Sinopse - "Victoria é sempre impecável. Seus cabelos e unhas brilham, seu quarto não tem nada fora do lugar, sua rotina é precisa. Se há algo que ela pode considerar como um defeito em sua vida é Lawrence, que parece seu oposto: é preguiçoso, desorganizado, anda com a roupa desgrenhada e vive sonhando no mundo da música. Ela nem entende como eles vieram a se tornar amigos. Mas, exceto por isso, sua vida é perfeita na cidade de Belleville. Até que Lawrence desaparece. Ela começa a investigar, e percebe que ele não é o único a sumir na pequena cidade. Por trás de suas ruas tranquilas, há segredos sombrios e assustadores, e as pistas que Victoria encontra parecem apontar para um lugar em especial: o Lar Cavendish. As pessoas entram lá mas saem diferentes. Ou então não saem. Ignorada pelos adultos, ela se vê como a única capaz de tentar resolver o mistério e trazer seu amigo de volta. Mas, para isso, terá de abrir mão de sua vida perfeita."


Minha opinião - Narrado em terceira pessoa, a história se passa em Belleville, um local onde a perfeição é esperada todos. A protagonista da trama é Victoria, uma jovem de 12 anos que  é extremamente competitiva e espera ser sempre a melhor em tudo. A única situação que não é perfeita é a sua peculiar amizade com Lawrence Prewitt, um jovem que ama música mais do que tudo na vida. Ele ama tanto música que não se concentra em mais nada.
Apesar de a primeira vista essa amizade parecer improvável, durante a leitura acompanhamos o invisível fio de lealdade e amizade entre esses dois. Enquanto Lawrence suaviza um pouquinho a obsessão de Victoria por perfeição, os dois dividem uma amizade singular.
Ambos estudam na Academia  Impetus, onde Victoria compete sempre pelas melhores notas com a sua adversária Jill Henessey, motivo constante de desafeto entre as duas.
Os dias vão sendo levados nessa rotina, até que um dia Lawrence simplesmente desaparece e seus pais informam Victoria de que ele passará alguns dias fora. Estranhando essa história, a protagonista irá se deparar com o Lar Cavendish, um orfanato local misterioso, mantido em ordem pelo Sr. Alice, o jardineiro.
As investigações levam Victoria a um mundo fantástico e ao mesmo tempo sombrio, pois muitos sofrimentos são vistos. 
Um dos detalhes que vale muito a pena ressaltar nessa obra foi a maneira como a autora deu vida ao próprio Lar Cavendish. Ele se torna um personagem da trama, pois está em constante mudança e tem vontade própria. 
Uma história sobre amizade e lealdade, mas que tem um toque especial de fantasia.
Os personagens são intrigantes e bem construídos. Victoria a primeira vista é uma garota chatinha, e repetitiva (ela vai ficar remoendo uma nota que tirou por quase toda a história), mas também é corajosa e leal. Lawrence é um espírito livre, movido pelos sons e talentos. Alguns personagens fazem breves aparições, como o professor de história, Allan, mas são presenças constantes graças a sua bravura e bondade. E é claro, não podemos deixar de falar sobre o personagem que mais se destaca: o Lar Cavendish. Como todo bom personagem, ele é repleto de nuances, segredos e mistérios que fazem com que o leitor queira desvendar sua essência.
Existem algumas ilustrações que enriquecem ainda mais a obra. Apesar de ser um livro voltado para o público juvenil, com certeza "O Misterioso Lar Cavendish" irá surpreender os leitores de todas as idades.

12 Comentários

  1. A história parece, alem de ser cheia de mistérios e fantasia, super divertida! Eu achei engraçada essas peculiaridades dos dois!kkk Ele só tem uma coisa em mente e ela a garota mais competitiva do mundo! Já estou até imaginando o que eu vou encontrar quando ler!kkk.
    Já coloquei nos desejados, e vou ler assim que puder. Fiquei super intrigada com esse ar misterioso que o livro parece ter! Tomara que eu ame, tanto quanto amei a resenha! :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Amanda, tudo bem?
      Fiquei super feliz em saber que você curtiu a resenha S2
      É exatamente esse oposto entre os comportamentos dos dois personagens que os tornam perfeitos para melhores amigos.
      Depois que realizar a leitura, venha nos contar o que achou ;)
      Bjkas

      Excluir
  2. Amei sua resenha. A história parece cheia de mistérios e super envolvente. Fiquei com muita vontade de ler, e já até coloquei na WishList. Sem falar que a capa me agradou bastante.

    Beijos
    ummundochamadolivros.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Gustavo, tudo bem?
      Eu achei essa capa uma das melhores das minhas últimas leituras, em relação a coerência capa/ tema, sem contar que ela ficou realmente linda!
      Bjkas

      Excluir
  3. Gostei bastante da autora ter transformado o Lar Cavendish em um personagem. Esse fato e o ar de mistério da trama com certeza irão cativar o público juvenil e despertar a curiosidade deles para saberem o que acontece. É sempre bom vermos livros que instigam a mente jovem, para motivá-los a criar o hábito da leitura.

    Autor de A Página Certa
    www.laplacecavalcanti.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Laplace, tudo bem?
      Tornar a casa um personagem foi uma jogada fantástica da autora. O livro ganhou uma nova perspectiva a partir desse fato.
      Bjkas

      Excluir
  4. amoo livros que envolve fantasias e misterios eles nos prende e faz nossa imaginaçao flutuar.. esse livro me parece muito bom mais nunca tive a oportunidade de ler, vou colocar ele na minha listinha dpois eu procurarei ele, obs: me vi na personagem em questões de unha e cabelo kkk pra mim tem que estar impecavéeeis shauhsua só que ela me parece ser muito perfeccionista e isso e uma coisa que estou longe de seer kkk bjuuus

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Hellen, tudo bem?
      Eu acho que todos nós temos algo, uma "mania" que permite a identificação com a personagem rs
      Bjkas

      Excluir
  5. Gosto de livros com fantasia, que prende a gente em misterios sabe? E uma maravilha.
    Vou procurar pra ler.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu gostei bastante desse livro e acredito que é uma leitura que irá te agradar também ;)
      Bjkas

      Excluir
  6. A história parece muito boa, cheia de fantasia. Os personagens pareceram um pouco chatos, mas pode ser só uma impressão.
    Sou meio competitiva, todavia nem chego perto disso, tenho uma competição saudável, nada próximo a isso. É engraçado ter o lar como personagem, normalmente não imaginamos isso.
    Esse mistério é bem envolvente, o fato da personagem ter só 12 anos vai ser outro motivo para tentar entender sua personalidade.
    Não vou colocar na minha lista de leitura, mas se surgir a oportunidade eu leio :) .

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. OI Joicy, tudo bem?
      Acho que é o fato dos personagens serem tão jovens que pode torná-los um pouco chatos para os leitores. Mas ao me recordar dos meus doze anos, confesso que era pentelhinha também, então compreendo um pouco a criação da personalidade deles rs.
      Bjkas

      Excluir

Comentários ofensivos e/ou preconceituosos não serão aceitos.

Obrigado por visitar e comentar.