Sobre o autor: Com uma linguagem simples, M. Pattal procura dialogar com o jovem em suas obras temas como namoro, relacionamento com os pais, conflitos existenciais e fé. Casado com Sandra e pai de Helena, M. Pattal reside no Estado do Rio de Janeiro. A Promessa é seu romance de estréia e o primeiro da Série Promessas.







Minha opinião - A história é narrada em terceira pessoa e tem como foco Polly e as personagens que rodeiam a sua vida. Polly está se apresentando na Terceira Edição do Rio Non-Stop, um grande festival de música e uma oportunidade única de demonstrar o motivo de ter sido considerada a revelação do ano aos 22 anos de idade. Apesar do auge de sua carreira, ela só consegue sentir o vazio... e tentará suprir isso com ações que podem magoar aqueles que mais a amam.

A primeira impressão do leitor é de que a protagonista tem uma vida perfeita: faz o que gosta, tem uma mãe amorosa, um namorado perfeito, sucesso, fama, fãs. Mas nem sempre as aparências representam a verdade. 

Polly é uma jovem com muitas cicatrizes emocionais relacionadas a perdas que teve como jovem. Após uma grande tragédia, seu pai Sidney não consegue lidar com as consequências e a abandona com sua mãe Angela. Mas antes disso ele diz algumas coisas realmente cruéis que a marcam profundamente. A partir desse momento, Polly larga suas crenças, deixando apenas que a sua mãe cultive a esperança de que tudo dará certo.

O livro é composto de inúmeros personagens que estão intrinsecamente ligados mesmo sem saber. O autor construiu uma teia de relacionamentos complexos que conforme a trama se desenrola, o leitor consegue observar o efeito dominó que uma determinada ação causa em todos.

O foco principal do livro é a fé e os valores e crenças pessoais. Mas não confundam a fé com a religião. A maior parte dos personagens é motivado por valores que foram cultivados em algum momento de sua vida, mas que acabaram se perdendo no caminho. Como no mundo real, a história é composta por diversas personalidades. Essa composição complexa torna a história real: profissionais de diversas áreas, com problemas pessoais reais e que cometem erros. Alguns se baseiam em honra, família, amor, outros acabam colocando prioridades diferentes em sua vida. Alguns frequentam cultos, missas, outros baseiam-se na mais pura fé. Com capítulos alternados, o leitor acompanha a vida desses personagens.

Um marido que deseja suprir todas as necessidades de sua esposa e filha, pois não teve muita coisa quando jovem, mas que esquece o principal: o amor. Sua obsessão em se focar no trabalho e no dinheiro cria um abismo cada vez maior.

Uma jovem que sofreu desilusões demais e se afastou do mundo, mas ao mesmo tempo expressa uma sensibilidade imensa e um talento indescritível ao criar belíssimos arranjos florais. 

Uma adolescente que faz de tudo para chamar a atenção de seu pai ausente. Sophia tem 17 anos, é bonita, inteligente, tem uma mãe amorosa, um padrasto presente, mas seu pai, o produtor Marcos Franco não percebe o quanto ela sente a sua falta. 

Um namorado que abriu mão de suas crenças pessoais para ficar com a pessoa amada e vive rodeado de inseguranças graças a fama de Polly. Renan é uma rapaz de 24 anos, muito carinhoso e apaixonado. 

Um jovem jogador de futebol que aproveita a fama e notoriedade com futilidades e relacionamentos frívolos e que começa a perceber o vazio de sua vida.

Um pai que cometeu muitos erros e precisa aprender a se perdoar para conseguir pedir perdão à família que abandonou.

Uma cantora que tem o mundo aos seus pés mas que precisa colar os pedaços do seu coração, aprender a perdoar e praticar os valores pessoais que secretamente acredita.

"A Promessa" é o primeiro livro de uma série que discute com os leitores situações do dia a dia: amores perdidos e reencontrados, a família, os filhos, a fé e o amor. 

"Ela pisou no pedal da máquina e começou a costurar o vestido, pensando como seria bom se aquela máquina pudesse também costurar o seu coração." (p. 59)

Em relação à revisão, diagramação e layout foi realizado um ótimo trabalho. Os detalhes no início dos capítulos e nas laterais das páginas que enriquecem a obra. Existem alguns errinhos de digitação, mas nada que interfira na leitura. 

Uma história que fala de recomeços e segundas chances, que nos ensina a sermos genuínos e sempre apreciarmos aqueles que amamos.

"Ficou pensando que, como aquele vestido estava apagado sem as flores nele, a sua vida também se encontrava da mesma forma, faltava brilho, faltava cor, faltava vida." (p 70)


Redes Sociais:
Facebook: aqui
Twitter: aqui
Youtube: aqui
Instagram: aqui
Google: aqui
Aplicativo Gratuito (iOS e Android): mpattal

Onde comprar:
Site do autor: aqui
Ebook: aqui





24 Comentários

  1. M. Pattal traz para o público jovem os valores da fé e dos sonhos. Leitura recomendada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Gabriela, tudo bem?
      Concordo com você. O livro do Pattal discute diversos valores importantes e com uma linguagem super indicada para o público jovem.
      Bjkas

      Excluir
  2. Já conhecia esse livro, só não tive a oportunidade ainda de ler... Parece ser muito bom, e a teia emocional envolve bastante... Pelo que pude ver da resenha, parece mesmo algo que nos conta a vida real, com pessoas e problemas reais... Assim que possível irei ler, e espero gostar bastante...
    Kisses =*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Loly, tudo bem?
      Espero que você goste da leitura. Realmente o livro trata de assuntos e pessoais bem próximas a realidade ;)
      Bjkas

