refletirem um pouco sobre a própria vida. E este parece ser bem interessante pois ainda trás algumas lições. E acompanhar o amadurecimento dos protagonistas é sempre gratificante.
    Mais um para a minha listinha.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Khrys, tudo bem?
      O livro demonstra o amadurecimento dos protagonistas, principalmente quando eles começam a ver o cotidiano através dos olhos do outro.
      Bjkas

      Excluir
  17. Oi Carol, tudo bom??? menina, estou conhecendo livros que nem sabia que existia.. É muito legal isso.. Gostei da história desse livro, ele parece ser uma leitura, eve, refrescante... Cim certeza vou querer ler esa história..
    bjs e parabéns pela resenha.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Aline, tudo bem sim, e com você?
      Espero que leia e venha nos contar sua opinião.
      Bjkas

      Excluir
  18. Gostei da história do livro, parece uma leitura divertida e leve... para descontrair.
    Não gostei muito da capa.... mas leria sim =)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Karolyne, que bom saber que você se interessou pelo livro.
      Bjkas

      Excluir
  19. Eu acredito que deve ser um daqueles livros super leve que você termina de ler em uma tarde e aprende muitas lições...acredito que para mim adquirir o meu não vai demorar nada kkkkk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Lucas, é uma leitura leve sim, mas muito divertida e fofa.
      Bjkas

      Excluir
  20. É uma história Young Adult, tratando sobre as questões que envolvem essa fase da vida que envolve tantas coisas complexas e contraditórias, mas que precisam ser superadas para se chegar na fase adulta.
    Parece ser bem leve e fluída, do tipo que me envolveria (porque quero saber como termina) e que leria em poucas horas numa tarde.

    ResponderExcluir
  21. Um Ano Bom tem um título sugestivo, nos faz querer um também. Ana Faria é doce, é o que posso dizer dessa companheira de editora que certamente trouxe uma história fresca e jovial para os leitores. Parabéns pela resenha Carol!

    ResponderExcluir
  22. Pela sua resenha parece ser um livro fácil de se ler e que nos deixa querendo mais. Fiquei muito interessada na leitura dele. Ultimamente quase não tenho lido romances fofos (estou mais para romances quentes), mas tem dias que me dá uma vontade de ler algo assim, mais leve, mais puro rsrs...

    ResponderExcluir

Comentários ofensivos e/ou preconceituosos não serão aceitos.

Obrigado por visitar e comentar.