      Excluir
  3. Ooi tudo bom?
    O livro parece ser legal, mais por enquanto não entra na minha listinha de desejados urgentes, mais espero lê-lo em breve.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Mirelle, tudo bem?
      Espero que quando realizar a leitura venha nos contar o que achou dele ok?
      Bjkas

      Excluir
  4. Eu estou com muita³³³³³³³³³³ vontade de começar a ler o livro do Pattal. Apesar de ler mais de um livro ao mesmo tempo, só leio um livro do Ases por vez, para poder focar melhor nas tramas. Mas já li o primeiro capítulo na degustação e vi que a história promete. E depois que vi a teoria dos 6 graus de separação que falasse Carolina, aí fiquei com mais vontade ainda. Acho bem legal essa ideia, e saber que o Pattal soube criar subtramas para os demais personagens e interligar tudo me deixou bem curioso.

    Autor de A Página Certa
    www.laplacecavalcanti.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E eu estou com muita³³³³³³ vontade que você leia, Laplace. kkkkkk. E depois vou querer uma Resenha sua também. Rs. Abçs!

      Excluir
  5. Uau, são muitos personagens hein, fiquei encantada com a capa e sinopse e sua opinião positiva só me deixou mais curiosa. Vou adicionar no meu skoob.

    Beijos
    Passaporte Literário

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Jhey, que bom saber que ficou curiosa. Dê uma chance ao livro e depois venha nos contar o que achou ;)
      Bjkas

      Excluir
  6. Oi Carol, tudo bem? É a segunda resenha desse livro que leio hoje e tenho cada vez mais vontade de ler. Gostei bastante do autor ter colocado a fé como foco principal, e o modo como as diferentes personagens lutam para vencer seus problemas. É possível gostar de um personagem só lendo as resenhas do livro? Porque eu já gosto do Renan.

    Adorei a sua resenha!!

    Beijinhos,

    Rafaella Lima // Vamos Falar de Livros?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Rafaella, por aqui tudo ótimo e com você?
      É possível sim. Às vezes alguns personagens nos encantam no primeiro contato ;)
      Bjkas

      Excluir
  7. Muito bom o tema!!! Primeira vez que leio sobre este livro e me chamou a atenção, pois fala da juventude de uma menina marcada por tragédias e normalmente após um acontecimento desses, a fé é uma das primeiras coisas que perdemos. Gostei muito e espero lê-lo muito em breve!! Parabéns ao autor M. Pattal, que sua vida seja de muito sucesso com inúmeros livros ótimos em sua carreira!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado, Suzana Rossi. Pelo menos mais 4 livros da Série serão lançados. A Promessa é o primeiro. Espero que você possa lê-lo em breve. Sucesso pra vc também.

      Excluir
  8. M. Pattal criou uma história que trabalha a fé acima de tudo. Tema muito importante para os dias que vivemos, cheios de desesperanças, violência e desamor, principalmente para os jovens que ainda estão desenvolvendo suas prioridades. Coloque a fé em primeiro plano é todo o restante te será acrescentado. Sucesso, Pattal!

    ResponderExcluir
  9. OI! Gosto de histórias emotivas e algo me diz que essa é, mesmo que seja um pouquinho. Gosto de histórias que envolve fé, motivação e outras coisas que percebi ser tema chave desse livro. Acho que darei uma oportunidade para essa leitura.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Nadja, tudo bem?
      Espero que venha nos contar o que achou depois de realizar a leitura!
      Bjkas

      Excluir
  10. Carol!
    Achei que já havia comentado aqui.
    O livro do Pattal é algo interessante e que aproxima o leitor por trazer adolescentes com sua fase de transição, relacionamentos familiares e dúvidas e conflitos que vivenciamos no dia a dia.
    Muito bom.
    Tenha uma semana de sucesso!
    Cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Rudy!
      O livro do Pattal tem realmente tudo isso o que você comentou.
      Bjkas

      Excluir
  11. Oi Carol, fiquei surpresa por saber que o livro é mais intenso e profundo do que eu imaginava... Quando li a premissa e vi a capa pensei em outro tipo de história.. Com certeza, agora quero ler ese livro e ver a superação da Polly.
    bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Aline. O livro tem assuntos profundos sim que são discutidos com uma leveza incrível ;)
      Bjkas

      Excluir
  12. O livro é bem diferente do que eu imaginava lendo a sinopse e tudo mais....
    Mas acho que vale a pena dar uma chance.... a história parece bem envolvente. Se eu não gostar, tudo bem né....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Karolyne, acho que você deveria dar uma chance ao livro sim. É uma leitura que nos faz refletir e acrescenta muito conteúdo em nosso cotidiano ;)
      Bjkas

      Excluir
  13. Depois que terminar de ler A página Certa e um Ano Bom, minha promessa é ler A Promessa. A história desta jovem talentosa e cheia de esperanças certamente irá me conquistar. Pattal tem um jeito nobre de tratar as pessoas e deve ter feito isso com a Polly e seus personagens. Parabéns Carol pela resenha e Pattal pela sua Polly.

    ResponderExcluir

Comentários ofensivos e/ou preconceituosos não serão aceitos.

Obrigado por visitar e comentar.